Ceni festeja gol e vaga, mas admite: “Temos muito a melhorar”

Apesar de ter feito gol (o último da vitória por 3 a 0 sobre o CRB, na noite desta quarta-feira, no Pacaembu) e ajudado a conquistar a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil, após a derrota por 2 a 1 no jogo de ida, Rogério Ceni acredita que ainda falta muito para o São Paulo se tornar um time confiável.

“Quando ganha, a gente acha que evolui. Quando perde, acha que involui. Acho que vamos ter uma noção melhor depois. Acho que temos muito a melhorar. A formação com que a gente joga é muito ofensiva. É um time que joga bastante para frente. Então, é natural, às vezes, se expor a lances de contra-ataque”, opinou.

Nesta quarta-feira, além do gol de pênalti de Ceni, anotado aos 36 minutos da segunda etapa, o São Paulo balançou a rede adversária com o atacante Osvaldo (aos 17 minutos do primeiro tempo) e do zagueiro Lucas Silva (aos quatro minutos da etapa final). Mas, quando vencia parcialmente por 2 a 0, viu o adversário colocar uma bola na trave e ameaçar levar a disputa para os pênaltis.

“É um futebol bonito (o nosso), de talento, mas, às vezes, a gente não consegue cumprir a parte defensiva. No primeiro tempo, fomos mais intensos, mas perdemos um pouquinho o ritmo antes do intervalo. No segundo tempo, a gente se postou um pouco melhor. O gol do Lucão também deu maisconfiança, porque um erro poderia ser fatal. Foi um jogo bem jogado, como foi contra o Coritiba, mas com mais gols”, disse.

 

Por fim, o camisa 1 se permitiu comemorar mais um gol na carreira. “Era obrigação. É sempre obrigação de quem bate o pênalti. Mas foi mais importante ainda porque, em um jogo em que o 2 a 1 leva para as penalidades, não poderia perder. Tentei cumprir com a minha”, falou.

O adversário na próxima fase do torneio mata-mata será Figueirense ou Bragantino, que se enfrentaram em jogo de ida nesta quarta-feira – o time de Bragança Paulista saiu em vantagem ao vencer por 2 a 1, em casa, e decide a vaga em Florianópolis.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Ceni festeja gol e vaga, mas admite: “Temos muito a melhorar”

  1. Concordo com o Ceni: foi exatamente como o jogo contra o Coritiba, um amontoado correndo muito. Apenas a qualidade dos jogadores do CRB que é muito inferior ao do Coritiba, apesar da fragilidade deste também; caso contrário, eles teriam marcado, no mínimo, dois gols e levado a vaga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*