Após tentar santista, Lille faz oferta para tirar Luiz Araújo do São Paulo

O Lille (FRA) viu o Santos recusar oferta de cerca de R$ 27 milhões pelo meia-atacante Vitor Bueno e agora volta suas atenções a uma promessa de outro clube paulista. Os franceses já haviam apresentado proposta ao São Paulo para comprar o atacante Luiz Araújo antes mesmo de procurar o Peixe e os valores foram considerados altos para um jogador que ainda não se firmou no profissional. O clube do Morumbi, que tem 70% dos direitos da joia, não havia respondido à primeira consulta e agora foi chamado para nova conversa.

A diretoria do Tricolor já recebeu o documento enviado pelo Lille e deve levar o assunto à comissão técnica, que segue trabalhando na cidade de Bradenton, nos Estados Unidos. Lá, Luiz Araújo treinou diversas vezes entre a equipe mais próxima da considerada titular e marcou três gols nos dois jogos-treinos realizados na IMG Academy.

O São Paulo ainda não confirma a proposta, mas nunca escondeu que vender um atleta nesta janela de transferências ajudaria o clube a reforçar o caixa e evitar problemas financeiros de maior dimensão. O contrato de Araújo com o Tricolor é válido até 1º de junho de 2019 e foi firmado em maio de 2015, quando o garoto ainda integrava apenas o time sub-20.

A promoção ao elenco profissional aconteceu em maio do ano passado, pelas mãos do técnico Edgardo Bauza, agora na seleção argentina. Antes, o atacante foi artilheiro da Copa Libertadores da América Sub-20, conquistada pelo São Paulo em 2016, e defendeu o Novorizontino durante o Campeonato Paulista. O primeiro jogo pelo Tricolor principal foi diante do Cruzeiro, no Mineirão, nos minutos finais da vitória por 1 a 0, em 5 de junho.

Ao todo, Luiz Araújo tem 25 jogos e dois gols com a camisa são-paulina. O primeiro saiu nos 4 a 0 sobre o Corinthians e o segundo, nos 5 a 0 sobre o Santa Cruz, ambos no segundo turno do Campeonato Brasileiro.

 

Fonte: Lance

7 comentários em “Após tentar santista, Lille faz oferta para tirar Luiz Araújo do São Paulo

  1. Sou a favor de vender se for para reforçar o time em outra posição. Comprar uma % do contrato do Calleri, por exemplo.
    Se for para remediar a gestão desses velhos molengas, prefiro ficar com o moleque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*