Após vitória no Chile, Tricolor descarta vantagem: “Nada definido”

Depois de mais um jogo decisivo no Campeonato Brasileiro, o São Paulo enfrentará outra decisão na quarta-feira, mas desta vez pela Sul-Americana. No primeiro jogo das quartas de final, em Santiago, o Tricolor bateu a Universidad de Chile por 2 a 0, com dois gols de Willian José.

Apesar da excelente vantagem conquistada, o elenco são-paulino mantém os pés no chão e evita o “oba-oba”. Para se classificar, o São Paulo poderá até perder por um gol de diferença na partida que será realizada no Pacaembu. Empate também dá a vaga ao clube brasileiro.

“Temos de respeitá-los. Ainda tem um jogo de 90 minutos, não tem nada definido. Temos de esquecer essa vantagem e jogar de igual para igual. Vamos em busca de mais uma vitória para aí sim conseguir a classificação”, ressaltou o volante Wellington.

Na Libertadores deste ano, a La U, que chegou nas semifinais, mostrou que todo cuidado é pouco contra eles. Nas oitavas de final, no Equador, os chilenos perderam para o Deportivo Quito por 4 a 1. Na partida de volta, se superaram e aplicaram um sonoro 6 a 0 nos equatorianos.

Após a boa atuação no estádio Nacional de Santiago, o técnico Ney Franco está confiante, mas também alerta para as dificuldades que o Tricolor encontrará, já que enfrentará a atual campeã da Sul-Americana.

“A La U é muito boa, atual campeã. Nos últimos anos, eles levaram vantagem em confrontos contra times brasileiros. Mas, se jogarmos como fizemos diante do Fluminense, temos a grande possibilidade de avançar de fase”, completou o comandante são-paulino.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*