Após amarelo na Libertadores, Luis Fabiano tem nova chance

Luis Fabiano não pôde jogar a decisão da Sul-Americana de 2012 por estar suspenso. Depois, prometeu mudar de postura, mas pelo menos por enquanto não cumpriu. No primeiro jogo contra o Bolívar, manteve o bom desempenho, fez dois gols, mas tomou um cartão amarelo. Neste ano, a Conmebol mudou a regra na Libertadores, que agora acumula cartões e pode suspender pelos amarelos. Com a classificação encaminhada contra o Bolívar, o atacante já sabe o que não fazer na noite desta quarta-feira.

Dentro de campo, o camisa 9 resolve. No ano passado, mesmo com as recorrentes lesões que lhe tiraram a oportunidade de ter sequência no primeiro semestre, terminou a temporada com a ótima marca 31 gols em 44 jogos. Junto disso, 13 cartões amarelos e dois vermelhos, que resultaram em seis suspensões ao longo da temporada.

Até o ano passado, a Conmebol cobrava ao clube US$ 100 (R$ 200) por cada cartão amarelo na Libertadores, e não os acumulava para suspensões. Em 2013, o jogador que receber três amarelos ao longo do torneio não poderá atuar na partida seguinte. Contra o Bolívar, o São Paulo ganhava por 5 a 0 quando Luis Fabiano recebeu seu primeiro após reclamação com o bandeirinha. O cartão será levado para a fase de grupos.

Além de perder seu principal artilheiro quando não pode contar com Luis Fabiano, no ano passado o São Paulo teve maus resultados nas seis ocasiões em que o jogador cumpriu suspensão. No Paulistão, o camisa 9 não pôde participar da semifinal contra o Santos, na qual o Tricolor foi derrotado. No Brasileiro, foram mais quatro jogos suspenso, que resultaram em três derrotas e um empate. Na decisão da Sul-Americana, porém, o São Paulo saiu vitorioso.

Fonte: Lance

Um comentário em “Após amarelo na Libertadores, Luis Fabiano tem nova chance

  1. Eu não sei pq o São Paulo passa tanto a mão na cabeça do Luís Fabiano. Tá certo que ele é um dos principais jogadores da equipe, é jogador de Seleção Brasileira e nós gostamos muito dele, mas oque não nós admitimos é que ele faça do São Paulo o seu time de paladas no final de semana. Vive tomando cartões idiotas e prejudicando demais a equipe e não se tomam nenhuma atitude drástica para coibir a infração do atleta. Inventam tratamento psicólogo desde que ele saiu daqui pra jogar na Espanha é a mesma repetição: “Peço desculpas a torcida Sãopaulina” vive chorando e acaba ficando nisso mesmo. Toda vez que ele repetir essas atitudes idiotas o Juvenal tem que pegar pesado no bolso dele, só assim ele irá pensar três vezes antes de tomar o próximo cartão. Agora gostaria que fosse multa pesada mesmo e não dinheiro de cesta básica como agente vê. Fika a dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*