Agente diz que Montillo sairá apenas por salário muito elevado

Os interessados em Montillo buscam alternativas para conseguir a liberação do meia-atacante junto ao Cruzeiro. As ofertas, por enquanto, não agradaram à diretoria. Por isso, o empresário do atleta, Sergio Irigoitia, ainda não conversou com as cúpulas que sonham em tê-lo na próxima temporada. Contudo, o agente avisou que, para ocorrer a saída do argentino da Toca da Raposa 2, alguns fatores podem influenciar: a disputa da Libertadores e uma proposta salarial muito grande.

Em visita ao centro de treinamentos cruzeirense, o procurador teve uma conversa informal com os membros da imprensa e explicou que “o acréscimo de apenas R$ 30 mil mensais” não seria interessante para o jogador deixar o clube azul, uma vez que ele é ídolo e está ambientado em Belo Horizonte. Portanto, quem sonha em contar com o camisa 10 precisa desembolsar valores consideráveis. Os vencimentos do atleta atingem R$ 300 mil. A partir de janeiro, esse valor sofrerá um reajuste e mudará para R$ 400 mil.

Por outro lado, a disputa da Copa Libertadores é um fator interessante para que o atleta deixe a Toca da Raposa. O São Paulo, principal interessado em contar com o seu futebol, disputará a competição em 2013 e Montillo inclusive é a prioridade do clube para o torneio. O Grêmio, que anunciou a sua desistência na contratação do craque nesta quinta-feira, é outro clube que poderia utilizar este aspecto como um trunfo.

Apesar de os clubes sonharem com o argentino, um fator pode pesar em sua permanência na capital mineira. O presidente Gilvan de Pinho Tavares já ratificou o seu desejo em segurar o craque na Toca da Raposa 2. Desta forma, Irigoitia acredita que a objeção do mandatário pode ser crucial na manutenção do apoiador.

A novela Montillo ganha novos capítulos a cada dia. Será que, em janeiro de 2013, ele ainda estará em Belo Horizonte? A torcida cruzeirense espera que a permanência seja confirmada.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*