Ceni se vê pronto no São Paulo e acha que já está como em 2011

Com 11 partidas seguidas após se recuperar de lesão no ombro direito, que o deixou longe dos gramados por seis meses, Rogério Ceni se considera pronto. O goleiro teve dificuldades no início, mas hoje se vê 100% para seguir como titular:

– Contra o Bahia não senti dores, contra o Corinthians estava com dor na posterior da coxa (direita), tive um pouco também contra o Botafogo, mas agora estou bem. Fiz musculação na segunda-feira, treinei bem hoje (terça-feira) e estou legal.

– No primeiro jogo (Flamengo, dia 29 de julho) estava muito perdido, no segundo (Bahia) cansado, depois contra o Sport melhorou, mas hoje estou ótimo e com a mesma tranquilidade, calma e mobilidade de como jogava até o ano passado – finalizou o camisa 01.

Em 2011, o ídolo só ficou fora de um confronto. Durante este retorno, em conversas com o preparador de goleiro Haroldo Lamounier, a reportagem do LANCENET! ouviu que o capitão precisaria de ritmo de jogo para entrar em forma. Por dores na coxa direita e por muito tempo parado, ele chegou a falhar contra Fluminense e Náutico, nas duas oportunidades ao tentar sair do gol. O fato irritou Rogério.

Apesar dos erros, a principal preocupação de Ceni é com o time, o que ele ainda demonstra em entrevistas, já que os altos e baixos são constantes. Recentemente, três derrotas seguidas. Depois, quatro vitórias seguidas. Agora, o time vem de um tropeço para o Bahia.

Com o capitão bem, a expectativa da torcida em relação aos resultados cresce. Prova é que a média de público com ele em campo aumentou.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*