Bancado por Ceni, Cícero chega ao São Paulo como artilheiro do elenco

Apresentado nesta segunda-feira em Bradenton, nos Estados Unidos, Cícero chegou com moral ao São Paulo. Não é à toa. Além de ter sido contratado a pedido do técnico Rogério Ceni, o volante de 33 anos conhece bem o clube. Mais do que muitos dos novos companheiros. Basta lembrar que ele marcou 16 gols na primeira passagem, número que o coloca como maior goleador do grupo atual.

Cícero passou pelo São Paulo entre 2011 e 2012 e disputou 92 jogos para marcar 16 gols. No elenco atual do Tricolor, o que mais se aproxima do volante é o zagueiro Lugano, dono de 13 gols em 201 jogos pelo clube. Atleta de linha há mais tempo no elenco de maneira ininterrupta (desde 2011), Rodrigo Caio marcou dez gols em 200 partidas, mesmo número de tentos do argentino Chavez, que terminou o ano como centroavante.

Rogério Ceni lutou pela contratação de Cícero pela sua capacidade multifuncional. O treinador pretende utilizá-lo como volante, mas também considera que ele pode ser terceiro homem de meio de campo, armador ou mesmo um falso 9. E facilidade para marcar gol também foi levado em conta. Ano passado, Cícero foi o principal artilheiro do Fluminense na temporada, também com 16 gols.

– Meia-armador eu nunca fui. Se precisar que eu faça, eu faço, como todo mundo sabe que eu eu faço outras funções. Mas já faz uns dois anos que venho me firmando como volante, não falo nem segundo volante porque hoje em dia não tem primeiro nem segundo. Mas, vai ser conversado, porque o time tem de ter o encaixe – analisou Cícero, em sua entrevista de apresentação.

Apesar do poder de fogo visto no volante, o São Paulo ainda luta pela contratação de um camisa 9. Após fracassar na negociação com o paraguaio Cristian Colmán, do Nacional (PAR), ainda resta uma esperança pelo argentino Calleri, do West Ham (ING). E nem o xodó da torcida, caso voltasse, bateria Cícero no quesito gols. Jony foi o artilheiro do time na temporada passada com 16 gols, exatamente o número de Cícero. Mas com média muito melhor, já que disputou 31 jogos pelo Tricolor.

Além de Cícero, o São Paulo anunciou a contratação do goleiro Sidão, e dos atacantes Neilton e Wellington Nem. Desses, quem chega com maior cartaz e responsabilidade é o volante. Os números falam por ele.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*