Tricolornaweb e o uso político do site

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, é inacreditável, mas faltando 21 meses para a eleição (sim, será em novembro de 2020), o inferno tomou conta do clube. Os grupos políticos alvoroçados, as acusações de lado a lado tomaram tom mais elevado, o desespero por conseguir uma boquinha, seja quem for o presidente atual ou futuro, está fazendo com que o clima político fique insustentável. Só faz bem para quem participa diretamente dele, pois está infectado pela mosca.

Às vezes sei que pareço repetitivo – e sei que sou -, mas é necessário sempre deixar claro nossa posição. Com a certeza de que voltaremos ao tema mais algumas vezes até a eleição: o Tricolornaweb não tem lado, não é vermelho nem amarelo, não é situação nem oposição. O Tricolornaweb tem três cores: vermelho, branco e preto. Nunca tomamos partido em uma eleição nem tomaremos na futura. Se queremos participar do gripo #ForaLeco não quer dizer que estamos abraçados com a oposição.

Se nós não vamos ter lado na eleição, menos ainda permitiremos que nosso espaço seja usado para palanque político ou lavagem de roupa suja. Já disse inúmeras vezes que nosso espaço é livre, democrático e, desde que haja respeito, o debate é aberto e as opiniões podem – e devem – ser confrontadas. As agressões com ofensas serão por mim comentadas, publicamente, para na reincidência serem bloqueadas.

Houve um fato muito triste, um comentário no Alguém me disse que postei ontem sobre o grupo de conselheiros que esteve com Leco no sábado. Sem fundamento algum, uma leitora fez sérias acusações a uma sócia do clube. Acusações gravíssimas, que ninguém pode fazer sem ter como provar. Além disso, deveria ser feito através deste editor. A leitora deveria ter me procurado, passado a denúncia, as provas que eu não teria o menor problema de fazê-la. A consequência disso foi um Boletim de Ocorrência registrado pela ofendida. Já fui informado disso.

Apesar de ter sido uma leitora a responsável pelo comentário (cujo IP vou entregar à polícia, se for solicitado), também caberá a mim responder criminalmente, por ser editor do site.

Então vou deixar claro: qualquer comentário que eu perceba daqui para a frente que seja ofensivo e tenha caráter pessoal, será excluído do site. Continuarei pregando a democracia que sempre defendi, mas, com todas as preocupações que já tenho em minha vida, não posso agora “segurar bronca” de pessoas que buscam um espaço político. Ainda mais de covardes, que usam pseudônimos por não terem a coragem de colocar a cara para fora, como é o caso dessa leitora, que certamente não existe.

Então fica bem claro: o Tricolornaweb não será palanque político de ninguém. Nossos leitores tem todo o direito de continuar comentando a favor ou contra a diretoria, a favor ou contra a oposição. Saberei identificar quem está fazendo o uso político do Tricolornaweb. E, assim sendo, esse ser será banido.

5 comentários em “Tricolornaweb e o uso político do site

  1. Paulo, a respeito da política do clube, gostaria de perguntar uma coisa. No seu site, você defendeu publicamente (no passado) o voto do sócio torcedor, este assunto não foi mais defendido com a seriedade que eu penso ser necessária, está é uma das medidas mais importantes para eliminar os aproveitadores do nosso clube. Paulo, continue com o excelente trabalho a frente do tricolor na web. Abs

  2. Tanta desonestidade que dá ânsia acompanhar de perto as coisas do sp. Tanto são paulino competente brilhando em seus campos de atuações mas o clube permenece fechado com as mesmas figuras de sempre, que parece que sugam o O2 do clube e devolvem CO2 deixando o ar nocivo…. a Portuguesa está onde está por pessoas assim…

    sinceramente com o clube é tanto que melhor seria se o SPFC fechasse as portas, pelo menos permaneceria a lembrança de um certo time de futebol que foi outrora tão vitorioso.

  3. Realmente, Paulo Pontes, a oposição tem forçado a barra. Não sou a favor do Leco ou de quem quer que seja, mas antes ele do que o clima de “quanto pior melhor” que querem implantar. O São Paulo já vive um momento turbulento demais dentro de campo para ser atrapalhado ainda mais pela guerra política do clube.

    A torcida precisa entender desde já, que quem vier será tão ruim quanto o Leco. Estamos ferrados mesmo. Mas se quisermos algum dia ver a luz no fim do túnel não podemos apagar fogo com gasolina.

  4. Caro Paulo Pontes, o nível dos associados está cada vez pior, não que já tenha sido muito melhor, foi apenas mais comedido e mais fechado.
    Tanto que quando do tri brasileiro e JJ no auge, somente tudo estava bem por que o futebol estava ganhando, ele sempre foi o mesmo, com a diferença que depois o time começou a perder, para mim ele nunca prestou, na vitória ou na derrota sempre foi o mesmo sujeito desprezível.
    Por isso, venho questionando, “quem?”. Fala-se tanto em derrubar este ou aquele, mas colocar quem no lugar?
    Infelizmente, já de há muito menciono neste espaço que o quadro associativo do clube no geral é fraco e de baixo nível, e que a separação do futebol profissional com a participação dos sócios torcedores ajudaria muito.
    Quanto à base não há com que se preocupar, JJ fez um excelente trabalho, dando independência para base criou uma fonte de renda maravilhosa, sem a necessidade dos jovens passarem pelo profissional, o clube tem produto de qualquer posição na prateleira, para venda imediata e valores diversos.
    Já o profissional hoje é pedra no sapato de 50% dos associados, incluindo diretores, conselheiros e outros que em termos de futebol nada entendem ou defendem outras cores.
    Quem sabe se começar a ganhar as coisas sejam novamente jogadas para baixo do tapete e as comadres continuem a sair juntas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.