Atletas do São Paulo reclamam de maratona, e partida pode ser adiada

Mesmo tendo saído de campo vitoriosos, os jogadores do São Paulo não deixaram de reclamar da maratona de jogos. Após o triunfo por 1 a 0 sobre o Náutico, Luis Fabiano, Aloísio e Negueba se queixaram do fato de o time ter jogado no último domingo, nesta terça-feira e ainda ter compromissos marcados para quinta-feira (Criciúma) e para o próximo domingo (Coritiba).

A partida contra os catarinenses, porém, pode ser adiada, já que o Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo entrou com uma ação na Justiça do Trabalho, alegando que o Tricolor entraria em campo num período inferior a 66 horas entre um jogo e outro.

– A maratona é desgastante, é difícil jogar tantos jogos seguidos, mas o calendário é esse. Precisamos das vitórias e não tem outro jeito – comentou Luis Fabiano.

Para o Aloísio, autor do gol são-paulino contra o Náutico, a maratona é ruim e pode até atrapalhar o Tricolor, mas é fundamental que o time supere o cansaço e tente manter o ritmo.

– Vamos ter uma sequência de jogos difíceis pela frente, mas precisamos manter a pegada. e também manter a humildade para lutar por vitórias – comentou o centroavante.

Negueba, que entrou bem na segunda etapa, fez questão de ressaltar que a parte física fica prejudicada com tantos jogos seguidos.

– Temos de recuperar a parte física, pois a maratona está bastante complicada. Mas precisamos seguir o que foi definido e buscar sempre jogar o melhor – disse o jovem atacante.

A maratona tricolor foi causada por conta da viagem do clube paulista ao exterior no início de agosto, para amistosos na Alemanha (derrotas contra Bayern de Munique e Milan), em Portugal (vitória sobre o Benfica) e no Japão (derrota para Kashima Antlers).

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.