Abílio Diniz declara apoio a Pimenta, candidato da oposição do São Paulo

O empresário Abílio Diniz declarou apoio a José Eduardo Mesquita Pimenta, candidato da oposição à presidência do São Paulo. O nome foi confirmado na última quinta-feira. Ao lado deles na imagem está José Roberto Ópice Blum, presidente da comissão de ética do clube e cotado anteriormente. Pimenta concorrerá com Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, atual presidente, e Roberto Natel, ex-vice-presidente. Quem vencer a eleição em abril será presidente até dezembro de 2020.

– Por um São Paulo unido e vencedor – escreveu Abílio, no Twitter.

Antes da confirmação do nome escolhido pela oposição, José Roberto Ópice Blum havia sido declarado pelo próprio Pimenta como candidato. Ao GloboEsporte.com, ele riu e disse que não sabia de nada.

Pimenta foi presidente do clube entre 1990 e 94, época em que o time de futebol reinou nacional e internacionalmente sob comando de Telê Santana, Raí, Zetti, Muller, entre outros craques.

Consagrado pelos títulos, Pimenta enfrentou um processo que abalou sua imagem logo depois de deixar o cargo. Quando era Secretário Municipal de Esportes do então prefeito Paulo Maluf, o cartola foi acusado de pedir comissão numa transferência do ex-atacante Mário Tilico para o Logroñes, da Espanha, que acabou não se concretizando.

Uma fita gravada pelo empresário Francisco Monteiro, o Todé, foi apresentada, e acarretou em sua expulsão do Conselho Deliberativo. Pouco mais de dois anos depois, entretanto, Pimenta apresentou laudo de um laboratório da Unicamp (Universidade de Campinas). O documento apontou manipulação do conteúdo original dos diálogos gravados. E Pimenta voltou ao clube.

Nas redes sociais, a oposição do São Paulo se movimenta em campanha por Pimenta, inclusive Alexandre Bourgeois, CEO demitido do clube duas vezes em 2015. Primeiro por Carlos Miguel Aidar, que renunciou em seguida, e depois por Leco, eleito para completar o mandato. Isso já indicava a presença de Abílio na oposição, pois Bourgeois é braço-direito do empresário em sua tentativa de ter maior influência na administração de seu time do coração.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Abílio Diniz declara apoio a Pimenta, candidato da oposição do São Paulo

  1. Ótimo, passou da hora dessa ala deixar o comando do clube. Estão no comando desde 2002, quando Marcelo Portugal Gouveia entrou, embora o clube tenha conquistado três brasileiros, uma libertadores e um mundial neste período, o saldo é negativo em 15 anos de administração desta ala.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*