Agente diz que dinheiro e burocracia impedem ida de Caraglio ao São Paulo

Milton Caraglio, do Tijuana, do México, não será jogador do São Paulo, segundo o agente do jogador, Cristian Le Bihan. O empresário disse que questões burocráticas envolvendo o regulamento do campeonato mexicano e uma cláusula de saída do contrato do próprio jogador impedem a transferência. Apesar disso, ele não fechou a porta para uma nova conversa em dezembro.

– O São Paulo fez uma proposta concreta, que, por questões regulamentares, não se pôde concretizar. Desde já agradecemos o interesse do São Paulo e especialmente ao senhor Gustavo Oliveira (diretor executivo do Tricolor), que sempre foi claro e prestativo – afirmou o empresário.

De acordo com o regulamento da liga mexicana, os clubes só podem registrar jogadores até o dia 1º de julho, com exceção de atletas contratados do exterior. Segundo o empresário, o Tijuana teria dificuldades para repor a eventual saída do argentino, que participou da partida de estreia da liga local na última sexta-feira. Por isso, não levou adiante as negociações com o Tricolor. Milton Caraglio foi pedido pelo técnico Edgardo Bauza.

Além da parte burocrática, o fator financeiro também foi empecilho. O jogador teria de pagar uma alta multa rescisória para sair agora, segundo o agente, que não quis confirmar o valor:

– Por isso, a negociação agora é inviável. Quem sabe em dezembro…

No mercado atrás de reforços, o Tricolor corre para satisfazer os pedidos de Bauza. O clube praticamente definiu a contratação do zagueiro Douglas, ex-Dinipro, da Ucrânia. Ele estava livre após rescindir contrato por falta de pagamento de salários e fará exames médicos nesta terça-feira. O jogador esteve no CT da Barra Funda nesta segunda-feira. O lateral-direito Buffarini, do San Lorenzo, ficou mais distante, segundo o Tricolor.

 

Fonte: Globo Esporte

5 comentários em “Agente diz que dinheiro e burocracia impedem ida de Caraglio ao São Paulo

  1. O SP deveria tentar trazer de volta o Joanderson, emprestado e não utilizado no Cruzeiro, e dar chances ao menino de mostrar que sabe fazer gols. Ele fez muitos na base; de-repente é uma solução!!!

  2. Na verdade, sinto-me mais tranquilo por não dar certo esta negociação… vendo os números desse jogador, podemos concluir que ele não é nada de extraordinário… poucos gols e muitos times que já defendeu… assim presumindo que ele ou não se adapta bem aos times, ou, os times não se interessam muito pelo jogador, no período que joga pelo mesmo. Além de ser um jogador de um sobrenome que causa muitos problemas… quem assistiu ao programa da ESPN com Antero Greco e o amigão, vou que os dois mal conseguiram apresentar o programa de tantas piadas e risadas que deram… neste momento turbulento do São Paulo, precisamos de jogadores que venham e resolvam, e não de jogadoresmedianos medianos, de futebol duvidoso e que ainda podem nos render muitas piadas e humilhações alheias….. esta seria a cereja do bolo para uma diretoria que parece querer afundar o nosso São Paulo…. seria uma humilhação final

  3. Discordo Paulo, precisava de pelo menos 1 atacante de mais peso. Se ainda tivéssemos Kardeck ou Rogério, ok, mas só sobrou tranqueira nesse setor. Vai me surpreender muito se Ytalo e Centurión conseguirem dar conta do recado.

  4. Ótimo: vamos desenvolver e melhorar o que temos no plantel. Melhorar seria, por exemplo, conseguir trocar o Wesley com outro qualquer que, pelo menos, corresse mais e tivesse mais interesse; orientar o Centurion para dar continuidade às suas jogadas (arranque forte nos contra-ataques); preparar o Denis pras saídas do gol; melhorar as finalizações dos atacantes; enfim, tem muito para fazer, e o time pode ser muito melhor, mesmo sem contratações importantes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.