Ameaçado de “não voltar”, São Paulo viaja à Argentina sem Kardec

Um dia depois do misto de apoio e ameaça de sua maior torcida uniformizada em frente ao CT da Barra Funda, o elenco do São Paulo embarcou tranquilamente na manhã desta terça-feira rumo a Buenos Aires, palco da importante partida contra o San Lorenzo, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. O atacante Alan Kardec, por conta do nascimento da filha, seguirá viagem depois. O também atacante Luis Fabiano e o zagueiro Dória ficarão na capital paulista.

Apesar de muitos voos com destino à capital argentina terem sido cancelados no Brasil em função da paralisação geral prevista para ocorrer no país vizinho nesta terça-feira, a viagem da equipe foi mantida pela companhia aérea. Os jogadores chegaram ao Aeroporto Internacional de Guarulhos por volta de 9h30 (de Brasília) e rapidamente passaram pelo portão de embarque. Alguns deles não quiserem conceder entrevista, como o meia Paulo Henrique Ganso, que pode começar no banco de reservas.

Com seis pontos ganhos em três jogos, o time treinado por Muricy Ramalho busca a terceira vitória seguida no torneio continental para encaminhar a classificação às oitavas de final. Uma derrota, ao contrário, voltaria a colocar San Lorenzo e São Paulo lado a lado no grupo 2, restando depois duas partidas para cada um.

SPFC – Site Oficial

Muricy Ramalho não poderá contar com Dória nem Luis Fabiano, mas ainda espera Kardec em Buenos Aires

Apesar de ter vencido os dois últimos jogos na Libertadores, o São Paulo voltou a ser cobrado por sua torcida depois derrota de 3 a 0 para o Palmeiras, na semana passada. Em quatro clássicos na temporada, foram três reveses (dois deles para o Corinthians, sendo o primeiro na estreia da competição sul-americana) e um empate sem gol com o Santos, ocasião em que o destaque foi o goleiro Rogério Ceni.

Por conta disso, a principal organizada tricolor foi à entrada do CT na segunda-feira. Embora tenham manifestado apoio com bandeirões e rojões – e até gritado o nome de Muricy Ramalho, dias após ter pedido sua demissão mais uma vez -, os cerca de 80 torcedores, que prometeram marcar presença em Buenos Aires, também fizeram coro para exigir raça e vitória. “Fome, sede e frio! Se não ganhar, não volta para o Brasil!”.

Na delegação que seguiu viagem na manhã desta terça-feira, a novidade foi o volante Souza, de volta da Seleção Brasileira. Já o zagueiro Dória e o atacante Luis Fabiano, ambos em recuperação, foram baixas. À noite, o grupo faz um treino de reconhecimento do gramado do Nuevo Gasómetro, palco da partida.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*