Aidar confirma possibilidade da volta do zagueiro Breno em dezembro

O São Paulo poderá ganhar um reforço para sua defesa na próxima temporada sem precisar de investimento. O presidente Carlos Aidar Aidar confirmou a possibilidade de ter o zagueiro Breno de volta ao clube do Morumbi na metade de dezembro. O jogador, condenado a quase quatro anos de prisão depois de incendiar sua própria casa na Alemanha, pode ser liberado pela Justiça e retornar ao Brasil.

“No dia 17 de dezembro, ele completa dois terços da pena. Pela legislação alemã, nesta circunstância, por ele ter um contrato de trabalho, pois ele está registrado como atleta do São Paulo, ajuda muito. Temos a esperança de ele ser liberado no dia 17 de dezembro, mas ainda não é uma certeza”, projetou o presidente são-paulino, explicando ainda as condições para receber o atleta.

“O Breno cumpriu quase todas as exigências passadas pela Justiça da Alemanha, a última que ele não pôde cumprir, e ele não tem condições de fazer, é o ressarcimento financeiro por causa do incêndio no imóvel, mas ele se acertou com uma seguradora”, completou o mandatário do Tricolor, recordando a dívida do jogador com a Justiça pois o imóvel foi avaliado em 1 milhão de euros (cerca de R$ 3,1 milhões).

Djalma Vassão/Gazeta Press

Sob o comando de Muricy, Breno despontou no São Paulo em 2007 com uma promissora carreira pela frente

O incêndio ocorreu em 2011, quando Breno estava afastado do Bayern de Munique por lesão. Depois de analisar o caso, a Justiça alemã deu seu veredito no início de julho de 2012, condenando o jogador a prisão imediato por 3 anos e 9 meses. No ano passado, o atleta conquistou a liberdade condicional e voltou a trabalhar pelo seu clube de forma não remunerada.

Revelação do São Paulo no Campeonato Brasileiro de 2007, o atleta surgiu como mais uma jovem promessa do Tricolor, conquistando a medalha de bronze com a Seleção Brasileira nas Olimpíadas de 2008. No ano seguinte, foi negociado com o Bayern de Munique por 12 milhões de euros (quase R$ 38 milhões), mas não se firmou no clube alemão, chegou a ser emprestado, e depois foi preso por incendiar a própria casa.

Se voltar ao São Paulo no final deste ano, Breno voltará a trabalhar com um velho conhecido. Em 2007, Muricy Ramalho era o treinador do time do Morumbi e foi o responsável por colocar o zagueiro em posição de destaque no elenco profissional. O atleta, aliás, era um dos homens de confiança do comandante, que, ao montar uma defesa sólida, venceu o Campeonato Brasileiro daquele ano com facilidade.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Aidar confirma possibilidade da volta do zagueiro Breno em dezembro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*