Câmara aprova concessão do CT da Barra Funda ao SP por mais 20 anos

O São Paulo obteve na noite desta quarta-feira uma vitória importante fora das quatro linhas. A Câmara aprovou em segunda votação a concessão do CT da Barra Funda ao clube paulista por mais 20 anos. A decisão se deu por meio de um projeto de alteração de lei apresentado pelo vereador Eduardo Tuma (PSDB). Com a aprovação dos vereadores, o projeto vai à sanção do prefeito João Doria.

O clube tricolor tem direito de ocupar o terreno localizado na Avenida Marquês de São Vicente, na Zona Oeste de São Paulo, até junho de 2022. Com a emenda, o prazo se estenderia até 2042.

Segundo o texto, a concessão ainda poderá ser renovada “por mais uma única vez subsequente por até 20 (vinte) anos, desde que atendida a contrapartida fixada pelo Poder Executivo Municipal”.

O documento ainda frisa que o centro esportivo são-paulino é considerado relevante devido aos ‘serviços sociais e culturais prestados”. A lei será regulamentada no prazo de 120 dias, se for sancionada por Doria.

Foram apenas sete votos contrários à extensão da concessão do terreno do CT ao São Paulo: Reginaldo Tripoli (PV), Sâmia Bomfim (PSOL), Soninha Francine (PPS) e Toninho Vespoli (PSOL). Os vereadores Fábio Riva (PSDB) e Antonio Donato (PT) se abstiveram.
Em agosto passado, o vereador Eduardo Tuma apresentou na Câmara Municipal de São Paulo um projeto de lei para prorrogar por mais 50 anos a concessão do terreno.

No começo de novembro, os vereadores da capital paulista aprovaram uma extensão da concessão do terreno do CT da Barra Funda ao Tricolor de 40 para 90 anos, com término, assim, em 2072. Em seguida, o texto sofreu uma alteração, até chegar aos 20 anos, com uma renovação de mais 20 anos.

O São Paulo ganhou o terreno em 1982, mas só inaugurou o CT seis anos mais tarde, em 1988. A concessão do local por 40 anos foi definida em 8 de junho de 1982, pelo artigo 1º da Lei Municipal nº 9.479.

Em 2013, o então prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou que os centros de treinamento do São Paulo e do Palmeiras, localizados na avenida Marquês de São Vicente, na Barra Funda (zona oeste), serão transformados em parques públicos assim que terminar o prazo de concessão das duas áreas. O clube alviverde tem concessão até 2072.

 

Fonte: Uol

6 comentários em “Câmara aprova concessão do CT da Barra Funda ao SP por mais 20 anos

  1. A Soninha Francine votou contra! Guardem bem esse nome… Aliás, eu me lembro o por que ela foi demitida da TV Cultura. Apologia ao uso de canabis…

  2. Justo, os clubes brasileiros para além do futebol tem que retornar em contribuição social os inúmeros benefícios que recebem.

    Diferente daqui, na Inglaterra e em mais alguns países europeus, cada clubes tem uma fundação destinada a beneficiar projetos sociais para a sua comunidade.
    Por isso quando o torcedor compra o ingresso, ou o pacote para toda a temporada, ele sabe que está ajudando a manter não só o time, mas uma estrutura que ajuda indiretamente no seu bem estar social.

    • Perfeito… e a comunidade de Paraisópolis está bem ao lado do Estádio. A manutenção de ações sociais naquele local ficaria de bom tamanho para a grandeza do São Paulo FC. Certo Thal Caló???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*