Aidar descarta demissão de Muricy Ramalho: “É e será meu treinador”

A fraca atuação na derrota para o Corinthians, em Itaquera, na estreia da fase de grupos da Copa Libertadores da América, estremeceu os bastidores são-paulinos. Porém, nesta segunda-feira, o presidente tricolor, Carlos Miguel Aidar, tratou de defender o técnico Muricy Ramalho. O mandatário assegurou que o comandante seguirá à frente da formação do Morumbi.

“A última palavra cabe ao presidente, e ele só deixará o São Paulo se quiser. Da mesma forma que pedi pela contratação do Muricy, prezo pela permanência. Inclusive, nesta terça-feira, comparecerei ao treino da tarde para dar um abraço nele”, revelou Aidar, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

O convívio entre Aidar e Muricy foi abalado no início de 2015, quando o presidente deu declarações cobrando um título – após o alto investimento apresentado, com as chegadas de nomes como Bruno, Carlinhos, Thiago Mendes e Centurión. Todavia, o mandatário tratou de minimizar a polêmica e exaltou o dono da prancheta tricolor.

“O título não é obrigação, mas é o que eu quero, assim como os torcedores. Essa frase minha foi tratada como cobrança, porém, jamais cobraria o Muricy publicamente. Se tivesse que falar algo, seria pessoalmente. Só tenho a aplaudi-lo. Ele é são-paulino e tem a cara do clube”, avaliou.

Por fim, quando questionado sobre a amizade de Muricy com Juvenal Juvêncio, de quem é desafeto, Aidar insinuou que pessoas próximas ao ex-presidente estão causando turbulência no dia a dia são-paulino. “Pode ser que isso esteja acontecendo, porém, fica difícil de afirmar. As últimas declarações dele mostram um visível incômodo”, polemizou.

Após golear o Grêmio Osasco Audax, por 4 a 0, em partida válida pelo Campeonato Paulista, o São Paulo terá pela frente o Danubio-URU, na segunda rodada da Copa Libertadores. O duelo contra a formação de Montevidéu-URU ocorre nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), em domínio tricolor.

 

Fonte: Gazeta  Esportiva

3 comentários em “Aidar descarta demissão de Muricy Ramalho: “É e será meu treinador”

  1. Isso significa que o.presidente do SPFC abdicou de ganhar títulos com esse técnico fraco.
    As Muricetes deliram, afinal pra elas pouco importa títulos, elas gostam mesmo eh de ver o amor delas, o bonecão de posto no banco do SPFC fazendo suas lambanças.

  2. Quero ver ele falar isso se por acaso nosso time for desclassificado ja na primeira fase da libertadores, quero ver segura-lo.
    Presidente e diretoria incompetente , treinador incompetente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*