Próximo de Pato, Hudson defende atacante e crê que ele não sai

Do elenco do São Paulo, Hudson talvez seja o jogador com mais propriedade para falar sobre Alexandre Pato. Foi o que ele fez, nesta terça-feira, ao ser questionado se o atacante, seu colega de quarto nas concentrações, tem interesse em deixar o clube. Na opinião do volante, não é esse o caso.

“Acredito que ele está feliz aqui, é ambientado. Todos aqui gostam dele, não acredito que queira sair daqui. Tem ido muito bem, é artilheiro do time no ano. A gente não sabe o que vai acontecer. Mas o desejo dele é ficar no São Paulo, ele está feliz aqui. Acho que são apenas questões financeiras, nada mais do que isso”, disse.

A questão é que, na semana passada, Pato recorreu à Justiça para tentar romper seu contrato com o Corinthians (que detém seus direitos econômicos até o final de 2016), o que consequentemente também daria fim a seu empréstimo ao São Paulo (válido até o fim da temporada). Na ação judicial, alegou atrasos no pagamento de vencimentos nos dois clubes, os quais, após o processo, quitaram os débitos.

“Sou próximo do Pato, posso dizer que isso é muito pessoal dele. Quando temos altos valores para receber, isso ao longo do tempo vai incomodando. Incomoda qualquer ser humano. Isso é uma questão pessoal dele, achou talvez que fosse o momento de fazer isso. ele sabe o que é melhor para ele. Que tenha desfecho legal para ele e para o São Paulo”, comentou.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Na manhã desta terça-feira, os dois colegas conversaram também no gramado, na parte final do treinamento

O São Paulo diz ter conhecimento de propostas de dois clubes italianos pelo jogador, que tem seis partidas no Campeonato Brasileiro e pode defender outra equipe da primeira divisão nacional se não disputar mais nenhuma com a camisa tricolor. O processo deverá ser julgado até quinta-feira, três dias antes do duelo contra o Avaí, no Morumbi, quando o titular da posição, Luis Fabiano, não poderá atuar por estar suspenso.

Apesar de confiar na permanência do colega, Hudson lamenta se eventualmente seu destino for outro. “É um jogador importantíssimo, assim como o Luis Fabiano. O São Paulo perderia, porque são jogadores de excelente qualidade. Quem tiver que jogar no lugar, se tiver, vai tentar cumprir o que for pedido. O São Paulo é colocado como um time de grandes jogadores, e o Pato e Luis Fabiano são dois deles”, opinou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.