Aguirre enfrenta pressão inédita no São Paulo

Embora ocupe a parte de cima da tabela, o São Paulo está em crise. O time não vence há cinco jogos no Campeonato Brasileiro, perdeu a liderança para o rival Palmeiras e agora se vê distante da briga pelo título. A situação coloca o técnico Diego Aguirre sob forte pressão pela primeira vez desde que assumiu o time, em março.

Após a derrota por 3 a 1 diante do Internacional, no último domingo, no Beira-Rio, o treinador recebeu uma enxurrada de críticas nas redes sociais. Os torcedores questionam principalmente a vertiginosa queda de rendimento no segundo turno e algumas escolhas do uruguaio nas últimas partidas.

No clássico contra o Palmeiras, por exemplo, os questionamentos se referiram à opção de Rodrigo Caio na lateral direita e à substituição de Nenê por Gonzalo Carneiro ainda no intervalo, quando o rival já vencia por 2 a 0. Sem falar da fraca atuação da equipe em um duelo tratado como decisivo no clube do Morumbi.

Na rodada seguinte, apesar do desfalque de Everton, a expectativa era de que o time se apresentasse de outra forma. Liziero até abriu o placar logo aos dois minutos de jogo, mas o Tricolor recuou demasiadamente e não conseguiu sustentar a vantagem, o que gerou críticas de parte da torcida ao trabalho de Aguirre.

Outro fator que vem intrigando torcedores é a falta de evolução da equipe, apesar das semanas cheias de treinos, fruto da eliminação na Copa Sul-Americana. Nas seis ocasiões em que Aguirre realizou a preparação sob tais circunstâncias, o time amargou duas derrotas e quatro empates.

Na última terça-feira, a Torcida Independente divulgou nota oficial (veja abaixo) na qual garante apoio à equipe até o final do Brasileirão, mas questiona a opção de Aguirre em deixar Arboleda no banco e a não realização de treinos abertos. E ainda termina o comunicado dando um aviso: “Se for pra torcida escolher, quem roda é o técnico”.

O mau momento fez Raí, diretor-executivo de futebol, convocar de surpresa uma rara coletiva de imprensa na última terça para dar respaldo ao trabalho do treinador e garantir que não há racha no elenco.

Como seu desempenho é satisfatório até aqui, sobretudo em comparação aos trabalhos anteriores, Aguirre ainda tem prestígio junto à diretoria, embora haja elementos mais radicais que não rejeitam uma troca no comando técnico ainda neste ano caso a equipe siga caindo na tabela.

Seja como for, por uma decisão consensual entre treinador e diretoria, a renovação de contrato com o uruguaio será discutida somente ao final da temporada, pois o foco de ambas as partes está na recuperação do time no Brasileiro. O certo é que um novo vínculo passa pela maneira como o São Paulo terminará a temporada, em que vislumbra uma vaga na próxima Copa Libertadores.

Veja a nota oficial da Independente em protesto à fase do clube:

“NOTA OFICIAL – FAKE NEWS DE TORCEDOR

A grande maioria da torcida entende, porque sofre junto com a Independente.

Sabe o que passamos, de norte a sul do Brasil. No último jogo, poderia ter ocorrido grave consequência, em acidente rodoviário que sofremos. Sem contar o tempo longe da família, tudo pelo São Paulo. O que fazemos, ninguém faz igual. Mas não nos julgamos mais ou menos são-paulinos, por isso.

Mas sempre tem uns babacas que tenta (sic) difamar a torcida. Modinha por aí diz que a torcida protesta porque não teve treino aberto. Tem que ser muito imbecil e mau caráter pra falar uma merda dessa. Primeiro que não fazemos turismo no CT ou no Morumbi. Segundo que o treino seria pra todo torcedor e não só pro organizado.

A real é que queremos pulso e atitude desse trio de dirigentes ídolos, que estão deixando a zona correr solta. É balada, casamento no exterior, perda de autoridade, ninguém tá nem aí pro torcedor e pro SPFC. Tem atitude patife no time.

Só queríamos demonstrar nosso apoio e mostrar que indolente tinha que se impressionar com o que é o SPFC, o que nos foi negado, mais de uma vez.

No desespero de 2017, pediram socorro e fizemos nosso papel em treino, escolta, jogos. Agora estão mais relaxados e esnobam?

Na arquibancada o apoio segue imutável. Agora chega de divisão de grupo, onde está Arboleda, o melhor zagueiro do time? O que acontece Aguirre?

Se for pra torcida escolher, quem roda é o técnico.

Assumam a bronca, já que jogaram fora o ano.

A Diretoria”.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*