Se não temos futebol bonito para comemorar, comemoremos a raça e a vitória num clássico

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo cumpriu a missão que todos os analistas indicam num campeonato de pontos corridos, que é o de ganhar em casa e, pelo menos, empatar fora. Mas a vitória neste domingo, no Morumbi, teve como elemento principal ser um clássico. E o Santos foi o único time que derrotou o São Paulo, no Morumbi, este ano. Jogamos os clássicos do Paulista fora de casa. Os únicos que jogamos como mandantes foram contra o Santos – derrota – e Corinthians – vitória.

Contestei antes do início do jogo a colocação de Arboleda  no banco. Fui ironizado, após o jogo, nas redes sociais, pois todos entenderam  que a dupla Bruno Alves e Anderson Martins foi muito bem, até a expulsão do segundo. Bem, só que eu fiz uma crítica antes da bola rolar. Depois do jogo, é mais fácil analisar as coisas e acertar.

É fato que a defesa foi bem. Bruno Alves, por exemplo, foi gigante, um monstro. Anderson Martins vinha bem, até o lance da expulsão. Entendo absolutamente discutível, mas fico com a visão que tive no campo (e depois na TV), que o árbitro foi excessivamente rigoroso. De qualquer forma, reconheço uma entrada afoita do zagueiro, que apesar de ter ficado parado alguns dias, no Reffis, não demonstrou falta de ritmo de jogo.

Os dois laterais também foram bem, com funções muito semelhantes: quando um descia, o outro ficava. Geralmente era Reinaldo quem mais arriscava o ataque. Aí Militão fechava para formar um terceiro zagueiro e Marcos Guilherme cobria o corredor direito. Aliás, ele pode ter técnica limitada, mas que sobre vontade, determinação e entrega a Marcos Guilherme, isso é inegável.

O São Paulo dominou o primeiro tempo quase que integralmente. Poderia ter feito gol logo no primeiro minuto de jogo, numa troca de passes maravilhosa entre Hudson, Nenê, Marcos Guilherme e Diego Souza, com o centro-avante errando bisonhamente o chute, de frente para o gol. Logo depois foi a vez de Militão cabecear uma bola sozinho, de dentro da pequena área, de frente para o gol, só que para fora.

O Santos não conseguia chegar perto da área do São Paulo. A marcação era precisa, com o time compactado, não dando espaço para o time praiano. A linha de 4-4-2 ficava bem evidente, com Jucilei, Hudson, Marcos Guilherme e Everton formando a linha de quatro avançada, deixando Nenê e Diego Souza mais a frente.

Depois do gol o São Paulo recuou, como tem acontecido sucessivamente. No entanto, o Santos teve uma chance num belo chute de fora da área, para grande defesa de Sidão, e uma falha do goleiro, em um cruzamento da direita, que quase redundou no gol santista. De resto, por mais que o Santos tenha ficado mais com a bola, tentando pressionar, praticamente não entrou na área do São Paulo, repito, graças a ótima atuação da zaga e dos volantes Jucilei – monstro – e Hudson.

Além de não levar tanto perigo ao gol do São Paulo, nós estivemos muito mais próximos de aumentar o placar, só não o fazendo porque desperdiçamos, no mínimo, dois contra-ataques que poderiam ser mortais.

Subimos bem na tabela, ainda estamos no prejuízo dos pontos, mas há muito tempo para recuperá-los. O time tem uma semana para trabalhar bem seu potencial para o jogo contra o América, em Belo Horizonte, no próximo domingo. Quem sabe ocorra aí a primeira vitória fora de casa.

Sobre Aguirre, contesto e sempre vou criticar algumas escalações, mas sei compreender quando ele encaixa o time e o fez isso hoje, certamente. E aos mais críticos e céticos em relação ao trabalho dele, quero apenas lembrar que ficamos anos sem ganhar um único clássico. Tinha torcedor preferindo ganhar clássico do que título. Aguirre, em pouco tempo dirigindo o time, já ganhou dois clássicos. Então vamos cornetar menos e torcer e apoiar mais.

32 comentários em “Se não temos futebol bonito para comemorar, comemoremos a raça e a vitória num clássico

  1. Aí sim é o nosso velho sp de sempre um time que impõe respeito nos jogos hj eu já vejo os dos contra não querer pegar o são Paulo… Vamos que vamos tricolor Avante ao topo…..

  2. eu acho que 99% das concordam que não se deve colocar um treinador para fora do clube antes de completa 1 ano é assim nos maiores clubes do mundo . mais os maiores clubes do mundo não contratam amadores para sua equipes . j

    amadores a gente se livra o mais rápido possível ( DORIVAL JR AGUIRRER, DUNGA, DORIVA ETC )

    treinadores para dar tempo de trabalho ( tite osorio ,sampaoli, cuca )

    • “..treinadores para dar tempo de trabalho ( tite osorio ,sampaoli, cuca )…”

      Beto, discordo de você mais uma vez, Aguirre foi contratado sabendo que o SPFC também está investindo no futuro com André Jardine. Mais do que somente um técnico nós precisamos definir um estilo de jogo para o time, e que esse estilo seja adotado por todas as categorias do clube.

      Não existe um argumento plausível para mandar Diego Aguirre embora, e para ser mais pragmático ainda, a pontuação na tabela mostra que o time não está tão perdido como você alardeia, mas respeito sua opinião e da turma do contra, agora concordar é outra coisa.

  3. Thal Caló, Jairo, Rodrigo Leal, .

    na época era a melhor opção para o soberano e em mesmo de 32 dias o soberano estava fora da Z4 .

    mais vocês esqueceram do principal detalhe que falei sobre o dorival jr que a diretoria do soberano não fez . que vou lembra pra vocês agora ( eu disse varias vezes , dorival jr ate o fim do brasileiro de 2017 , depois contratar cuca para 2018 ) e 99% dos que comentam aqui no site pediram no fim do ano de 2017 para o dorival jr ficar para 2018 ,eu fui o único a pedir sua demissão e contratar cuca para 2018 . lembram disso ?

    abraços pra vocês

    • Beto o SPFC ficou 14 rodadas na ZR e o trabalho do Dorival não foi ruim, foi péssimo.
      Tenho convicção que se o novato R Ceni tivesse continuado, teria feito um trabalho muito melhor do que o Dorival que só deu certo como treinador no Santos.
      Quanto a mandá-lo embora eu concordo que deveria ter saído ao final de 2017.
      Quanto a mandar o Aguirre embora e contratar outro técnico eu sou contra no momento , até pq pra mim houve evolução em relação ao técnico anterior.

  4. Gostaria de saber o que nossos amigos acharam do time do Santos ???
    Estiveram com o empate, porem tambem desperdicamos chances/
    Agora, se o trenero encaixar contra ataques,
    ficaremos de boa,
    a defesa e a raca uruguaia
    ja conseguiu, esta’ claro nao tinhamos nada disso.

    • O time do Santos tem um ataque perigoso e rápido, um meio campo muito fraco e uma defesa regular.

      Não é somente treinar contra ataque. O entrosamento vem com os jogos, não tem mágica do dia pra noite.

      • Entendo que um pouco menos que o nosso,
        claramente se encaixarmos um contra ataque forte
        estaremos na frente, com os demais porque no meu entender
        temos o principal, vontade ou seja determinacao que nao tinhamos,
        e uma defesa aceitavel, faltando ainda a transicado da defesa para o

  5. Podemos dizer que o time do Aguirre é muito “aguirrido”. Está muito bom ver a luta do time em campo. Ontem o time mostrou muita raça em campo. Acredito que assim vamos ganhar jogos importantes e temos reais possibilidades de conseguirmos pelo menos uma vaga na próxima Libertadores.

  6. Bom em relação a Zagueiro todos estão elogiando o Anderson Martins… E a expulsão dele todos acham que foi injusta, quando o Rodrigo Caio (que na minha opinião é o PIOR Zagueiro que temos) foi expulso contra o Rosário desceram a lenha no rapaz e o Anderson Martins estão elogiando, cadê a coerência?

    Pra mim temos três Bons Zagueiros e isso deve ser destacado (mesmo eu achando o Anderson Martins mais fraco que Bruno e Arboleda) Arboleda foi testado na melhor e na pior fase do SP (se é que teve fase melhor) e sempre foi bem, claro que teve alguns erros mas Ninguém é infalível NINGUÉM!!!

    Em relação ao jogo lembro que o Santos perdeu no meio semana de um time de terceira divisão, acho inclusive que o treinador deles vai cair logo logo.

    O time do SP não tem jogadas trabalhadas no ataque esse time irritantemente defencivo faz um gol e recua, sei que 90% dos torcedores não ligam enquanto tiver vindo o resultado.

    O que mais me incomoda não é nem tanto o fato de recuar e sim de deixar a bola com o adversário!

    Será que é tão difícil assumir treinar posse de bola?

    Que venha mais umas 4 vitórias consecutivas, o convite da seleção uruguaia e um Treinador menos cagão!!!!

  7. Excelente analise!
    Quero destacar algumas coisas.

    Marcos Guilherme: ninguém comentou mas ele entrou na vaga de um volante… ou seja, por causa da sua capacidade pouco comum de atacar e defender a 100% de intensidade, o Aguirre pode abrir mão de um volante. Então fica uma pergunta pra quando criticarem ele pela falta de técnica, vcs preferem ele ou o Petros? Ou o Hudson? Pra mim ele é titular e temos que pagar a multa. Assim que ele é sair vai ser titular em qq time do Brasil.

    Hudson: foi um leão hoje, desarmou todo mundo. Mas falta qualidade na chegada. Pra mim essa vaga é do Liziero.

    Sidão: gosto do Sidão, mas precisamos testar o Jean. Ele veio pra ser titular e com confiança vai ser o mesmo goleiro que jogou no Bahia no ano passado. Fechava o gol….

    Diego Souza: o 9 tem que ser mais fominha. Em alguns contra-ataques faltou aquela vontade de fazer o gol. Tem que arriscar mais, não precisa fazer a jogada certa sempre.

    Gostei muito da raça e entrega do time!!! Deram o sangue pelo time e a torcida tem que valorizar isso!!

    • O time foi “guerreiro” e não se trata de utilizar um termo lugar comum. A dedicação foi extrema. Eu diria que, atuamos, observado o estilo uruguaio de encarar o futebol. Jogando assim, o time merece, mesmo em caso de eventuais derrotas, sair de campo aplaudido pela torcida. Os jogadores “entregaram” amor pela camisa e isso é fundamental em tempos de vacas magras. Parabéns a todos.

    • Para escalar o Regis, muito melhor o Guilherme,
      quando jogava ja fazia isso, se entrega ao maximo,
      jogador participativo, de brios.
      Hudson, acho que marca muito na frente, do meio campo por ai,
      nao e’ por ai’, deveria ser meio campo para traz ao lado do Jucilei,
      esse sim deveria descer mais, porem sao opcoes talvez com o tempo
      tudo se encaixe. Falta mesmo e’ saida de bolas rapidas com Sidao
      acionando Everton e Guilherme pelas pontas ou mesmo que se apresentar,
      Nene e soza se revezando pelo meio. Talvez, com isso ficariamos mais felizes.

  8. Grande jogo. Na verdade eu corneto porque sou mal acostumado e não consigo aceitar o tricolor nessa mesmice que estamos já fazem 10 anos !
    O ano passado foi horrível e se não fosse o santo Hernanes estaríamos hoje tomando goleada no Fortaleza treinado pelo Mito.
    Concordo que o Aguirre esta reconstruindo o time, concordo que o time hoje tem mais personalidade, concordo que o Aguirre primeiro quer ganhar alguns jogos, os clássicos, etc, para depois pensar em jogar melhor.
    Concordo com tudo isso.
    Mas não podemos, só devido a uma boa vitória (que no fundo é uma vitória quase que obrigatória, afinal o Santos está horrível e o jogo foi no Morumbi), esconder as falhas.
    E eu sei que ultimamente isso seria impossível (ganhar um clássico, mesmo em casa). Mas ainda quero ver a força desse time, a raça, contra Corinthians, Palmeiras, Gremio e afins.
    Temos que apontar as falhas e os erros sim ! Não para cornetar (eu corneto mesmo assim), mas para ver se melhoram e não insistem no erro.
    Vejamos:
    – Não temos um goleiro de confiança (e concordo que, dos que temos, o Sidão é o melhor – ponto para o Aguirre !)
    – Temos zaga de sobra (pode emprestar, dar, vender o Rodrigo Caio, esse cara é a imagem do Sao Paulo perdedor, é muito melhor ver o time sem ele em campo)
    Arboleda tem que ser titular, mas não vou reclamar porque a dupla que ele escalou jogou muito bem e eu acho que o Anderson Martins, com ritmo de jogo, seria titular absoluto em qualquer time do Brasil, e com o Arboleda ele faria uma dupla fantástica no tricolor.
    – Laterais, outro ponto a ser visto com cuidado. Só temos o Militão e o Reinaldo. Edmar é fraco demais (mas como reserva tudo bem) e o lateral do São Bento, embora voluntarioso, não é bem um lateral. O Bruno tem que ser vendido ou emprestado, não vale a pena nem ficar pagando o salário para ele completar o time no treino. Muito fraco (dois erros graves do Muricy : Bruno e Carlinhos).
    Se bem que no Brasil não existem laterais direito, vide a seleção, tem Fagner e Danilo.
    – Temos volantes de sobra, embora o Jucilei e o Petros não ataquem, temos o Hudson (não é maravilhoso mas é um bom jogador sim, vide o jogo de hoje), temos o Liziero (se bem cuidado, vira craque), e ainda temos alguns na base.
    – Meia (aqui o bicho pega). Só temos o Nene, muito pouco, mas muito pouco mesmo. É velho e cansa rápido e nunca foi um craque. Não dá pra confiar no Lucas Fernandes, deveria ser emprestado para outro time, talvez até outro país.
    O Cueva nunca mais deveria usar o manto tricolor. Sem comentários.
    O Shailon tem potencial, embora um pouco de lentidão, mas acho que poderia sim ser mais observado e entrar nos jogos para ir pegando ritmo de jogo e ir crescendo na profissão.
    *** Aqui temos que ter cuidado e o tricolor deveria abrir os cofres e contratar um meia para vir e ser titular ! Não sei quem, mas tem gente no clube que ganha muito bem para estudar, pesquisar e responder essa pergunta.
    Sem improvisação, tem que ser meia de ligação, chegar, colocar a 10 e ponto final.
    – Ataque pelas pontas estamos bem servidos sim, temos Emerson, Marcos Guilherme (acho que merece sim pagar a multa e ponto final, não tem ninguém melhor que ele no elenco pra correr ali na ponta, voltar e ajudar o lateral, etc), tem o Valdivia (reserva, sempre reserva, não adianta insistir), e tem os meninos da base que eu acho que o Aguirre deveria usar mais, como o Caique, o Paulinho Bóia, e outros que tem em Cotia.
    – Centroavante – Temos o Diego Souza, parece que melhorou, emagreceu e esta com vontade. Bom jogador, mas não é de confiança. Torcer para o Carneiro vir bem. O Trellez foi um erro gritante do Rai. Não tem futebol para o tricolor.
    Em resumo, o tricolor precisa de alguns pontos bases para iniciar a volta por cima (vai demorar uns 2 a 3 anos para isso acontecer): Minhas dicas (não necessariamente nessa ordem):
    1) Contratar um meia para ser titular, para dar medo nos adversários, para arrumar o meio de campo
    2) Contratar um lateral direito de ofício, não precisa ser um craque, mas um cara que ajuda.
    3) Precisamos de um atacante bom, melhor que o Trellez, para jogar bastante (não dá pra confiar no Diego Souza o ano inteiro).
    4) Dar tranquilidade para o treinador, a politica do clube deve cuidar do clube, futebol deve deixar para o Rai e sua turma e o Aguirre e seus jogadores (mesmo eu não gostando do Aguirre, prefiro ele a muitos que ai estão).
    5) Reformar o Morumbi, retomar o protagonismo, com um estádio que gera pressão nos adversários (embora seja o mais lindo do mundo, é muito antigo)
    6) Arrumar o REFFIS, que antes era o mais moderno do mundo e hoje é pior do que o Palmeiras e o Corinthians, vide os jogadores cansados e os machucados.
    Deveria trazer alguém de renome no REFFIS para arrumar, modernizar, comprar novos equipamentos, etc.
    7) Se aproximar a base do profissional, seja através do Jardine ou através de uma politica que exija isso, que seja obrigatório. O Aguirre deveria assistir treinos da base e vice e versa, conversar , se reunir com o pessoal da base, a base deve seguir os mesmos métodos do profissional. Não pode uma base que ganha tudo todo ano, chegar no profissional e termos jogadores fracos, que não decidem, que não se firmam (vide Lucas Fernandes). Isso é inconcebível ! Uma base forte (e temos isso) deveria ser sinônimo de profissional forte.
    Tem que parar de contratar jogador médio. Tem que dar preferencia para a base. Pra que contratou o Trellez ? Matou um moleque da base.
    Pra que contratou o lateral do São Bento ? matou mais um moleque da base
    Contratação deveria ser somente de jogador pra ser titular.
    Temos que voltar a ser protagonista, não dá pra participar de campeonato para ficar na média…..isso é muito pouco para o nosso tricolor.
    Vamos São Paulo !

    • Da onde vem a sua certeza que o Sidão é o melhor que dispomos?
      Tenho certeza que ele não é.
      Além disso, o Hudson é limitadíssimo, pois não arma, não chuta, não infiltra, não lança, passa mal, é lento, sendo apenas razoável no desarme.

      • Goleiro temos o Sidao nota 4, o Jean nota 3,8. Então o Sidao é o melhor que temos. Podíamos tentar emprestar o Weverton, que está como terceiro goleiro no Palmeiras…mas por hora o Sidao é o nosso melhor.
        O Hudson é fraco mesmo, como escrevi, banco. Temos Jucilei, Liziero, Petros e Hudson para 2 vagas. Está bom.
        Vamos São Paulo !

    • Parabéns Renato, nós vemos o futebol e o Tricolor sob o mesmo prisma. Compactuo in totum com a sua análise. Nada mais a acrescentar. Ponto final.

  9. Ótima análise do jogo e do contexto atual do time.
    A insegurança que as vezes o Sidão passa é de doer a medula espinhal . bom reserva e infelizmente não tem nível pra ser titular do SPFC , e seguindo o ditado de que um grande time começa com um grande goleiro…
    Mas enquanto estiver no gol não merece ser vaiado e nem destroçado via redes sociais.

  10. Time jogou bem hoje e só foi ameaçado em falhas do Sidão. Criamos três oportunidades claras de gol antes de Diego Souza balançar as redes.
    O sistema defensivo tem funcionado e estamos com média inferior a um gol sofrido por jogo. Se mantivermos o aproveitamento atual de 56% dos pontos disputados estaremos na briga por uma vaga na Libertadores.
    É pouco. É muito pouco para o São Paulo FC, mas está bem melhor do que a última temporada.
    Vamos continuar torcendo e apoiando mas com senso crítico.

  11. Beto, a última vez que você pediu um técnico foi o Dorival Jr. e viu no que deu, se lembro bem você deu até prazo para a “máquina” engrenar e o restante nós sabemos.

    O elenco tem limitações e nenhum outro técnico faria milagre num prazo tão curto. Não podemos ter 3 técnicos por ano toda a temporada.

      • É verdade… e deu no que deu. O Bundão não era técnico para o Tricolor. No máximo, sua capacidade é para treinar times da expressão do São Caetano, Ponte Preta, etc.

    • Se o Beto pediu o Dorival e ainda disse que em 32 dias ele arrumaria o time , não poderia mais durante 1 ano falar mal de qualquer técnico além de ter que ajoelhar no milho e tomar banho gelado agora no inverno. , rsrsrssr.
      Brincadeiras à parte , em 2 meses o Aguirre fez muito mais com o time do que o Dorival em quase 9 meses , e só cego pra não enxergar uma gritante melhora defensiva e tática depois da chegada do Aguirre.
      Falta muita evolução ainda , e vai demorar ainda pra vermos um SPFC a là Telê , Cilinho ou totalmente encorpado como os time do Muricy no Tricampeonato.
      Aquele futebol vistoso que acontecia até os meados do ano 2000 não mais voltarão , pq é a qualidade técnica dentro de campo que possibilita times se manterem no topo por muitos anos por uma década e times assim não duram 2 anos aqui.

  12. um editorial que não cobrar a contração de um goleiro de verdade e um centravante de verdade e o mais importante um treinador de verdade é um editorial inútil para o soberano

    uma obs importante : enquanto o aguirrer for o entregador de camisa do soberano eu sou vou comentar aqui no site em duas situações : 1) nos clássicos 2) o soberano entra na zona de rebaixamento .

    tchau para todos , fuiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!! do site

    • A opinião do Beto é sempre muito abalizada. Fica patenete que ele é um incompreendido… (rsrsrsrs). Sem os seus comentários, o site fica triste, mesmo em dias de comemoração, como hoje. Perdemos a parte humorística. O viés das suas análises sempre nos reportam a um bom stand up tricolor. Fica Betoooo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*