Ceni vê Flu e Grêmio melhores que o São Paulo, mas confia em vitórias

A suada vitória sobre o Sport por 1 a 0, no último domingo, no Morumbi, deixou o São Paulo próximo do G-4 do Campeonato Brasileiro. A equipe foi aos 25 pontos na tabela de classificação, dois a menos que o Grêmio, hoje o primeiro integrante do grupo da Taça Libertadores da América.

Agora, após ter enfrentado equipes que estão na zona intermediária da tabela de classificação (Flamengo e Sport), o time muda o foco e, nesta semana, terá dois jogos importantíssimos contra rivais que estão à sua frente na tabela de classificação.

O primeiro duelo está marcado para quinta-feira, contra o Fluminense, em São Januário. O segundo será no domingo, contra o Grêmio, no Morumbi. Mesmo reconhecendo que os adversários vivem momento melhor na tabela, o goleiro e capitão Rogério Ceni acredita que o time pode conquistar pontos importantes na semana.

– Três vitórias seguidas trazem confiança, bom ambiente e alegram o torcedor. Agora vamos entrar em uma sequência contra times que posso dizer que, momentaneamente, são superiores a nós. Mas isso não quer dizer que não podemos vencer. Temos de ir a São Januário e somar pontos, principalmente porque o campeonato está afunilando. Os blocos estão se definindo e temos de estar sempre por perto – afirmou o capitão são-paulino.

Para o técnico Ney Franco, o time chega em bom momento para as duas partidas que serão tratadas como “finais de campeonato”.

– Estamos crescendo, mostrando um bom futebol. Nos últimos três jogos, nosso goleiro não foi ameaçado. Isso mostra que estamos atuando com mais segurança. Independentemente do adversário, temos de procurar bem. Sempre que isso acontecer, nossa chance de vitória aumentará. Em um campeonato tão equilibrado, você não pode escolher adversário, a realidade é essa – afirmou.

Rogério Ceni (Foto: Luiz Pires / VIPCOMM)Rogério Ceni, durante treino do São Paulo, no CT (Foto: Luiz Pires / VIPCOMM)

O treinador sequer faz meta de pontos para a reta final do primeiro turno. O time, além de Fluminense e Grêmio, vai enfrentar Náutico (Aflitos), Ponte Preta (Morumbi) e Corinthians (Pacaembu).

– Não estamos traçando metas longas para a equipe, vivemos a realidade de cada jogo. Trabalhamos com o objetivo do título e, em segundo plano, da vaga na Libertadores. Essas duas partidas nos permitem alcançar esses adversários e até ultrapassá-los. É isso que vamos buscar – disse o comandante são-paulino.

Fonte:  Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*