Bauza vê derrota do São Paulo como castigo e minimiza retrospecto ruim

A proximidade do jogo decisivo com o River Plate, quarta-feira, no Morumbi, pela Libertadores, fez Edgardo Bauza escalar um São Paulo misto para encarar o São Bento neste domingo. Mas o que atrapalhou a equipe foi a falta de pontaria, e não de entrosamento. Para o treinador, levar um gol do time de Sorocaba (Régis fez 1 a 0) foi um castigo. Veja os melhores momentos acima.

– Colocamos uma equipe em campo pensando que poderíamos vencer, fizemos um bom primeiro tempo e desperdiçamos algumas oportunidades. No futebol, se você não aproveita as chances, acaba castigado – avaliou o treinador.

Edgardo Bauza orienta jogadores do São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net )Edgardo Bauza orienta jogadores do São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net )

A campanha irregular no Paulistão incomoda Bauza. Nos 15 jogos da primeira fase, foram seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas. O desgaste de jogar as quartas de final do estadual fora de casa, contra Audax, depois encarar uma viagem para a Bolívia, para a última rodada da fase de grupos da Libertadores, contra o The Strongest, preocupam o treinador argentino.

– Gostaríamos de estar mais em cima na tabela, mas atingimos o primeiro objetivo que era classificar. Temos uma partida muito importante contra o River e depois temos que viajar para La Paz. Toda partida que teremos pela frente será decisiva e vamos com força máxima. Se eu pudesse escolher, gostaria de viajar menos – disse.

Fora de casa, o São Paulo não tem sido competente. Em dez partidas, o Tricolor perdeu três e empatou as outras sete. Pouco para quem precisa avançar na Libertadores.

– Não vejo como um problema, não vínhamos tendo recuperação de um jogo para o outro e agora temos realizado um trabalho para oferecermos as mesmas condições para todos os atletas – desconversou Bauza.

Contra o Audax, nas quartas de final, no próximo final de semana, o São Paulo vai jogar de novo fora de casa. A data e o local serão definidos em reunião na sede da FPF, nesta segunda-feira.

 

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Bauza vê derrota do São Paulo como castigo e minimiza retrospecto ruim

  1. Esse elenco só vai ter meu respeito depois que demitirem esse argentino retranqueiro. Ainda não esqueci o vexame contra o temível The Strogest.

  2. Fora a vexame o de perder para um pequeno o fato de jogar fora da Morumbi as quartas final no campo do AUDAX perderemos pelo menos um milhão de resis de renda. Espereo que o fica só em isto. Está todo bem ???????????
    O dinheiro está sobrando no Morumbi

  3. Nao sei o que o bauza bem tanto para falar isso o time nao jogou nada perdeu para um time pequeno que tem retrospecto bom em casa mais nada nosso time seja esse reserva ou titular nao ganharia do sao bento no maximo um empate e nao ganharia pois os jogadores nao tem vontade entrosamento entao bauza nada pq vc nao treina para ganhar treina para empatar e se der para ganhar tudo bem time de medroso covarde a cara o Paton

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*