Baixa em Chapecó, Ganso se recupera e volta a treinar com bola

Vetado da partida de sábado contra a Chapecoense por conta de dores musculares, de acordo com o São Paulo, Paulo Henrique Ganso voltou a treinar com bola na manhã desta terça-feira, dia em que o elenco se reapresentou depois da vitória e dois dias de folga.

Na sexta-feira, véspera da partida em Chapecó, o meia acusou incômodo na coxa direita e se tornou desfalque de última hora para Juan Carlos Osorio. Além dele, o técnico também não pôde contar com o volante Denilson e o meia-atacante argentino Ricky Centurión, ambos liberados por problemas particulares.

Passados três dias, o trio trabalhou normalmente na manhã desta terça-feira, em atividade na qual o novo desfalque foi Rogério Ceni. O goleiro se reapresentou com dores na coxa direita e ficou em tratamento no Reffis. Já os laterais esquerdos Reinaldo (contratura no músculo posterior da coxa direita) e Carlinhos (fadiga muscular), substituídos em Chapecó, também não foram a campo, conforme se previa.

O primeiro treino da semana, porém, ainda não deu qualquer pista da equipe que Osorio pretende escalar no sábado, em duelo contra o Avaí, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Com o triunfo por 1 a 0 sobre a Chapecoense, o primeiro fora de casa, o São Paulo chegou a 16 pontos e assumiu a liderança da competição. No domingo, a equipe colocará em jogo mais uma vez sua invencibilidade no Morumbi. Já são 12 vitórias consecutivas em casa na temporada.

Daniel corre em campo pela primeira vez

A terça-feira também foi marcada pelo primeiro trabalho de Daniel em campo desde que foi contratado. O meia, que passou por cirurgia no joelho direito em janeiro – e havia corrido na esteira pela primeira vez, na semana passada –, desta vez se exercitou fora do Reffis, sob supervisão do fisioterapeuta Ricardo Sasaki.

Por conta do procedimento cirúrgico para reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho direito e sutura do menisco, o jogador tem feito fisioterapia em tempo integral e deverá ser liberado para estrear com a camisa tricolor no segundo semestre.

Um comentário em “Baixa em Chapecó, Ganso se recupera e volta a treinar com bola

  1. Pode ficar por onde você se escondeu que não está fazendo falta alguma. Aliás, faz igual o Pato, arrume uma justificativa e vai embora do Tricolor, pelo menos alivia os caixas, porque você está ganhando um alto salário sem justificá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.