Campeão, São Paulo muda mais de meio time em volta à Sul-Americana

O São Paulo terminou 2012 como campeão da Copa Sul-Americana e com a melhor campanha do segundo turno do Brasileirão – fez um segundo semestre impecável e deu motivos para criar esperança  para 2013. Nesse ano, os resultados foram opostos ao esperado e o reflexo do fracasso é visto no time: mais da metade da equipe campeã continental foi trocada, em nove meses. Na quinta-feira, às 21h50, o São Paulo enfrenta a Universidad Católica (CHI) no primeiro jogo das oitavas de final.

Rogério Ceni, Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Lucas, Osvaldo e Willian José. O último foi titular no jogo de apenas 45 minutos com o Tigre (ARG) no Morumbi pelo desfalque de Luis Fabiano, expulso no jogo de ida da final. Mas o camisa 9 era o habitual titular. Dessa equipe, hoje, apenas ele e outros três mantiveram o prestígio entre os 11.

Paulo Miranda tem jogado na lateral direita com Muricy Ramalho, mas o treinador já afirmou que Douglas será seu titular. O jogador se recuperou de uma lesão na coxa esquerda e poderá jogar nessa quinta. Na zaga, Toloi perdeu vaga, foi para o banco, e Rhodolfo passou de titular a descartável e agora está emprestado ao Grêmio. Mesmo que aconteceu com Cortez, emprestado e encostado no Benfica (POR), fora da lista do clube para a Liga dos Campeões.

Denilson manteve o espaço à frente. Não cai nas graças do torcedor são-paulino como outros, mas agrada a todos os técnicos que passaram pelo clube desde 2011. Wellington, ao contrário, perdeu espaço ainda com Ney Franco. Jadson passou à ponta direita de Lucas, vendido ao Paris Saint-Germain (FRA). Osvaldo, que não marca um gol desde fevereiro, naturalmente perdeu a titularidade e o caráter de protagonista. Luis Fabiano se manteve.

Todos esses que deixaram o time foram vítimas e alguns dos causadores da maior crise que o clube enfrentou na história, nesse ano. O São Paulo quase foi eliminado ainda na fase de grupos da Copa Libertadores, caiu nas oitavas, perdeu mais uma vez o Paulistão na semifinal e enfrentou o momento mais negativo no Brasileirão. Foram quase dois meses na zona de rebaixamento e a equipe ainda briga para se distanciar da degola.

Hoje, o time titular de Muricy Ramalho, ignorando desfalques, é composto por Rogério Ceni, Douglas, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Reinaldo; Maicon e Denilson; Jadson, Paulo Henrique Ganso e Welliton; Luis Fabiano. A única alteração dessa equipe para quinta-feira deverá ser a entrada de Rafael Toloi no lugar de Denilson, lesionado – Rodrigo Caio volta ao meio de campo.

O jogo de volta contra a Universidad Católica só acontecerá no dia 22 de outubro, no Chile. Antes disso, o São Paulo terá de lutar para não se reaproximar das últimas posições do Brasileirão. No próximo domingo o time de Muricy enfrenta o Grêmio, no Morumbi.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Campeão, São Paulo muda mais de meio time em volta à Sul-Americana

  1. Meu Deus, Paulo Pontes:
    Colocar o Welliton no time titular do SP é uma afronta pra todo mundo. Não sei o que o Muricy vê nesse jogador. O Osvaldo, mesmo nessa fase ruim e com cãibras nas duas pernas, é muito melhor do que ele. Essa mesma insistência que o Muricy faz com o Welliton e que não acontece nada, ele deveria fazer com o Osvaldo ou mesmo o Ademilson (muito ruim tb), porque, no caso do Osvaldo, já o vimos jogando muito no SP, coisa que eu duvido que venhamos ver com o Welliton.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.