“Antes de contratar tem que pensar na base”, diz novo coordenador do SP

Apostar nas categorias de base é uma das ideologias defendidas por Ricardo Rocha, novo coordenador de futebol do São Paulo. Nesta quinta-feira, o ex-zagueiro concedeu entrevista ao SporTV, canal no qual trabalhava como comentarista, e afirmou que considera mais importante olhar primeiro para os jovens formados em casa antes de sair no mercado para buscar reforços. Ricardo só pede que o Tricolor mude a filosofia de vender rapidamente as promessas de Cotia.

“Acho que antes de contratar tem que pensar na base. Fizemos uma reunião e já vimos alguns jogadores que vão participar neste ano que vem. Falamos que a base é fundamental. São Paulo tem uma base fortíssima, onde se gasta muito e precisa revelar. Tem revelado, mas os jogadores saem. Esses jogadores têm que ficar mais, sabendo que é preciso vender. O São Paulo tem uma boa base. O obstáculo ainda é a venda desses jogadores”, analisou o coordenador.

Ricardo disse ter sido procurado por Raí há dez dias para o cargo e logo se animou com a possibilidade de voltar ao clube pelo qual foi bicampeão paulista e campeão brasileiro entre 1989 e 1991. O trabalho do agora dirigente começará na prática no dia 3 de janeiro, quando o elenco se reapresentará no CT da Barra Funda, mas conversas com Raí já têm direcionado o planejamento para 2018.

“Eu já peguei coisas andando e falei pra continuar caminhando, acho que estão em bom caminho. É o início de um trabalho. O São Paulo tem uma base formada, tem jogadores com proposta pra sair e o Pratto é um deles (alvo do River Plate), mas não dá pra falar muito porque ainda não estou inteirado. Tem que aguardar. Mas antes de contratar eu penso na base. O São Paulo tem carência na lateral direita, mas tem que trabalhar pensando no futuro”, reiterou o ex-zagueiro, que comentou a possibilidade do meia-atacante Diego Souza chegar do Sport:

“Eu sei que houve proposta por parte da imprensa e que ele aceitou e agora falta acertar com o Sport, mas é um jogador que interessa”.

 

Fonte: Spotv

9 comentários em ““Antes de contratar tem que pensar na base”, diz novo coordenador do SP

  1. Quando o Ricardo Rocha fala em “olhar para a base” é porque não há outra solução. No próximo Camp. Paulista, cada clube poderá inscrever três goleiros e vinte e três jogadores de linha. Um total de vinte e seis “profissionais”. Jogadores da base não entram nesta soma e o clube pode inscrever quantos quiser. Além de Brener e Militão, o clube deve dar chances a Bissoli, Caíque, Liziero, Igor, Gabriel Sara, Antony, Helinho, entre outros. Fora da base, as novidades serão poucas. Hoje, provavelmente, os inscritos para o Paulista seriam:
    Goleiros: Sidão, Jean e Lucas Perri , laterais: Bruno, Edimar, Reinaldo e Jr Tavares, zagueiros: Arboleda, R. Caio, Aderlan e Bruno Alves, volantes: Jucilei, Petros, Hugo e Araruna, meias (sobram): Cueva, Hernanes, Lucas Fernandes, Shaylon, Tomas e J. Gomes, centro avantes: L. Pratto e Diego Sousa ( a confirmar), atacantes: Marcos Guilherme, Maicosuel. O 23º nome da linha deve ser um atacante, a ser contratado, para substituir Denilson, W. Nem, Marcinho e outros Neiltons da vida e não podemos contar sempre com o craque Maicosuel. O que podemos esperar? Uma troca com o Santos envolvendo o Victor Ferraz pelo Hugo ou Jr Tavares. A saída, em definitivo ou por empréstimo, de Tomas e J. Gomes abriria a possibilidade de mais dois nomes. Poderiam ser do próprio clube como o Maidana ou o Hugo Gomes. A aposentadoria do Lugano, a transferência do Buffarini e saída do próprio J. Gomes possibilita também a vinda de 2 estrangeiros.

  2. Só imaginem o time do SP com Lyanco, David Neres e Luiz Araujo…
    Salários baixos, futebol ascendente, passe valorizando…

    Ao invés disso temos… Aderlan, Bruno Alves ganhando o triplo do Lyanco…
    Wellington Nem, Maicossuel, ganhando 5 vezes mais que Neres…

    Jean, Militao, RCaio, Lyanco, Júnior Tavares; Jucilei, Petros, Hernanes e Cueva; Pratto e DNeres. LAraujo e Marcos Guilherme entrando no segundo tempo pra cima da defesa cansada…

    Obs: gosto muito do Militao na lateral, principalmente depois dele ter marcado e colocado no bolso o Bruno Henrique do Santos… e com ele na direita da pra usar o Jr na esquerda por causa do apoio…

  3. Concordo que temos que olhar para a base, mas essa base precisa ser melhor trabalhada bem antes de entrar no time titular, pq tem muito jogador vindo da base que no time do jardine jogam muito mas chega no time titular é tudo meia boca.
    Precisamos sim alem da base de bons jogadores experientes senao vamos amargar mais um ano brigando para nao cair e nao vai adiantar de nada Rai, Ricardo Rocha e etc.

  4. Espero que agora termine as contratações mandrake e começe um novo ciclo para o São Paulo, com as coisas sendo feitas com conhecimento de causa e principalmente honestidade. Temos as coisas mais importantes para sermos campeões, uma ótima infraestrutura e uma maravilhosa torcida que provocou inveja nos adversários.

  5. S,PAULO INVESTE MUITO NA BASE,MAS INVESTE QUASE NADA EM “FUNDAMENTO”,JOGADOR PÓ DE ARROZ TEM MUITO,ABAIXA A CABEÇA E BICA NA BOLA,METADE DOS CRUZAMENTOS E FINALIZAÇÕES VÃO PRO ESPAÇO.E OS FOMINHAS,OS SEBINHOS,SÓ SERVEM PRA ENCHEREM LINGUIÇA,TEM QUE MUDAR ESTA REGRA.COLOQUE O LUGANO,SÓ NA ARQUIBANCADA PARA PEGAR NAS ORELHAS DA GAROTADA,VAI TER UM POUCO DO SANGUE URUGUAIO !!!!!

  6. R.ROCHA,FALOU DO DIEGO SOUZA,QUERENDO JOGAR É MUITO BOM,É NÃO DEIXAR FICAR NA SOMBRA..UMA BELA DUPLA PRA INVERNISAR OS ADVERSÁRIOS É CARLOS EDUARDO DO GOIÁS E CHARÁ COLOMBIANO,ELES TEM MUITO FÔLEGO E RAÇA,O RESTO DESCONHEÇO !!!

  7. Esse gestor sorrateiro como ele só, está formando uma comissão de notáveis,mesmo sabendo que não terão condiçôes de trabalho,por falta de grana,por vaidade pessoal e pela falta de matéria prima.Isso está cheirando a uma propaganda de uma futura separação do futebol.Já está plantando um profissionalismo,que como vimos no estatuto,não irá existir.CUIDADO
    Esse é pior que o velho cachaceiro

  8. Seja a base, sejam novas contratações, seja o caminho que for, o São Paulo tem que pensar em ganhar títulos. Chega de ficar disputando posições pra não cair. Basta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*