Aguirre destaca confiança e união no São Paulo: “jogadores comprometidos”

Para Diego Aguirre, técnico do São Paulo desde março, duas características explicam a liderança de sua equipe no Campeonato Brasileiro: a confiança e a união.

– Nós temos uma ideia, mas acho que o principal é que os jogadores estão comprometidos, estão vendo uma oportunidade boa. Para você ter uma equipe que ganha, tem que ter um bom vestiário, um bom relacionamento de treinador com os jogadores, e também com a diretoria. Não dá para estar bem no campo e mal no vestiário – explicou Aguirre, no “Bem, Amigos!” desta segunda-feira, que completou:

– O time foi pegando confiança. Você está em um time grande, com a camisa pesada, os jogadores estavam querendo sair daquela situação… Fomos conseguindo as vitórias, eles foram acreditando… Estamos no caminho de alguma coisa boa, mas ainda não tem nada definido.

Diego Aguirre comemora gol de empate do São Paulo contra o Fluminense (Foto: Marcos Ribolli)

Diego Aguirre comemora gol de empate do São Paulo contra o Fluminense (Foto: Marcos Ribolli)

O São Paulo lidera o Brasileirão com 46 pontos, três a mais que o Internacional. É o melhor visitante da competição e ainda não perdeu nenhum jogo como mandante. Para o comentarista Muricy Ramalho, tricampeão brasileiro com o Tricolor de 2006 a 2008, Aguirre é o responsável por isso:

– Os times que vem jogar no Morumbi têm um respeito que antes não tinham, tem um pouco de dificuldade porque os adversários vêm fechados. Até pouco tempo atrás os adversário vinham para ganhar do São Paulo, agora não – opinou Muricy.

Caio Ribeiro acrescentou:

– O Aguirre conseguiu recuperar a raça do time. O São Paulo era um time que não tinha confiança, que perdia jogos e muitas vezes mostrava apatia, não tinha poder de reação – explicou o ex-jogador, hoje comentarista.

Um comentário em “Aguirre destaca confiança e união no São Paulo: “jogadores comprometidos”

  1. Aguirre mostrou ser inteligente, estudioso e de ótimo caráter.
    Surpreendente a recuperação do SPFC com o start iniciado justamente com o uruguaio Aguirre.
    Intensidade na marcação sem a necessidade de ter posse de bola , porém sabendo o que fazer quando está com a bola, partindo sempre em direção ao gol sem ficar cozinhando o galo, objetividade e rapidez no ataque.
    Será o primeiro técnico estrangeiro campeão do Brasileirão.
    Vamos SPFC !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*