A um passo do gol 3000º, no Morumbi!

Quando a bola rolar na noite da próxima quinta-feira (17) para o duelo entre São Paulo e Chapecoense, às 19h30 (de Brasília), estarão em jogo três pontos do Campeonato Brasileiro e uma expressiva marca do Tricolor. Com 2999 gols marcados no Morumbi, o Tricolor poderá atingir o seu gol de número 3000 diante da torcida são-paulina, que iniciou esta contagem no dia 2 de outubro de 1960, na inauguração do Estádio Cícero Pompeu de Toledo.

O primeiro gol da história do Morumbi nasceu no 12º minuto, e foi assim narrado pela Gazeta Esportiva Ilustrada, daquela quinzena de outubro de 1960: “partindo a ação no flanco esquerdo, com Canhoteiro e Gino. Deste a bola rolou para Fernando Sátyro, isolado nas proximidades da área. O médio preferiu não cerrar, largando passe largo para a direita onde se achava deslocado Jonas, que executou um centro a meia altura. A bola foi encontrar Peixinho na pequena área envolvido por vários adversários. Enquanto estes ficavam na expectativa, o “filho de Peixe” testou baixo para as redes de Anibal”.

O tento de Peixinho, que garantiu a vitória do Tricolor sobre o Sporting Clube de Portugal, coroou a inauguração do estádio após oito anos de construção. De lá para cá, o time balançou as redes mais 2998 vezes para garantir a alegria do torcedor e mostrar a sua força atuando em seus domínios. Após Peixinho dar o pontapé inicial, Prado anotou o centésimo tento da equipe no Morumbi cinco anos depois, no dia 7 de novembro de 1965, na goleada sobre o Noroeste por 8 a 0.

E o Noroeste, curiosamente, também foi a vítima do gol de número 500. No dia 22 de fevereiro de 1976, Nelson registrou a marca na vitória são-paulina por 2 a 0. O milésimo saiu dos pés de Sídnei, diante do Fluminense, no triunfo dos paulistas por 2 a 1 no dia 24 de fevereiro de 1985. Um clássico também fez parte das marcas do Tricolor: contra o Palmeiras (2 x 1), no dia 27 de fevereiro de 1994, André Luiz estufou as redes para registrar o 1500º gol do São Paulo no Morumbi!

Até gol contra entrou para a estatística! O gol 2000 dos anfitriões, marcado em 2001, foi contra de Moura, do Vitória, na derrota dos baianos por 3 x 0. Por fim, coube ao zagueiro Miranda – hoje na Inter de Milão, da Itália – anotar a última ‘marca redonda’ do São Paulo em seus domínios. No triunfo sobre o Grêmio pela Libertadores da América de 2007, o defensor anotou o gol solitário da partida e fez a torcida festejar o 2500º gol do Tricolor no Cícero Pompeu de Toledo!

No atual elenco, que terá a missão de bater os catarinenses, acirrar a briga pela ponta da tabela e consequentemente garantir que os torcedores possam comemorar o 3000º gol no Morumbi, 15 jogadores já ajudaram ‘nesta conta’ com 256 gols. O atacante Luis Fabiano foi o responsável pela maioria: o Fabuloso balançou as redes 120 vezes, seguido por Rogério Ceni (73) e Alexandre Pato (18). A lista ainda conta com os tentos de Michel Bastos, Paulo Henrique Ganso, Alan Kardec, Edson Silva, Rodrigo Caio, Reinaldo, Hudson, Centurión, Breno, Lucão, Wilder e Rogério.

O último gol, que deixou a marca próxima dos 3000, foi anotado na vitória sobre o Internacional por 2 a 0 no dia 5 de agosto. Aos 26 minutos do segundo tempo, o Maestro foi decisivo no lance. Michel Bastos iniciou a jogada, encontrou Wilder do lado direito, e o colombiano rolou para Ganso no meio da área. O camisa 10, com categoria, só ajeitou para o mesmo Michel Bastos, que chutou no canto direito de Muriel. O goleiro do Inter ainda tocou na bola, mas não evitou o segundo gol do jogo, o 2999º na história do clube em casa! Vale lembrar que no geral, o clube já anotou 9989 gols em sua vitoriosa história!

E aí, torcedor são-paulino, quem marcará o gol de número 3000 do Tricolor, no Morumbi?

 

Fonte: Site oficial

2 comentários em “A um passo do gol 3000º, no Morumbi!

  1. Para mim… poderia ser de Rogério Ceni ou de Luis Fabiano. Por mais que não esteja jogando o ápice que já jogou, e que esteja sendo muito cobrado pela torcida o Luis já ajudou muito o Tricolor, e merece uma marca como essa para firmar ainda mais o seu nome na História do nosso Clube!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*