Após flertar com G4, São Paulo cai de rendimento e passa por fase nebulosa

Depois de golear o Botafogo por 4 a 0 na primeira rodada do segundo turno, o São Paulo se encheu de confiança, estava dez pontos atrás da liderança do Campeonato Brasileiro e com possibilidades de entrar no G4. Mas as últimas três rodadas não foram nada animadoras.

O grupo planejava manter o caminho das vitórias (eram três seguidas) para chegar forte ao confronto de quarta-feira, com o Atlético-MG, em Belo Horizonte. Mas a boa fase foi embora e a equipe somou só dois pontos contra Bahia, Inter e Santos.

Em caso de derrota para o vice-líder do Brasileirão, Ney Franco atingirá seu maior jejum sem vitórias desde que assumiu o comando do Tricolor. Até agora, ele não passou de três partidas sem vencer.

E o técnico tem um grande problema inesperado para essa partida. Após uma forte queda na Vila Belmiro, Luis Fabiano sofreu um trauma no ombro esquerdo e é dúvida. Mas o atacante não é o único problema do Tricolor (veja abaixo algumas dificuldades).

Antes do jogo contra o Inter, Jadson acreditava que o São Paulo podia conquistar os nove pontos seguintes. Já Osvaldo previa sete. Nenhuma das metas poderá ser alcançada.

O lado positivo é que, apesar de ter perdido o 5º lugar para o Botafogo, o time diminuiu em um ponto a distância para o G4 em relação à rodada anterior. Agora, o Tricolor está três atrás do Vasco da Gama.

Para se manter vivo e espantar a fase conturbada, nada melhor do que vencer o Atlético-MG.

Os problemas do São Paulo para sair da fase ruim

Luis Fabiano
A contusão de Luis Fabiano aconteceu em um lance com David Braz, zagueiro do Santos, no clássico do último domingo. O atacante são-paulino foi atendido pelos médicos, e conseguiu ficar até o fim da partida. No entanto, um trauma foi diagnosticado no ombro esquerdo e ele é dúvida.

Pior sequência
Até o momento, Ney Franco não ficou mais de  três jogos sem conseguir uma vitória, o que pode acontecer se a equipe não ganhar do Atlético-MG. A pior sequência do treinador foi nas três derrotas seguidas para Fluminense, Grêmio e Náutico, na reta final do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Atlético-MG
A goleada sobre o Palmeiras reanimou o Galo. O vice-líder do Brasileirão é dono do melhor ataque e tem a segunda melhor defesa da competição, isso com um jogo a menos do que os concorrentes. Ronaldinho Gaúcho é um dos trunfos da equipe, que também conta com o apoio da torcida.

G3 longe
Ney Franco bate na tecla de que é importante ficar entre os três primeiros, já que a quarta vaga pode sumir caso um brasileiro conquiste a Sul-Americana. Mas a situação não está fácil para o Tricolor. O Grêmio, terceiro colocado, tem 44 pontos, oito a mais do que o São Paulo, que está na sexta posição.

Superclássico
Apesar do São Paulo não ter jogo marcado para o meio da próxima semana, Ney Franco não conseguirá usar os dias livres para treinar com força máxima. Isso porque a Seleção Brasileira fará o primeiro dos dois jogos com a Argentina pelo Superclássico das Américas e desfalcará o Tricolor.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*