Antônio Carlos tenta acabar com sina recente de ex-botafoguenses no clube

Reforço para a defesa do São Paulo, o zagueiro Antônio Carlos já treina  no CT da Barra Funda e aguarda a regularização do seu vínculo contratual para ser apresentado à torcida e estrear pelo clube do Morumbi.

Na sexta-feira, enquanto os titulares ficaram no Reffis para a atividade regenerativa, os reservas, sob a coordenação de Autuori, fizeram um treinamento técnico. Com a camisa 4, antes pertencente a Rhodolfo, que foi negociado com o Grêmio, Antônio Carlos participou do treino e ouviu diversas recomendações do treinador.

O beque de 30 anos chega para suprir a carência na posição. Paulo Miranda e Edson Silva seguem machucados. Já Lúcio foi afastado pela diretoria do clube.  Diante do Atlético-PR, a zaga foi formada por Rodrigo Caio e Rafael Toloi.

Esperança para a defesa, Antônio Carlos terá a missão de apagar as impressões recentes deixadas pelos últimos atletas que fizeram a conexão Botafogo/São Paulo.

Contratados após passagem pelo Glorioso, os zagueiros Juninho, Renato Silva e João Filipe não conseguiram se firmar no Tricolor. O último, por sinal, que teve boas atuações no início, foi afastado por Ney Franco e está emprestado ao Náutico.

As laterais também foram alvos de críticas. Joilson e Cortez tiveram passagens contestadas quando vestiram a camisa da equipe tricolor.

Em novo ambiente, Antônio Carlos só comenta a alegria por ir para o São Paulo e espera obter mais sucesso do que os seus antecessores.

– A expectativa é grande, porque sei a importância que é chegar em um clube grande, como o São Paulo. Após quatro anos no Botafogo, quero fazer o meu trabalho aqui e poder ajudar o time em seus objetivos  – disse o jogador, ao site oficial do clube.

Agora, Autuori ganha mais uma alternativa para ajustar o time visando à recuperação no torneio.

Os últimos jogadores de defesa que vieram do Botafogo
Juninho
No Botafogo

Fez 199 jogos e marcou 37 gols. Destacou-se em 2007, disse que renovaria, mas fechou com o São Paulo e saiu queimado com a torcida.

No São Paulo
Com Miranda, André Dias e Alex Silva no elenco, teve dificuldades para se firmar. Disputou 20 partidas na temporada de 2008 e marcou um gol.

Renato Silva
No Botafogo
Disputou cem jogos e fez 9 gols. Chegou em 2007 em baixa, após caso de doping no Fluminense. Saiu com vários outros, com salários atrasados.

No São Paulo
Nunca caiu no gosto da torcida. Mostrou-se atrapalhado em muitos lances e foi negociado com o futebol chinês, em 2011. Jogou 79 partidas e fez dois gols.

João Filipe
No Botafogo
Começou 2011 como titular, mas as más atuações o levaram para o banco. Sem espaço, foi para o São Paulo. Jogou 15 partidas e marcou um gol.

No São Paulo
Chegou no meio do Brasileiro, teve boas atuações e ganhou moral com Adilson Batista. Depois, falhas apareceram e foi emprestado ao Náutico. Jogou 46 vezes.

Cortez
No Botafogo
Teve um grande ano em 2011, quando chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira. Foi vendido ao Tricolor por cerca de R$ 7 milhões. 32 jogos, zero gol.

No São Paulo
Foi quem mais vezes jogou em 2012, começou 2013 como titular, mas perdeu espaço e está emprestado ao Benfica (POR). Fez 91 jogos e dois gols.

Joilson
No Botafogo
Foi um dos destaques do time de 2007, como o contrato expirava, São Paulo contratou sem custos. Participou de 58 partidas e marcou três gols.

No São Paulo
Fez 55 partidas e marcou um gol. Em 2008, participou da maioria dos jogos na conquista do hexa brasileiro, mas perdeu espaço e saiu em 2009.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*