Após gol e boa atuação em goleada, Antony diz: ‘Não sinto pressão’

O reencontro do São Paulo com as vitórias na goleada sobre a Chapecoense nesta segunda-feira, por 4 a 0, ficou marcada pelas alterações de Cuca. Everton, Toró e Vitor Bueno, que saíram do banco, foram decisivos com gols e assistências. Entre os jogadores que atuaram durante os 90 minutos, porém, Antony foi o cara. O camisa 39 abriu o placar para o Tricolor e teve ótimos momentos pelo lado direito do campo.

Em poucos meses, o jogador de 19 anos tornou-se uma das referências técnicas da equipe, a ponto de o São Paulo recusar uma proposta de cerca de R$ 80 milhões de reais do Sporting-POR pela promessa, durante a parada para a Copa América. Apesar da pouca rodagem, o menino de Cotia mostra maturidade para liderar o clube do Morumbi em campo.

– Agradeço Deus e a minha família por ter acreditado em mim desde o começo, e ao São Paulo pela oportunidade. É fruto do trabalho do dia a dia, a cada dia procuro melhorar. Nunca está bom para mim. Não sinto a pressão. Agradeço ao grupo por ter me dado confiança para jogar – disse Antony.

Com o triunfo diante dos catarinenses, nesta segunda-feira, o São Paulo dá um grande salto na tabela termina a 11ª rodada na quinta colocação do Campeonato Brasileiro. O Soberano volta a campo no próximo sábado, contra o Fluminense, no Maracanã.

Um comentário em “Após gol e boa atuação em goleada, Antony diz: ‘Não sinto pressão’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.