Mais uma derrota igual as outras

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo perdeu do Corinthians, de novo, em Itaquera. Mas eu pergunto: em que essa derrota foi diferente das outras? E quando pergunto das outras me refiro ao próprio Corinthians e ao Bahia, nesta última quarta-feira?

O São Paulo domina o jogo, tem maior posse de bola, mas não consegue furar o bloqueio adversário. Pior do que isso: não chuta no gol, ainda que a meia distância.

Cuca está errando, no meu modo de ver, no desenho tático do time. Antony ia bem quando jogava aberto, buscando o confronto com o lateral e partindo para dentro da área pelo lado do campo. Hoje ele joga centralizado e o lado direito fica por conta de Igor Vinicius. Meu Deus!

Do lado esquerdo Everton também joga pelo meio e o lado fica por conta de Reinaldo. Meu Deus!

Para completar, esse monte de gente embolada só facilita a marcação de quem está fechado, porque fica um mar de pernas no mesmo lugar e ninguém chega a lugar nenhum.

Neste domingo ficou muito clara essa situação. Hudson e Tchê Tchê vinham com a bola, trocavam passes de meio metro entre eles, Reinaldo se apresentava ao lado dos dois. Aí tinha uma linha de marcação do Corinthians, com quatro ou cinco jogadores. Atrás desta linha estavam Pato, Antony, Everton, Vitor Bueno. A bola não chegava neles. Quando Hernanes entrou, ele também passou a ficar atrás da linha de marcação do Corinthians. Ou seja: nosso meio e nosso ataque ficavam encaixotados entre a marcação de meio de campo e a defesa do Corinthians.

Isso foi assim contra o Bahia. Vai ser assim, de novo, na quarta-feira e tantas vezes quanto o adversário jogar fechado como fizeram Bahia e Corinthians.

Portanto o resultado foi absolutamente justo. O São Paulo não fez nada, absolutamente nada que pudesse nos fazer acreditar que uma injustiça havia acontecido no marcador. O juiz, por sua vez, tentou aprontar, mas foi impedido pelo VAR. Então nem da arbitragem podemos reclamar, a não ser que queiramos achar pelo em ovo, falar que ele travou muito o jogo, demorou para autorizar até batidas de lateral, coisas que a meu ver não mudaram o andamento da partida. O São Paulo caiu de novo na armadilha do Corinthians, que joga por uma bola e depois cozinha o jogo.

E é fato que será mais uma segunda-feira onde aqueles senhores que dirigem o São Paulo continuarão fechados em suas salas com ar condicionado enquanto nós, pobres mortais, teremos que enfrentar as ruas e nosso trabalho, onde há corinthianos, palmeirenses e santistas. E a bola da vez seremos nós de novo. Oh sina!

18 comentários em “Mais uma derrota igual as outras

  1. Mancini iniciou exatamente o quê? Ganhamos do ITUANO e empatamos duas vezes com o palmeiras.

    Ficam fantasiando coisas e esquecem a realidade.

  2. Boa noite tricolores,
    Hoje passei o dia inteiro, enquanto labutava no meu trabalho, remoendo a atual situação do São Paulo, que já não é tão atual assim uma vez que perdura há 10 anos, e após ler o comentário do amigo Paulo RP, cheguei a um pensamento com um pouco de base científica e um pouco de especulação própria, na psicologia existe o termo sintalidade que define a característica ou personalidade de um grupo e no caso do São Paulo, reflete a personalidade de seus comandantes, presidente, diretores, treinadores e líderes dentro de campo, não vou aqui me estender sobre as características de cada um mas comparem vocês os times campeões, como eram, quem eram esses comandantes e como são os comandantes nessa década perdida, o grupo dentro de campo reflete a personalidade e ambições desses caras e, muitas vezes um único cidadão pode gerar essa influência positiva ou negativa, pensem no Tele Santana, ou no Murici será que esses treinadores deixavam-se influenciar ou influenciavam, se o Marcelo Portugal influenciava positiva ou negativamente, se a presença do Lugano e do Rogério Ceni pesava de que forma no grupo, hoje somos um grupo fraco, não técnica nem física mas mentalmente, entramos em campo derrotados pelos nossos medos, e se algo tiver que dar errado vai dar, as disputas de bola serão perdidas, nada vai dar certo porque antes que as coisas aconteçam elas são criadas na mente e na nossa mente só vem a derrota, lembrem-se já estivemos do outro lado, nós rimos muito quando a cada jogo era uma vitória e um técnico demitido pelos Curicas, nessa época eles entravam derrotados, portanto penso que é necessário encontrar pessoas positivas e mentalmente forte para gerir essa crise sem fim. Desculpem-me pelo texto longo.

  3. Não está dando mais pra entender nada do que se passa no, e com o S.Paulo.
    O Rai e o Leco não estão no S.Paulo (o Rai pelo menos) há 11 anos.
    Têm gastado os tubos (nada sei quanto a desvios e malfeitos) em contratações de jogadores em sua grande maioria aprovados pelos torcedores. Tá certo que estão pagando muito mais do que valem, tecnicamente, essas contratações, mas estão lá: Hernanes (o queridinho de todos); o Pato; o Éverton; o Tchê Tchê; o Vitor Bueno (esses últimos pedidos pelo Cuca); o Pablo (o mais caro da nossa história); o Jucilei (o leão que carregou o curintia); e tantos outros grandes nomes e salários estratosféricos que foram negociados ou que estão abrigados em outros clubes, muitos deles com salários pagos pelo tricolor.
    Temos o Cuca, pedido de deis entre deis tricolores, sem dúvida um dos melhores profissionais atuando no Brasil.
    Parece que os salários estão sendo pagos em dia.
    O time tem corrido (ontem perdeu todas as divididas); se esforçado; ficado com a bola; mas não tem feito gols.
    A meu ver o Cuca tem errado na escolha de como o time deve jogar, mas ele é o treinador e já ganhou tudo no esporte, motivo que dá esperança para continuar apostando nele.
    Agora: se diretoria contrata aquilo que parece agradar a todos; se o treinador é top entre os profissionais; se os salários estão em dia; a estrutura do clube é top; então o que está acontecendo a tando tempo?
    Essa resposta vale um bilhão de reais.
    Sou meio cético, mas não posso deixar de pensar sobre o imponderável.
    No primeiro turno do brasileirão passado, comentei várias vezes aqui que o imponderável, finalmente, tinha virado a nosso favor; afinal era apenas ele a justificar um time de jogadores medianos fazendo uma grande campanha que fizeram.
    A partir dali, as coisas parecem terem voltado à normalidade:
    o árbitro se tiver que errar, erra contra nós;
    zagueiro chuta a bola nas pernas de seu companheiro e a bola sobra limpa para o adversário empurrar para o gol;
    chutes de fora da área desviam em nossos zagueiros e matam nosso goleiro;
    goleiros adversários teimam em fazer “partidas da vida” em jogos contra nós;
    Nossos atletas, se tiram do goleiro, encontram a trave ou a bola passa “lambendo”;
    quantos chutes de nossos atacantes são desviados para dentro do gol adversário?
    Quando algum goleiro resolve “entregar” jogando contra a gente (não vale citar os nossos, que entregam sempre)?
    Sei lá . . .
    O que sei é que não sei e nem consigo, sequer, imaginar o que poderia ser.
    Muitos aqui têm certeza que a culpa é da diretoria e culpam (até hoje) o tal “cachaceiro”, que nem neste mundo mais está. Isto que o “cachaceiro” ganhou tudo pelo S.Paulo.
    Não sei se os que parecem crer que a direção é culpada pelos resultados ruins em campo creem mesmo ou se são apenas interesses políticos. O que sei é que: saindo esta diretoria quem seria a nova que nos desse certeza de sucesso? Afinal, pelo que me lembro das últimas candidaturas, tem pouca chance de melhora (não vou atrás de nomes mas parece que, inclusive, um dos candidatos derrotado em alguma das últimas eleições teve seu nome envolvido em maracutaias das quais não fiquei sabendo o resultado final porque deve estar correndo no tal segredo de justiça). O universo de quem vota e pode ser votado no clube é coisa fechada e não tem a mínima chance de se mudar isto porque há uma certa proteção ao status quo já que interessa a todos eles (situação e oposição mamam nas mesmas tetas e podem ficar se alternando nelas pra sempre).
    Então resta olhar para o treinador de plantão e esperar que ele, assim como fez o Tele Santana, dê um jeito de montar uma equipe vencedora e que possa jogar um futebol de melhor qualidade para que nos orgulhemos e deixemos de ser o saco de pancadas que nos tornamos nos últimos muitos anos…

  4. Algo esta errado e está muito bem escondido pela diretoria.
    Não é normal, perder do Bahia, não é normal ter um time tão apatico.
    O problema não é treinador, há frutas podres nesse time, não sei se estão no time ou na administração ou nos dois, mas há um problema.
    Seremos eleimidados da libetadores e lutaremos para não cair.

    #ForaLeco
    #SPnãoéVasco

  5. Paulo, acho que nem cabe mais discutirmos o time dentro de campo. O Cuca está vindo com uma filosofia de posse de bola que vai levar no mínimo até agosto para que comece a dar entrosamento. Jogadores precisam de muito treino e muito jogo em campo para que este tipo de esquema funcione, então, vamos esquecer o campo por 1 minuto.
    O que eu quero saber é até quando o SPFC vai tolerar o Leco de presidente, só isto. Já se mostrou mais do que incapaz de seguir. O melhor caminho é ele pedir a renúncia ou os sócios exigirem a renúncia e nova eleições serem convocadas. Não dá mais. O cara não tem o menor preparo. Onde estava o Raí ontem? Na França. Raí já fez a vida, já fez a carreira, pra ele é uma diversão ficar como está. Não dá mais para ter o Leco de presidente e faz tempo, mas estamos chegando no nível do inaceitável.

  6. Paulo às vezes sinto dó de vc. Tem passar raiva assistindo o jogo e depois, ainda tem que fazer o editorial….
    Acha paciência e humor….
    Fora a zoação no dia seguinte.
    Mais um jogo q não fiz questão de assistir. Resolvi comer um lanche com meus filhos.
    Enquanto o time não tiver tezao em jogar ficaremos nisso.

  7. Hudson vinha bem na lateral direita, mas Cuca parece que não quer vê-lo mais naquela posição. Tchê-Tchê está bem como volante, mas quando ficamos sem Luan e sem Liziero como ontem o meio campo afunda.
    Se Hernanes só tem fôlego para um tempo que jogue o primeiro. O Profeta ainda mostra qualidade superior a todos os demais jogadores do time. Deixar o time ficar atrás no placar para então colocar Hernanes em campo é maldade com o “velhinho”.
    Everton faz bem a função de quarto homem do meio, ajudando na marcação mas, como não temos saída rápida de bola, fica perdido quando o time ataca. Pato se esforça, mas depende de receber bolas próximo à área adversária para poder jogar. Antony precisa de espaço – Cuca poderia testá-lo jogando aberto PELA ESQUERDA, já que o garoto é canhoto.
    Apesar de tudo dá para ver coisas positivas no time. O goleiro vem ganhando confiança, o miolo de zaga tem atuado bem e temos reservas à altura, Reinaldo tem feito jogos razoáveis. Nossa defesa sofre poucos gols – o de ontem mesmo foi um lance de “azar” ao desviar na zaga.
    Se mantivermos a média de menos 0,5 gol sofrido por partida lutaremos pelo G4.
    Temos no banco Nenê que jogando um tempo em sua posição pode render bem, mas a diretoria precisa reforçar nosso elenco com um meia para ser titular.
    Não devemos sacrificar o CUCA. Vamos deixá-lo trabalhar e continuar a armar o time. Em 6 jogos tomamos apenas 2 gols. A continuidade do trabalho irá levar ao acerto do meio e do ataque.

  8. Nenhum dos times jogou futebol… SP péssimo…

    Mas, de novo teve um pênalti não marcado, a bola correu inteira no braço do Love… se fosse no meio campo o juiz daria falta? Com certeza absoluta…. se fosse a favor do time da casa? Com certeza absoluta…

    Continua faltando um capitão atuante que brigue com o juiz e force ele a ver o VAR. Time que não fala, não ganha nada.

    A diretoria não aparece pra reclamar? Tá foda isso… quantas derrotas seguidas contra eles por causa da arbitragem????

  9. Boa noite tricolores,
    Não tenho mais nenhum argumento, nenhuma palavra que possa exprimir meu sentimento hoje, é claro que eu já esperava por essa derrota, mas é desesperador ver esse time em campo, time sem alma, sem capacidade de reação, sem vergonha de jogar tão mal assim, precisamos urgente de um líder que dê uma chacoalhada nessa turma, que falta faz um Chicão Lugano, Gerson, Sérginho Chulapa , Dario Pereira, Dinho, Pintado, Rogério Ceni e treinadores como Mineli, Tele, Murici, Carlos Alberto Silva, precisamos resgatar a nossa identidade urgente, na quarta feira seremos desclassificados, e vai ficar por isso mesmo, seremos mais uma vez zoados e nada vai mudar, ou o Cuca conserta a coisa ou abandona o barco porque ele conseguiu piorar o que o Mancini iniciou.

  10. Raí, chegou a hora de você exercer sua autoridade no soberano. Mostre para os jogadores em que clube eles estão jogado , feche o grupo ,não der fogar para ninguém deixe todo mundo concentrado no CT do soberano ate o jogo de quarta feira .

    não deixe os jogadores dar entrevista ,apenas o MESTRE CUCA fala.

    chegou a hora desse grupo de jogadores entender que não joga em qualquer clube

    obrigação a classificação quarta feira e 19 pontos ou mais ate a parada da copa america

    ESSE ANO TEM TITULO

    • Soh se for título do feminino,
      dos garotos de Cotia ou até do Basquete.
      Desse bando de VAGABUNDOS, MORTOS, SONOLENTOS, FROUXOS E PREGUIÇOSOS, não sai nada.
      O clube está com a doença do amarelão, time FROUXO, EMPORCALHAM A HISTÓRIA DO CLUBE JUNTO COM ESSES VERMES DA DIRETORIA E CONSELHO!!!

  11. Está rolando uma foto nas mídias sociais do Raí em Roland Garros, torneio de tênis em Paris. Procede esta informação? Se isto for verdade realmente é o fim

    • Sim, Kleber. A foto é real. O Raí tinha um compromisso agendado há meses pela sua empresa “Fundação Gol de Letra”. O clássico estava marcado para sábado. Ele estaria no jogo e depois iria para a França. Com a mudança do clássico, ele teve que atender o compromisso de sua empresa, além de participar de um encontro com dirigentes de clubes da Europa. Ele vai representando o São Paulo. Essa foi a explicação que recebi.

  12. Precisa de homens nesse clube, acho que de tanto zoarem, esses FDPs adotaram ser bambis!!!

    Vão todos pra PQP, já deu, SPFC morreu e esqueceram de enterrar.
    Seus assassinos: Juvenal Cachaça, VAidar, Lecú e principalmente esse bando de conselheiros FDPs que votaram e apoiaram essa corja, vcs são todos uns LIXOS que vão morrer e ir pro inferno junto com o Juvenal safado, bando de merdas!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.