Prestação de contas de um ano me permite dar crédito à diretoria

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, os senhores puderam ler, nas matérias que produzi, o que foi a prestação de contas feita pela diretoria nesta terça-feira. Já me pronunciei no Jornal Tricolornaweb de ontem (15) – aliás, só abordei esse assunto – mas acho importante deixar consignado aqui, em editorial. E quero que entendam que não sou apaixonado por essa diretoria e há uma longa distância entre dar crédito a partir do que vi e ou vi e achar que é a melhor coisa do mundo. Aliás, preciso cumprimentar publicamente o novo diretor de Comunicação, Guilherme Palenzuela, pela realização do encontro, pois o São Paulo estava ficando muito escondido de sua torcida, com o muro gigantesco que levantado blindando diretores e jogadores.

É incontestável que a dívida vem sendo reduzida. O rombo estratosférico que Juvenal Juvêncio causo ao São Paulo, aprofundado, em parte, por Carlos Miguel Aidar, é o responsável direto pelos desmanches consecutivos no time e razão maior de não ganharmos nada há muitos anos.

O presidente Leco foi taxativo na reunião: “não vou empurrar com a barrida a dívida e passar para o meu sucessor. Já me falaram que prefeririam que eu deixasse uma dívida de R$ 1 bilhão, mas ganhasse um título. Mas eu vou no caminho exatamente contrário”.

Pela promessa de Elias Albarello, diretor Financeiro, até final de 2019 a dívida bancária estará zerada; o São Paulo, que ainda vai precisar vender jogadores este ano, não mais o fará ano que vem; o time que foi montado, se não é tido como favorito absoluto a qualquer título, no mínimo pode ser colocado no patamar de quem vai brigar por algo bom no Brasileiro. Logo, entendo que a opção foi correta, e quem esperou até agora para ter um time de altíssimo padrão, pode esperar mais um ano, contanto que o atual elenco não nos faça passar o desespero que passamos em 2017. Aliás, Leco disse que sofreu muito ao imaginar que poderia ser o primeiro presidente a cair com o time para a série B, mas depois disse não ver nenhum desdém se isso vier a ocorrer. Espera aí, cara pálida! Eu vejo, sim, todos os desdéns do mundo se formos rebaixados. Será vergonha histórica e uma mancha para sempre em nosso cartel.

Sobre as obras, não sou engenheiro nem tenho elementos técnicos para contestar a afirmação do diretor de Infraestrutura, Eduardo Monteiro, de que para cobrir o Morumbi é preciso refazer a fundação, algo impensável em termos de custo. E o que será feito – suporte para a usina solar, telões, televisões, prolongamento do andar térreo até a pista de atletismo e utilização do espaço do fosso para a colocação de banheiros químicos, troca da iluminação atual para lead – acho que vai modernizar bastante o nosso estádio. E lembro que 2/3 do Morumbi já são cobertos.

No futebol mantenho minha confiança em Raí, pois inegavelmente é um cara do meio e que conhece bastante. Cinco meses de trabalho dele como diretor de Futebol é muito pouco para uma avaliação derradeira. Nós, ultimamente, temos sido imediatistas e isso ajuda a colocar o time no padrão derrotista em que se encontra. Se perde três jogos seguidos já queremos a demissão do técnico, independentemente dele ter um mês ou um ano no cargo; um diretor assume e em cinco meses – depois de dez anos de erros sucessivos – já tem obrigação de apresentar um trabalho vitorioso, ganhando todos os títulos que disputou.

Estou contente com Diego Aguirre? Claro que não. Mas não vou aqui pregar a sua demissão, pois quanto mais se mexe, mais se estraga o trabalho. E dentro da diretoria – não vou citar nomes – há um consenso que André Jardine é o técnico do futuro. Quem sabe do início de 2019. Mas para ganhar esse status ele precisa se adaptar um pouco mais no trato e no controle de um grupo de jogadores profissionais, muitos deles tarimbados em seleções ou com carreiras internacionais.

O fato de dar crédito à diretoria não significa dizer que não vou cobrar. Ao contrário, anotei cada dado, cada promessa, e cada uma no seu tempo, do diretor responsável pelo setor e, obviamente, do presidente, será cobrada aqui no Tricolornaweb. Estamos atentos.

25 comentários em “Prestação de contas de um ano me permite dar crédito à diretoria

  1. Gostaria sim, de ver meu time devendo pros quatros cantos,
    como nossa Patria, (trilhoes),
    mas cada um tocando pra frente,
    produzindo empregos para todos,
    sem PTetralhamento, (todos)
    e,
    jogando futebol de classe, ganhando titulos.
    Dividas, negociamos para o bem,
    nao para os bolsos.

  2. Cuidar das contas não é obrigação de quem recebe alto salário pra isso?

    Que boa administração e caminho certo é esse de uma gestão no futebol que gasta 10 milhões de reais (só pra ficar nesse ano) em um goleiro meia-boca reserva e num meia que ninguém sabe se é 9 e conta mais com a boa vontade da imprensa do que atuar bem em campo?

    O SPFC joga dinheiro no lixo anualmente mesmo controlando as contas isso é sinal de boa administração?

    O Grêmio sem a metade da nossa arrecadação e com dívidas gigante arruma financeiramente sua casa e de quebra tem o depto de futebol mais competente do Brasil e vencedor ou seja, consegue fazer os dois, mas o SPFC da turma do “Sabemos Fazer”, a mesma turma que arrebentou o clube há décadas temos de esperar até 2050 e ainda agradecê-los por isso?

    Não entendo esse comportamento da maioria que separa o clube em compartimento como se pra fazer uma coisa precisa esperar a outra se resolver, o caso do rival de Itaquera que adoram menosprezar, prova que pode-se sim tocar as coisas com extrema competência no futebol mesmo vivendo situação financeira falida mas preferimos nos comparar e enaltecer o Flamengo e seguir seu exemplo que paga suas dívidas mas tem um depto de futebol gerido de forma tão tosca qto o nosso.

    Fica uma pergunta: qual a função do Ricardo Rocha no SPFC?

  3. Apesar dos percalços da gestão LECO, quando lembro do tal “fundo de investimento” Pimenta/Diniz alardeado durante a última eleição para a presidência do clube, tenho certeza que a vitória do cartola tricolor foi a escolha certa. A missão principal é sanar as dívidas pois isso projeta um futuro promissor para o clube, vide o Flamengo na gestão Bandeira de Mello.

  4. Boa noite tricolores!!
    Vejo aqui uma boa divisão entre os que dão preferência a títulos e os que aplaudem a quitação das dívidas, isso deixa muito claro pra mim que todos, assim como eu, gostaríamos de ver as duas situações andando em paralelo, o ideal seria que a direção do clube fosse capaz de ganhar títulos e pagar as dívidas mas se não conseguem, melhor então dar ênfase àquilo que podem fazer, se é capaz de zerar as dívidas então que o façam e pavimentem a estrada para caminharmos com maior tranquilidade no futuro, mas que seja ano que vem.

  5. Well, well … minhas notas são:

    Gestão Financeira: 8

    Futebol: 3

    Marketing: 3

    Leco está correto em sanar as dívidas. Até mesmo porque é um dos principais responsáveis por ela.(Cadê o satânico João Paulo Lopes? Esse tinha que dar umas explicações…) É uma medida imprescindível para o clube, se este pretende atrair patrocinadores fortes.

    O marketing tricolor consegue ser tão ruim quanto o departamento de futebol. A terceira maior torcida do país é absolutamente ignorada. Falta criatividade e vontade em ampliar o relacionamento do clube com ela. Também nada foi feito para diluir a imagem arrogante junto às outras torcidas. Tudo isso se expressa na nossa camisa, que está parecendo a página de classificados de um jornal de bairro.

    Finalmente, temos um diretoria de futebol que, de fato, conhece o assunto. O que não significa que Raí, Ricardo Rocha e Lugano tenham feito até agora um bom trabalho. Com eles, é uma no cravo, outra na ferradura, como diz o ditado. Acertam uma contratação, erram em outra. Um pouco demais pra quem é do ramo, no meu entender.

    Os otimistas dizem que estamos a três pontos do líder. Os apocalípticos, que estamos a dois do rebaixamento. Já os realistas entendem que nossa posição é a décima segunda, e que isso não leva à porcaria nenhuma. Dar tempo a Aguirre trará os mesmos frutos que colhemos ao postergar a demissão de Dorival.

  6. Acho importante analisar a gestão LECO em todos os aspectos, criticar o que está deixando a desejar e também elogiar as ações positivas. Lembro que todos nós precisamos de incentivos, isso ajuda e confirma a rota traçada, melhor ainda quando fazem por onde.
    Tirando a paixão de lado é necessário verificar todo o contexto e os limites que circundam a gestão administrativa do clube, independente de ser simpático ou não as pessoas que compõe o corpo diretor.
    Ainda é cedo, mas talvez a maior contribuição de LECO poderá ser em tornar novamente o clube saudável financeiramente e melhoria da sua estrutura física.

  7. Juvenal cachaça foi uma verdadeira praga pro SPFC e não foi apenas uma vez, já havia deixado o clube na merda e desvalorizado em 1989/1990, quando o canalha o afundou saindo do clube sem deixar dinheiro pra nada.
    Infelizmente um dos únicos, senão o único erro do grande MPG foi trazer aquele TRASTE de volta à cena, o pilantra, que era torcedor do Corinthians quando não estava no clube, arrasou o SPFC novamente, mas fez pior, implantou a corrupção no clube, comprou os vendidos conselheiros que apoiaram a tudo que o verme fazia, pois tinham rabo preso com ele e entre eles estava seu maior puxa saco, o Leco, que agora diz que está corrigindo as merdas que aquele fanfarrão folclórico deixou.
    Talvez realmente esteja sanando as dívidas, mas a incompetência contínua grande, pois Raí vem errando grotescamente em contratações e técnico, esse Aguirre jamais deveria ter vindo, nunca deu certo em lugar algum, porque daria em um clube que não ganha nada faz tempo?
    Mas Raí pensou novamente em amigos e não em competência, por isso vamos amargar mais um ano na fila, teríamos chances se trouxesse um grande técnico ou deixado o Jardine, mas a amizade fala mais alto do que a competência, como disse.
    Nos resta esperar que em 2019 o Jardine assuma, que tenha apoio porque competência tem.

  8. Nós torcedores vamos muito com a emoção, se o time está ganhando tudo é festa, se não vai bem a cobrança vem forte, e em todos os sentidos.

    Pensando racionalmente, estamos vendo uma estrutura bem organizada se formando, nosso navio está sendo manobrado lentamente para águas mais calmas. Conseguir quitar as dívidas é um salto gigantesco para um cenário melhor.

    Como torcedor quero que o time ganha sempre, mas suportei esse período melancólico por acompanhar as noticias que a casa está sendo colocada em ordem.

    Não vou fazer floreios à diretoria, mas estou contente sim com as noticias, e muito otimista para o ano de 2019!

  9. Cada um com sua opinião mas defender diretoria de amadores não rola ,pra mim , esse título é mais pra baba ovo q mostrar a vdd ,agora vou comemorar pq o SPFC ta sem divida pqp,,,agora eu apoio o leco pois está fazendo um grande trabalho no SPFC ,levando a glória de não dever ,,,, parabéns SPFC por não dever nada , parabéns por ter trago , Diego Souza,Jean , Trellez ,super faturado????? ,,,,,,,,,,,,,Bora defender o leco galera , parabéns q gestão ,

    • Cara.

      Você leu? Ele não disse que está tudo uma maravilha, ele apenas pontua que, sim é de se dar valor que o clube zere a dívida.

      Ou você com um empréstimo no banco, devendo juros altíssimos, consegue comprar uma Ferrari? Não dá, zerando a dívida bons ventos podem começar a surgir…

  10. Entendo ser importante a regularizar a saúde financeira do clube, mas tem que ter um bom planejamento!!!!

    Lembro que um time vencedor trás RECEITA!!!!!!

    Um time vencedor revela mais, vende mais, Arrecada mais com bilheterias e ações de marketing e arrecada com os valores pagos aos campeões das competições.

    As Peppas quase caiu pra segunda divisão fazendo esse tipo de gestão, porém o Paulo Nobre viu que errou ao pensar apenas em pagar dívidas e no ano seguinte contratou um PROFISSIONAL (Matos) para tocar o futebol com PLANEJAMENTO!

    Enfim não que eu seja contra a quitação das dívidas, apenas ACHO que isso deveria ser melhor Planejado…

      • Amigo, a dívida deles na verdade é só o “Lulastadium”.

        Que foi orçado em um valor e superfaturado, agora a corja que ajudava a negociar com a construtora estão presos depois que MP começou a investigar!!!!

        Não vejo ninguém reclamando de atrasos de Salarios por lá…

        E pra ser mais enfático, esse negócio de zerar dívida é mais EGO do atual presidente do que realmente se preocupar com o clube…

        Alguém se lembrade quanto era a divida do clube em 91,92, 93, 05,06, 07, 08??

        A dívida fez o SP menor que os outros???

        Será que o Grêmio deve pra alguem???

        O Presidente soltou essa “fumaça” pra torcida pra cobrir a INCOMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA dessa gestão…

        O torcedor pede profissionalismo na gestão mas apoia um diretor que contrata por amizade ou por nome sem um projeto…

        Você está sendo enganado amigo Marcus mas respeito sua posiçao!!!!

    • Palmeiras vive de um patrocínio muito fora do normal da crefisa.
      Se ela sair o clube vai de novo pra segunda. Como aconteceu na época Parmalat .

  11. Preferir títulos do que ajustar as contas é ser imediatista e não ligar para a saúde financeira do clube.
    Como em qualquer aspecto da vida, as contas em ordem é o alicerce para um futuro promissor.
    Do que adianta um título agora, se a dívida aumentar e ficarmos mais 10, 15, 20 anos na fila.

    O caso do Corinthians é diferente, eles estão atolados em dívida, mas barganham muito bem, chora e mama.

    Acho que o Sao Paulo nunca foi dessa estratégia, o orgulho do nosso clube é ser ético e profissional, servindo de exemplo de gestão.
    O futebol deixa a desejar, concordo, mas saber que as contas estão em ordem me dá esperança de um futuro melhor.

    • Se estivessem realmente preocupados com a saúde financeira, fariam uma gestão de uso efetivo e continuo da base (que custa caro) ao invés de investirem milhões em um
      monte de jogadores medianos.
      Se ao invés de gastarem com um monte de meia boca focassem em 3 ou 4 caras de nível diferente (Hernanes, Calleri, aquele goleiro Armani que tá arrebentando na Argentina, e podiam ter trazido outros como Tiago Neves) e o resto só garotada, seria outra história.
      Pessimo uso de dinheiro estamos vendo há anos, Leco medíocre, só chegou aí por casuísmo e oportunismo, até quando teremos que suportar esses lixos na direção do Mais Querido?

  12. Claro que é importante buscar o equilíbrio das finanças do clube, mas sem protagonismo na parte esportiva e uma baita balela. Basta ver o Corinthians, envolto com dívidas enormes em todos os lados e vem sendo exemplo de time organizado e vencedor, mesmo com enormes limitações financeiras. O problema no SPFC é claramente, há anos, a total perda de qualidade na questão administração de vestiário, e tb a mudança constante e inaceitável de elenco e comissão técnica (aliás qual foi o último técnico que ficou 1 ano ou mais? Muricy?). Basta ver os times que estão na dianteira pra ver a fórmula da vitória, até porque por qualidade todos os times são bastante nivelados!

  13. O Leco tem pouca culpa sobre a terra arrasada deixada pela péssima gestão de JJ, que foi pra gestão do Aidar, um cara sem escrúpulos que roubou o SP! Cadê o ressarcimento do SP? Caso Maidana? Comissoes da namorada dele? Tudo ficou no esquecimento e o torcedor com os maus resultados…

    Mas não perdoo o que ele fez ao Rogério Ceni, claramente foi premeditado. Usou como escudo, vendendo o time inteiro e depois colocando a culpa no Rogério. Acabou mandando bem na nova diretoria com caras que se importam com o clube, e mesmo contestados sabemos que estão fazendo tudo o possível para o bem do clube e da torcida.

    Minha cobrança está no futuro e presente do futebol do SP. Precisamos de planejamento, precisamos contratar pensando estrategicamente. Jogadores emprestaria? Pra que? Olha o caso do MGuilherme, bom jogador sim. Mas quando fecharam o empréstimo não sabiam desse valor de compra? Negociar depois que o jogador já mostrou qualidade pro mercado é impossível. Ele com certeza vai pro Curica e vai estourar lá…

    Vamos contratar de maneira inteligente, olhem o potencial dos jogadores e no que eles podem sem tornar em 1 ou 2 anos. Mineiro, Josué, Danilo, Grafite, Cicinho, França, Palhinha, Lugano, Fabao, André Dias, Miranda… todos esses nomes foram contratados e não eram estrelas ainda, e nenhum deles chegou pra ser titular absoluto, tiveram que lutar e buscar espaço! E assim que se forma um grande elenco e um grande time.

  14. Caro Paulo.
    Eu afirmo com todas as letras que para mim o Leco, independentemente de qualquer ato favorável ao São Paulo que tenha feito e venha a fazer, o considero o pior Presidente da nossa história.
    Digo isso pelos inúmeros vexames que passamos, sobretudo perante nossos diretos rivais. Foram muitos e contundentes.
    Mas, seja do jeito que for, minhas críticas não passam disso, críticas de um torcedor apaixonado e emocional que ama o São Paulo e que passou por monumentais apuros vendo o time quase caindo para a série B.
    Mas, tenho plena confiança e admiração pelo Sr., que vive o dia a dia do clube. E se o Sr. entende que aparentemente estamos agora no rumo certo, na possibilidade de termos um time que disputará títulos no no que vem, quem sou eu para duvidar disso.
    Oxalá, isso de fato aconteça.
    Vamos Tricolor!!!!
    Abraços.

  15. Sou um crítico severo da gestão Leco. Vejo nele limitações de toda natureza para exercer com eficiência a Presidência da Instituição. Contudo, sou premido a concordar com sua coerência, no que diz respeito à tentativa de, preliminarmente, equacionar, ou mesmo tentar equacionar, a dívida deixada pelos seus antecessores. A instituição não pode, e não deve, sobreviver com as limitações impostas pelas atuais condições financeiras. Faz-se inadiável realizar um ajuste nas contas, se preciso cortando na carne algumas despesas, de forma a permitir a viabilidade de, no futuro, haver um planejamento mais sólido, com os pés no chão.

Deixe uma resposta para Renato Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*