Auxiliar em 2009 e 2010, Milton prevê tira-teima bom com Cruzeiro

Encerrada a fase de classificação da Copa Libertadores, o São Paulo já tem seu adversário nas oitavas de final definido. Pela terceira vez na história, a equipe enfrentará o Cruzeiro no mata-mata do torneio. Milton Cruz, que está interinamente no comando, também fazia parte da comissão técnica nos encontros anteriores.

Em 2009, o time mineiro se classificou para a semifinal ao vencer no Mineirão (2 a 1) e no Morumbi (2 a 0). No ano seguinte, também pelas quartas de final, a equipe paulista deu o troco com duas vitórias por 2 a 0, a primeira delas em Belo Horizonte. Cinco anos mais tarde, os rivais voltarão a lutar por uma vaga, mas sendo a partida de ida na capital paulista.

“O Cruzeiro sempre foi um time muito complicado de se enfrentar, apesar de termos um histórico positivo contra eles”, analisou Milton, referindo-se não apenas ao desempenho na competição sul-americana, mas também em torneios nacionais.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Atual comandante interino do São Paulo já fazia parte da comissão nos duelos anteriores contra os mineiros

Na atual edição, enquanto o São Paulo se classificou como segundo colocado de sua chave, com 12 pontos ganhos, o time treinado por Marcelo Oliveira terminou a fase de classificação com 11 pontos, mas na liderança de sua chave. Um time que, na opinião do interino são-paulino, tem bons valores, apesar da saída de nomes importantes depois do título brasileiro de 2014.

“Eles têm bons jogadores. São dois times que jogam para frente, têm ótimos jogadores. Espero um bom duelo também”, comentou Milton, ao lembrar que é amigo do comandante adversário. “O Marcelo jogou comigo no Nacional (Uruguai). Nossas famílias são amigas”, revelou.

Apesar do sucesso de Milton na classificação, é possível que não seja ele o treinador nas oitavas de final, cujo primeiro jogo deverá ser daqui a duas semanas. A diretoria do São Paulo ainda procura substituto para Muricy Ramalho. Sem resposta do argentino Alejandro Sabella, o nome de Vanderlei Luxemburgo, atualmente no Flamengo, voltou a ganhar força.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*