Alvaro repete ‘saga’ e integra o elenco

O técnico Muricy Ramalho recebeu um importante reforço na manhã esta quarta-feira (19), em Medellín, para o duelo contra o Atlético Nacional-COL na nesta noite. Mais uma vez demonstrando muito profissionalismo e amor ao clube, o lateral-esquerdo Alvaro Pereira deixou o cansaço para trás e se juntou ao restante do elenco para o confronto de ida válido pela semifinal da Copa Sul-Americana de 2014.

O camisa 6 estava com a Seleção Uruguaia, que venceu o Chile por 2 a 1 na noite da última terça-feira (18), em Santiago. Logo após o apito final, o ala iniciou a viagem até a Colômbia para defender o Tricolor. Alvaro desembarcou na cidade colombiana nesta manhã, foi para o hotel e iniciou o processo de concentração para o embate com o Atlético.

“Não poderia ficar fora de um jogo como esse. E para ajudar os meus companheiros vale tudo”, afirmou o lateral, que antes de encarar os chilenos havia enfrentado a Costa Rica na semana passada. Vale lembrar que esta não é a primeira vez que o jogador encara uma verdadeira maratona para fortalecer o São Paulo.

Em outubro, contra Huachipato, no Chile, pelas oitavas de final, o atleta já havia repetido o feito heroico. A saga de Alvaro começou após a vitória da Celeste sobre Omã por 3 a 0, no Estádio Al Buraimi Sports Complex, na última segunda-feira (13). De Al Ain, o jogador percorreu 160 km até Dubai. De lá, retornou ao Brasil e após 12.247 Km chegou na capital paulista.

Depois, seguiu para Santiago (3.338 km) e dormiu na capital chilena na noite passada. Nesta manhã, nos últimos 500 km de sua viagem, o lateral foi para Concepción – base tricolor para o duelo contra o Huachipato -, e pôde finalmente reencontrar os companheiros.

Após 16.245 km, muitas horas de voos e diversos deslocamentos, o uruguaio chegou para lutar com a equipe são-paulina pela permanência do clube na competição continental.  Vale lembrar que antes de enfrentar Omã, o Uruguai encarou a Arábia Saudita (1 x 1) no dia 10, em Jeddah. O período de amistosos serviu para o técnico Óscar Tabárez trabalhar o time de olho na disputa da Copa América de 2015.

Na ocasião, como forma de retribuição pela determinação e vontade do uruguaio, o goleiro Rogério Ceni entregou a faixa de capitão ao camisa 6. Agora, já em solo colombiano, Alvaro irá descansar no quarto do hotel até a saída para o Estádio Atanasio Girardot, onde a bola irá rolar às 22h (de Brasília).

 

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*