Apoiado pela torcida, Muricy avisa: “Se me quer fora, tem de mandar embora”

A goleada do São Paulo por 4 a 0 sobre o Audax, neste sábado, no Morumbi, ficou em segundo plano na entrevista coletiva do técnico Muricy Ramalho. O comandante mostrou muito bom humor até certo ponto na conversa com os jornalistas, mas mudou completamente o tom quando foi questionado sobre os bastidores do Tricolor.

Sem citar nomes, o comandante mandou recado claro para a direção. Recentemente, o presidente Carlos Miguel Aidar o cobrou publicamente.

– Tem pessoas que querem fazer o torcedor pensar diferente. Mas estou há muitos anos aqui e conheço tudo. É difícil fazer a cabeça da torcida do São Paulo. Eles gostam de mim. As pessoas tentam, mas estou atento a tudo isso aí. Estou ligado. A gente tem de ser mais São Paulo. Eu incomodo mesmo. O que me interessa é o São Paulo em primeiro lugar. Se me quiser fora, tem de mandar embora. É simples – disparou.

Muricy aumentou ainda mais o tom quando foi perguntado sobre sua amizade com o ex-presidente Juvenal Juvêncio, desafeto declarado de Aidar.

– Eu falo com quem eu quiser. Isso não existe. Não agrado ninguém. Vou sair daqui agora e vou para o meio do mato (Ibiúna, cidade do interior paulista). Não vou jantar com ninguém. E ninguém me proíbe de nada. O negócio é trabalhar duro, sendo sério e honesto – disse Muricy.

– No Brasil está ruim para ser correto. Sofro com isso faz tempo e agora mais. Sei como é isso. Trabalhei muitos anos com o Juvenal e gosto dele. A vida é minha e falo com quem eu quiser. Se tiver insatisfeito, eu vou embora e tudo bem. Mas comigo, não. Sou sério para caramba e vou continuar sendo correto – emendou o treinador, visivelmente alterado.

Muricy Ramalho,São Paulo X Audax Osasco (Foto: Marcos Ribolli)Muricy Ramalho mandou recado para a direção do clube após a vitória sobre o Audax (Foto: Marcos Ribolli)

Apesar do tom de irritação em dado momento da entrevista, Muricy afirmou que está mais calmo na beira do gramado por recomendações médicas. No início do ano, ele foi internado com uma diverticulite e não pôde viajar com o elenco para o Torneio de Manaus.

– O médico me recomendou ficar em Ibiúna, mas eu tenho contrato. Eu estou me controlando, porque o que eu tive foi muito sério. Estou fazendo muito exercício também, emagreci bastante. Isso dá um equilíbrio legal. Sem remédio, o que é bom. Vão me ver assim agora. Isso aqui é muita emoção, mas tenho que me acalmar um pouco – explicou.

Por fim, o comandante confirmou que o time usado diante do Audax será o mesmo para encarar o Danúbio, do Uruguai, quarta-feira, no Morumbi. A única mudança será a entrada de Ganso no lugar de Thiago Mendes.

– Não deve mudar muito, não. O Ganso deve jogar e o resto do time é o mesmo. Se ele estiver bem para quarta-feira é claro que joga – finalizou.

 

Fonte: Globo Esporte

Nota do PP: apoio integralmente as palavras de Muricy Ramalho. A rivalidade de Carlos Miguel Aidar, hoje com poder, com Juvenal Juvêncio, outrora poderoso, está jogando o São Paulo no fundo do poço.

5 comentários em “Apoiado pela torcida, Muricy avisa: “Se me quer fora, tem de mandar embora”

  1. A fase do Murici realmente é das piores, até o fato do Kardec não estar jogando nada e faz tempo é culpa dele por escalar o jogador na posição errada. Se o cara joga bem não tem essa de posição errada, pode não produzir o máximo, mas tem que produzir alguma coisa.

  2. É Burricy se a carapuça serviu, se sente ameaçado pq sabe que esta fazendo coisa errada e corre risco, e seu cabeça de bagre desnecessario, se escalar direito, nao tem erro, deixa de ser teimoso, turrao, protetor de jogadores mediocres que nao vai levar a a nada, somente para o buraco e a sua demissao.
    E pode ter certeza se quarta feira nao for vitoria somente ela, ja estara com a corda no pescoço, e ai que vai definir e a vitoria contra o San Lorenzo e Curintia.

  3. É Burricy, se empatar ou perder quarta feira, com certeza nao conseguira ganhar fora do San Lorenzo e depois no returno ganhar das galinhas no Morumbi onde os adversarios fazem recreio, deitam e rolam, ai logico vc nao se preocupa sera mandado embora mais um vez, como em 2009, o rei do morre-morre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*