Ceni vê dedo de Osorio em jogo “muito bom” mesmo com baixas

O técnico Juan Carlos Osorio foi informado de última hora, na sexta-feira, que três potenciais titulares – e um substituto – não poderiam viajar com a delegação do São Paulo a Chapecó, palco da partida contra a Chapecoense. Apesar das quatro baixas, o colombiano bateu a Chapecoense por 1 a 0, neste sábado.

Os desfalques foram o meia Paulo Henrique Ganso, vetado pelo departamento médico por conta de dores musculares, além do volante Denilson e do meia-atacante argentino Ricky Centurión, liberados em razão de problemas particulares. Mais tarde, o clube também comunicou ao treinador que o zagueiro Rodrigo Caio havia sido vendido para o Valencia.

“Foi muito bom, muito aguerrido”, disse o goleiro Rogério Ceni, sobre o desempenho de seu time. “A gente tinha treinado a semana inteira com outros três jogadores que, pelo que mostravam os treinamentos táticos, sairiam como titulares. De última hora, perdemos quatro, juntamente com o Rodrigo Caio, que foi vendido”, lembrou o capitão.

“Muito legal por parte daqueles que entraram e talvez não tivessem a parte tática tão afinada como os demais, mas que ajudaram muito. Mesmo quem entrou depois, caso do Wesley, que entrou disputando todas as bolas. Todos se doaram”, acrescentou, ao associar a atuação aos trabalhos comandados por Osorio ao longo da semana que antecedeu o jogo.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net

Treinador colombiano foi informado de última hora na sexta-feira, véspera da partida, de quatro desfalques

“Vai muito da parte motivacional do nosso treinador. É um cara muito especial, uma pessoa muito diferente. Tem participação nessa questão de motivação de todos se sentirem iguais. A cada treino, você vai rodando. Dez minutos com um jogador, dez minutos com outro. Todos vão se sentindo parte da equipe, parte da posição”, explicou.

O próximo treino será na terça-feira, depois de dois dias de folga, possivelmente na liderança do Campeonato Brasileiro. Neste momento, o São Paulo ocupa a primeira posição com um ponto de frente para o Atlético-PR, que neste domingo visita o Grêmio, em Porto Alegre. O próximo compromisso será no domingo, diante do Avaí, no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.