Após erro, Autuori tira Ceni de cobranças de pênaltis e não rebate Adalberto

O técnico Paulo Autuori disse que o batedor de pênaltis já estava definido após a partida que acabou em derrota do São Paulo por 2 a 1 para o Criciúma, na qual o goleiro Rogério Ceni perdeu sua terceira cobrança seguida em penalidades. Agora, segundo o treinador, o capitão novamente será sacado da função.

“Quando começa a ficar um fantasma nisso, e a gente tem que fazer algo diferente. No lance da Portuguesa foi assim. Vamos ver”, admitiu o técnico, em entrevista coletiva após a partida.

Contra Portuguesa, Ceni perdeu o segundo pênalti, após desperdiçar cobrança contra o Bayern de Munique (ALE) durante a Copa Audi. Depois do segundo erro, Autuori trocou o goleiro por Jadson, que errou na primeira oportunidade que teve.

Sobre o ex-diretor de futebol e novo diretor-secretário geral Adalberto Baptista, que voltou a criticar Rogério Ceni em entrevista ao jornal Lance!, Autuori se calou. O dirigente disse que o capitão se coloca acima do clube, e que errou ao dizer que o São Paulo “parou no tempo” após a derrota na Recopa Sul-Americana para o Corinthians.

“Eu não tenho nada que falar sobre isso. Cada um fala o que quer. Adalberto se expressou dentro daquilo que ele imagina. Eu tenho que falar sobre jogo, não vou ficar entrando nisso”, afirmou.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.