Basquete do São Paulo tenta atrair patrocinadores do time de futebol

A diretoria social do São Paulo estuda uma parceria entre o basquete e os patrocinadores da equipe profissional de futebol. A ideia é que essas empresas invistam e exponham suas marcas no uniforme do time que disputará o NBB pela primeira vez.

Atualmente, o Tricolor tem custeado a equipe de basquete masculino com recursos próprios. Mesmo que não consiga patrocinadores, o clube garante a manutenção da modalidade ao menos até o final da temporada 2019/2020.

Conforme apurou a Gazeta Esportiva, a diretoria social já iniciou conversas na tentativa de atrair as marcas patrocinadoras do futebol, que são o Banco Inter, a Urbano Alimentos, a empresa de tecnologia AOC e a construtora MRV Engenharia.

Caso o acordo não aconteça, o São Paulo irá em busca de outras empresas no mercado para ajudar nas despesas da equipe de basquete. A tendência é que o Tricolor dispute o Campeonato Paulista sem marcas estampadas em seu uniforme.

O time dirigido por Claudio Mortari estreia no Estadual no próximo dia 31, contra o Basquete Osasco, fora de casa. Internamente, o clube tem a expectativa de angariar patrocínios até o início do NBB, em outubro.

“Foi muito difícil a implementação do basquete. Num momento em que pouca gente acreditava, implantamos o time em cima da hora na Liga Ouro, fomos vice-campeões e tivemos o ginásio cheio em todos os jogos. No NBB, tenho certeza que os resultados virão porque o São Paulo é muito grande e nele cabem todas as modalidades”, disse o diretor social Carlos Belmonte, na última sexta-feira, quando o clube apresentou o elenco para a próxima temporada.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Basquete do São Paulo tenta atrair patrocinadores do time de futebol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.