Após semana de sonho, David Neres vive ‘noite das bruxas’ em Minas

A vida de David Neres mudou bruscamente nas últimas semanas. Acostumado a sua rotina em Cotia, quando defendia com destaque as equipes de base do São Paulo, o atacante de apenas 19 anos passou a conviver com os atletas profissionais na Barra Funda e, em pouco tempo, conquistou a confiança de Ricardo Gomes. Foram seis jogos como suplente, mais para se ambientar ao grupo, até a estreia contra o Fluminense.

Talvez nem o próprio David Neres imaginava uma ascensão tão rápida. Bastaram os 30 minutos finais da partida no Rio de Janeiro para dar seu cartão de visitas. Depois que entrou em campo, o Tricolor virou o jogo e voltou a vencer após um longo jejum. Cinco dias depois, Neres faria sua estreia como titular para quase 50 mil torcedores no Morumbi e, de quebra, marcou o gol que decretou a vitória em cima da Ponte Preta.

David Neres fez sua estreia como titular do São Paulo atuando fora de casa (Foto: Rubens Chiri/SPFC)
David Neres fez sua estreia como titular do São Paulo atuando fora de casa (Foto: Rubens Chiri/SPFC)

Tudo parecia conspirar a favor da jovem promessa até esta segunda-feira, dia 31 de outubro, mais conhecido como dia das bruxas por causa da famosa celebração norte-americana que acaba tendo influências em vários países.

No estádio Independência, em Belo Horizonte, capital mineira, David Neres fez mais uma estreia. Dessa vez, como titular do São Paulo fora de casa. Porém, diferente das outras aparições, o atacante não guardará boas lembranças. A equipe acabou derrotada pelo América-MG, que entrou em campo como lanterna do Brasileirão, e boa parte da culpa pelo revés pode ser atribuída ao garoto, que ficou no jogo até o fim.

Em resumo, David Neres finalizou cinco vezes e só não acertou o alvo em uma delas. Além disso, errou os oito cruzamentos que tentou na partida. Mas, o que pesou mesmo foi a má pontaria na hora de marcar o gol.

No primeiro tempo, teve uma chance de ouro ao aproveitar um rebote de João Ricardo depois da finalização de Chavez. Com o goleiro caído e a bola limpa, Neres fez o mais difícil e acertou o peito do camisa 1. Poucos minutos depois, Mena cruzou a bola na cabeça do jovem são-paulino. O Tricolor já perdia a essa altura e, mesmo livre de marcação e praticamente dentro da pequena área, David Neres concluiu por cima do gol.

O segundo tempo veio apenas para ratificar que a noite não era de David Neres. Em meio a pressão do time em busca de ao menos um empate, o jogador novamente foi acionado, e falhou. Não soube aproveitar até mesmo o erro do auxiliar, que não assinalou sua posição de impedimento. De novo cara a cara com o gol, parou em João Ricardo. Alguns instantes depois, recebeu lançamento de Andres Chavez e, para fechar ‘o dia das bruxas’, furou a tentativa de voleio em um típico lance que gera no mínimo algumas brincadeiras quando a cabeça já está mais fria.

Ainda é cedo para fazer qualquer avaliação mais profunda, mas é fato que David Neres sentiu pela primeira vez, como jogador profissional do São Paulo, que nem todos os dias serão fáceis na carreira que escolheu.

Nada que ofusque o potencial que a promessa são-paulina já mostrou ter. Porém, talvez seja necessária uma boa conversa com o garoto, já que sábado é dia de clássico contra o Corinthians. Ricardo Gomes deve manter o atacante no time. E Neres precisa estar preparado para não passar a sentir a pressão de uma torcida que até agora apenas o tratou como xodó.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Após semana de sonho, David Neres vive ‘noite das bruxas’ em Minas

  1. Por que o Kelvin não perdeu nenhum gol? Por que o João Schmith sempre decepciona? Por que o time fica com a posse da bola o jogo inteiro e não consegue marcar? Por que o David Neres perdeu 2 gols feitos?
    Eu mesmo vou responder sobre o David Neres. Foi só o primeiro jogo dele como titular fora de casa. É normal o jovem iniciante ter altos e baixos no princípio de sua carreira e eu esperava por isso: de-repente um jogo ruim. Principalmente porque o time todo está jogando mal e não dá para um garoto lançado num momento muito difícil para o clube, resolver tudo sozinho. As outras perguntas deixo pra cada um pensar sobre elas…

  2. “Em resumo, David Neres finalizou cinco vezes e só não acertou o alvo em uma delas.”

    Só perde gol quem está lá para o fazer, quantos gols perderam os outros atacantes, Kelvin, Chaves e Tiago Mendes, comentário tendencioso e maldoso, o menino foi disparado o melhor atacante nos últimos trêis jogos que participou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*