Aguirre admite atuação ruim e diz: “jogando assim vai ser difícil”

Diego Aguirre admitiu após o empate em casa com o América-MG que o São Paulo vive um “momento de preocupação”. A equipe lidera o Brasileirão com dois pontos a mais que o Internacional – que visita o Corinthians neste domingo, em Itaquera, e pode pular à frente -, mas faz um segundo turno muito irregular: somou dez pontos em 21 possíveis.

– Obviamente vejo com preocupação, porque se nós temos um objetivo importante, jogando como hoje será difícil. Temos que rapidamente recuperar o nível e voltar às vitórias. Tem muito pela frente, mas temos que jogar melhor, como fizemos em outras oportunidades – disse o treinador uruguaio.

O São Paulo ainda não marcou mais do que um gol em uma partida no returno do Brasileirão. Neste sábado, abriu o placar com Diego Souza no fim do primeiro tempo e teve algumas chances para fazer 2 a 0 no América-MG, mas não aproveitou e foi castigado com o empate aos 35 minutos do segundo tempo.

Aguirre colocou Régis e Tréllez nas vagas de Everton Felipe e Liziero pouco depois do intervalo, provavelmente com o objetivo de deixar a equipe mais aguda para aproveitar os espaços que surgiriam pela necessidade que o adversário teria de atacar. Não deu certo.

– O time não funcionou, não foram as substituições que não funcionaram. Senão as análises ficam muito limitadas aos jogadores que entraram. Hoje não fizemos um bom jogo, o time não funcionou como deveria, não teve a agressividade que costuma ter, não soube fazer outro gol que nos daria tranquilidade. O América encontrou uma bola, empatou o jogo – disse Aguirre.

– Houve jogos bons, como no que fomos a Belo Horizonte e perdemos (1 a 0 para o Atlético-MG), mas os resultados é que marcam a realidade. Estamos em um momento de dificuldade. Logicamente é um momento de preocupação. Temos que pensar em ganhar o próximo jogo – concluiu.

O São Paulo agora vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo, às 16h do próximo domingo, dia 30. Depois, recebe o Palmeiras e visita o Internacional, justamente seus perseguidores mais próximos.

Veja mais trechos da coletiva de Aguirre:

Por que o time não faz gols?
Podem ser algumas ausências, o time esteve um pouco desentrosado, não funcionamos como poderíamos. E também pelos rivais, que se fecham, não dão chances ao nosso ataque. Mas eu não divido o time ofensiva e defensivamente. Somos um time. Se hoje não fizemos outro gol a culpa não foi dos atacantes, mas de todos.

Rodrigo Caio titular após cinco meses fora

A volta de Rodrigo Caio é um reforço importante que ganhamos, jogador de nível de Seleção que hoje voltou a jogar depois de muitos meses. Pensamos que era a melhor opção e ele fez um bom jogo.

O sentimento do treinador após as vaias da torcida

É o mesmo. Os jogadores também se sentiram frustrados. Quando as coisas não vão bem todos no São Paulo ficam frustrados. Temos que trabalhar, ganhar o próximo jogo e fazer voltar a alegria. São coisas que lamentavelmente acontecem. Hoje não fizemos um bom jogo e todo mundo ficou com uma sensação de tristeza.

Jogos contra Palmeiras e Inter chegando

Eu tento não pensar muito na sequência, trato de focar no próximo jogo, mas os jogos são cada vez mais decisivos. O tempo vai acabando, cada vez tem menos rodadas pela frente e tem jogos que são importantíssimos, mas o mais importante é o próximo. Não se pode pensar em Inter, Palmeiras ou ninguém que vem depois. Temos que pensar no próximo e no que temos que melhorar, em voltar a mostrar nosso potencial no campo.

14 comentários em “Aguirre admite atuação ruim e diz: “jogando assim vai ser difícil”

  1. No sábado o Aguirre foi muito mal realmente,primeiro que só temos um time ,os reservas não mantem o nivel dos titulares,outra o time conseguiu o gol apesar dos desfalques dos 2 ponteiros(Everton e Rojas)era só manter os 3 volantes com o Liziero indo mais a frente e fatalmente venceriamos,mais agora já foi,espero que tenha aprendido que esse time não tem força para golear nem memo os lanternas do campeonato.
    Tem que jogar com inteligencia,determinação e precisão pois do contrario não temos chances de título.

  2. Realmente também não entendi qual é a do Aguirre.
    Quando não se tem no elenco um jogador à disposição para determinada posição, tudo bem, improvisa-se algum com algum cacoete para a função.
    Ontem tinha o Regis que vinha entrando e jogando bem para iniciar a partida e o que aconteceu? O Sr. Aguirre inventou de entrar com o Rodrigo Caio na lateral. Até que, se fosse com ideia de um 3x5x2, poder-se-ia entender. Agora, numa linha de 4 zagueiros, já que o Reinaldo continuou lateral e não ala, jamais poderia ter aberto mão de entrar com o Regis.
    É por isso que me parece ser o Aguirre adepto da “turma”: pertence a ela, td bem, várias oportunidade e carinho nos erros; não pertence, nem mesmo nas necessidades!!!

  3. MINHA AVÓ MANDA UM CONSELHO PARA O AGUIRRE,TRELLES SÓ JOGA QUANDO ESTIVER OS DOIS PONTAS,CASO CONTRÁRIO É JUMENTICE,NÁO PODE SER ESCALADO,AMÉM !!!RIDÍCULO ESTE FUTEBOL APRESENTADO,COM UMA SEMANA CHEIA PARA ARRUMAR PELO MENOS FÔLEGO,MAS COM ESTA RETRANCA MEDÍOCRE AINDA LEVA UM GOL DO AMÉRICA,VAI SER RETRANQUEIRO LÁ NO URUGUAI !!!!

  4. “jogando assim vai ser difícil”, armando o time assim é diicil ganhar, Sr. Aguirre!!!
    Inventa moda pra colocar o Rodrigo Caio, porque não arma o time como antes, imbecil?
    Responsável direto por essa caída do time.
    E o sr. Nenê, muita displicência , se acha o craque mas está devendo, poderia tee matado o jogo mas quer fazer gol de videogame!!!

    • O RCaio jogou bem, nao perdeu nenhuma disputa, não errou passes.

      O pecado dele foi na alteração… pq colocou o Tréllez? Liziero vinha bem apoiando o Reinaldo. Na hora que tomamos o gol claramente o Trellez perdidaço parando de acompanhar o lateral, que deveria estar sendo marcado pelo Regis que não sei onde estava…

      • Não estou criticando o Rodrigo Caio, estou criticando a armação do Aguirre ao escalá-lo como lateral deixando o dá posição no banco.
        Depois ele inventa moda e coloca o Régis de ponta, tira o Everton Felipe e o Liziero matando o lado esquerdo, foi uma lambança total do uruguaio.
        Um ponto a ser observado, o Anderson Martins falha todo jogo, ele com Sidão são os pontos fracos do time, mas o técnico vai morrer abraçado com os dois, infelizmente!

  5. Aguirre foi o grande responsável pela decepção de hoje. Tínhamos a vitória nas mãos até ele realizar as substituições.

    Liziero, Reinaldo, Jucilei, Hudson e Rodrigo Caio formavam um paredão intransponível para o adversário. A bola chegava ao meio campo e voltava. Daí, Aguirre resolveu inventar, colocou Trellez, com a saída de Liziero.

    Mexeu no que estava dando certo e assim perdemos o controle total do meio campo. Com a entrada de atacantes, eles começaram a aparecer no jogo, e numa falha do Anderson Martins empataram.

    • Concordo. A entrada do Tréllez desequilibrou o time. Foi querer ser ofensivo deu merda.

      Precisa acreditar no conceito que ele mesmo implementou. O jogo era nosso, e a defesa é muito sólida. Poderíamos sofrer e ainda assim sair com a vitoria.

  6. Aguirre fico pensando que merda vc esta fazendo 1 semana inteira pra treinar e vem esse time jogar esse futebolzinho pequeno, nao renovaria com Aguirre deixa ele treinar a seleção do Uruguai.

    • Calma jovem..tds os times tem altos e baixos..a três jogos Aguirre era ideal, agora não serve??estamos no caminho pra algo bom..só ter calma..antes brigavamos pra não cair..

      • Discordo, Cesar. Não é hora de caça às bruxas, mas um puxão de orelhas o Aguirre merece. É o segundo jogo consecutivo que o time sofre porque ele quis inventar. Padecemos em 2014 e no ano passado, porém estas são as exceções. A praxe no tricolor sempre será brigar para ser campeão.

        • O time sentiu os desfalques…
          Criticar o Aguirre? Vcs estão loucos! O cara montou um time competitivo com um elenco médio pra baixo… se ele tivesse elenco nao precisaria improvisar. Estávamos sem o Rojas e sem o Éverton… só isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*