Bem fisicamente e de cabeça, Denis estreia fora de casa na Libertadores

Com 90 partidas, Rogério Ceni é o quinto jogador que mais jogos disputou na história da Taça Libertadores da América. Nesse período, marcou 14 gols, o que também o coloca como um dos principais artilheiros do São Paulo. Mas na noite desta quarta-feira, na partida contra o César Vallejo, do Peru, uma nova era terá início. Pela primeira vez, Denis Cesar de Matos será titular da meta são-paulina em um jogo da principal competição da América do Sul fora do país.

– Sem dúvida, é um jogo diferente, até pelo que representa a Libertadores. Havia jogado pela Libertadores antes, em 2009, quando havia acabado de chegar ao clube. Agora é diferente, me preparei muito para ser titular. Sei da dificuldade que é um jogo da Libertadores fora de casa, o juiz deixa o jogo correr mais, as faltas são um pouco mais pesadas. Mas estou pronto – afirmou o defensor são-paulino.

Denis também busca sua primeira vitória como titular da meta são-paulino em duelos da Libertadores. Nos dois jogos que disputou, o São Paulo enfrentou o Cruzeiro e foi derrotado duas vezes, pelas quartas de final: 1×2 no estádio do Mineirão e 0x2 no Morumbi.

Agora a história é diferente. O goleiro está mais experiente, se preparou para a missão de substituir Rogério Ceni. No fim do ano passado, com a lesão do titular, ele já foi o responsável por defender a meta na reta final do Campeonato Brasileiro, quando a equipe conseguiu a vaga na Taça Libertadores da América. Para começar a pré-temporada em alta, ele não quis saber de férias de 30 dias e começou a treinar no meio do período de descanso.

– Esse é o terceiro ano que faço isso. Costumo ficar dez, no máximo 15 dias parado e depois já começo a fazer leves corridas e exercícios de musculação, etapas fundamentais para que não perca muita massa muscular. A reeducação alimentar também é muito importante, assim como a parte psicológica. Me preparei para estar bem de cabeça, inclusive com conversas com a psicóloga. É algo que faz parte do esporte – ressaltou o jogador.

O camisa 1 são-paulino deixa claro que o São Paulo encontrará dificuldades na partida contra o Cesar Vallejo e pede inteligência ao time, que tem 180 minutos para a classificação.

– São 180 minutos de jogo. Não podemos arriscar tudo na primeira partida, sabemos que tem o jogo de volta, na nossa casa, com o nosso torcedor.  Vamos observar como eles vão se comportar durante o jogo. Mas é lógico que vamos atrás da vitória para tentar abrir uma vantagem na disputa – analisou.

Denis chega ao jogo da Libertadores esbanjando confiança. Segundo ele, o momento vivido agora é fruto da preparação que foi feita nos sete anos em que ele ficou na reserva de Rogério Ceni.

– Foram sete anos esperando por uma oportunidade. No ano passado, tive ainda mais dificuldades por causa da lesão no ombro, que me deixou oito meses longe dos gramados. Aprendi muito com o Rogério, ele é um cara que queria sempre vencer a Libertadores. Ele, a torcida e a diretoria sempre buscavam isso e dessa vez não será diferente – ressaltou.

A partida entre Cesar Vallejo e São Paulo terá a transmissão da TV Globo para os estados de SP (menos cidade de Santos), MG, MS e BA, com narração de Galvão Bueno e comentários de Casagrande e Caio Ribeiro. Para o restante do país, a opção será assistir a disputa pelo Sportv, com narração de Luiz Carlos Júnior e comentários de Belletti. O GloboEsporte.com fará o acompanhamento em Tempo Real.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*