Após “olhar bravo” para bandeira, Ademilson cumpre profecia de Ceni

Willian José saiu do Morumbi como vilão por seus gols perdidos e domínios errados de bola, mas o primeiro coro por Luis Fabiano, titular machucado, foi ouvido logo após Ademilson perder chance clara no primeiro tempo. No intervalo, porém, o camisa 11 ouviu de Rogério Ceni que balançaria as redes. E foi herói navitória sobre o Sport mesmo com um gol erroneamente anulado.

“Falei para o Ademilson que gol mais feito do que o que ele perdeu não teria, ele e o Willian José tiveram oportunidades muito boas. Mas disse que outras oportunidades apareceriam no segundo tempo. Apareceu e o Ademilson foi feliz”, comentou o goleiro depois do triunfo por 1 a 0 no Morumbi.

E Ademilson poderia sair de campo com um saldo positivo ainda maior. Aos 27 minutos da etapa final, o atacante de 18 anos marcou o gol que tiraria o 0 a 0 do placar antes, mas o assistente Márcio Eustáquio Santiago, do quadro da Fifa, anulou o lance erroneamente ao apontar impedimento do jogador.

“Eu estava em condição legal?! Viu! Olhei bravo para o bandeira na hora. Mas o que importa são só os três pontos. Está tudo certo”, disse, sorrindo, o jogador que, enfim, abriu o placar aos 33 minutos do segundo tempo, sem nenhuma contestação da arbitragem, ao aproveitar rebote de grande defesa de Magrão em chute de Cícero.

“Estou feliz, feliz demais. O gol vai para a torcida, para o elenco, para todos”, celebrou o jovem atleta, que atuou pela segunda vez com a camisa 11 e marcou o primeiro gol de sua carreira como profissional no Morumbi – são quatro gols em cinco partidas como titular no elenco principal.

Números que apagam a falha do primeiro tempo, quando Ademilson recebeu de Maicon na marca do pênalti, sem marcação, e bateu para defesa de Magrão. “Esperei ele definir, mas ele ficou parado e defini errado”, lamentou, sem se espantar, porém, com a dificuldade do jogo. “Sabemos que todos os jogos serão difíceis, por isso encaramos esse como uma final. Corremos e saímos com a vitória”, alegrou-se.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*