Antes xodó, Centurión desagrada comissão técnica e fica em baixa

Enquanto o atacante Rogério, que já marcou dois gols, vem caindo nas graças dos são-paulinos, Centurión percorre caminho oposto no clube. Antes queridinho da torcida por raça e gols decisivos, o argentino não goza de prestígio com a comissão técnica há algum tempo e vê sua situação no time ficar cada vez mais difícil.

O atacante não tem desempenhado bem nos últimos jogos, mas o declínio vai além de questões técnicas. Um exemplo foi antes do jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Ceará, em Fortaleza. Após a derrota por 2 a 1 na ida, Osorio perguntou ao grupo, na véspera do jogo decisivo, quem estava disposto a encarar o duelo como o último da vida. Centurión acusou dores musculares e acabou não viajando ao Nordeste.
Até ai tudo bem não fosse por duas razões. Primeiro que Rogério Ceni, maior ídolo do clube, topou viajar mesmo com dores no adutor da coxa direita, que o fez perder cinco jogos depois. Jogou no sacríficio. Pior: no dia seguinte à vitória por 3 a 0, Centurión já tinha retornado aos treinos. Pegou mal.
Da partida deste domingo, contra o Avaí, o hermano pediu dispensa para resolver questões pessoais na Argentina. Foi a terceira vez queisso acontece. A namorada dele sofre de um problema de saúde

Fonte: Lance

Um comentário em “Antes xodó, Centurión desagrada comissão técnica e fica em baixa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*