Casemiro elogia própria atuação, mas não se importa se deixar o time

O desempenho de Casemiro como titular diante do Santos foi elogiado pelo técnico Ney Franco, mas, ainda assim, a possibilidade de retornar ao banco de reservas na noite desta quarta-feira, diante do Atlético-MG, não aflige o volante, até então pouco aproveitado.

Assim como no clássico da Vila Belmiro, rodada em que Maicon cumpria suspensão pelo terceiro cartão amarelo, de novo há uma vaga no meio-campo, desta vez por conta da expulsão de Denilson. Casemiro, porém, não é a única opção para substituir o volante no Independência.

“Todos querem jogar, não sou diferente. Estou aqui para ajudar. Já falei ao Ney Franco, a todos, que quero ajudar, não importa a posição. Estou aqui para ajudar. Se acontecer de voltar para o banco, não vejo problema nenhum. Vou continuar à disposição para, quando vier nova oportunidade, vou aproveitar, como fiz agora”, disse, pouco depois de ter louvado a própria atuação no clássico.

“Diria que, da minha parte, o jogo foi muito bom. Fiquei sabendo depois por outras pessoas que o Ney Franco me elogiou. É claro que não foi o resultado que queríamos (empate sem gols), mas, da minha parte, foi muito bom”, comentou o camisa 28 tricolor, que recebeu nota 7,5 de Ney Franco.

A única atividade com bola dos jogadores que foram titulares no fim de semana será na manhã desta terça-feira. A formação inicial poderá não ter o atacante Luis Fabiano (com trauma no ombro esquerdo) e o zagueiro Rhodolfo (fadiga muscular na coxa esquerda), mas contará com Lucas, de volta da Seleção Brasileira.

O São Paulo é o sexto colocado do Campeonato Brasileiro, com 36 pontos ganhos, a três da faixa de classificação para a Copa Libertadores. O duelo com o vice-líder Atlético-MG será às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, em Belo Horizonte.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*