Vencemos no sufoco o lanterna. Mas vencemos.

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, foi um sufoco. Marcamos dois gols no apagar das luzes do primeiro e do segundo tempo. Mas vencemos e é o que interessa. Ou não é?

Bem, se formos pela exigência de Raí, quando assumiu a diretoria, de que o São Paulo teria que retomar sua identidade de jogar, a resposta é não. Se for pela teoria de “futebol é resultado”, então fomos bem, três pontos na tabela, nos afastamos bem daquela incômoda zona de rebaixamento do Paulista e encaminhamos a classificação para a próxima fase.

Ah, mas se jogar como hoje, vai tomar uma surra do Palmeiras na quinta-feira. Bem, será outro dia, outro jogo. Não me interessa pensar nisso agora.

Dorival manteve o time que colocou em campo contra o CRB e deu resultado. Um time mais leve, jogando com velocidade, com os laterais subindo várias vezes e passando para receber. Verdade que o jogo foi chato e o time jogou mal. Mas foi possível ver alguma coisa interessante. Até porque, numa dessas tentativas, Reinaldo tocou para Cueva, que devolveu com precisão e o lateral fez um golaço. O único senão fica para as costas de Reinaldo, pois hoje um atacante do Linense apareceu algumas vezes em condição de fazer a jogada pela linha de fundo. A cobertura, que deveria ser de um dos volantes, falhou.

No entanto teríamos que esperar um pouco mais de Cueva e o peruano teve uma atuação muito apagada. Foi decisivo no primeiro gol, fato -e ponto para ele -, mas tem que ser mais do que só uma jogada. Brenner, por exemplo, ficou perdido entre os zagueiros, não saiu para abrir espaço para alguém que viesse de trás penetrar, e as bolas que recebeu, por estar sozinho, eram perdidas. Marcos Guilherme fez o que faz sempre, corre muito, mas erra muitas jogadas.

Com esse quadro no segundo tempo inteiro, ficou claro que o gol só sairia se fosse de bola parada. Assim foi, no apagar das luzes, escanteio muito bem cobrado por Nenê e gol de Rodrigo Caio. Aliás, belíssima partida do zagueiro, que saiu várias vezes de trás com a bola dominada, chegou ao ataque, aparecendo como elemento surpresa. Ele tem técnica para isso e é uma jogada que pode ser bem explorada.

Outro jogador que quero destacar é Valdívia. Está retomando no São Paulo o futebol que jogava no Inter até se contundir. Assim como na partida contra o CRB, foi o melhor em campo e vai assegurando sua posição no time titular.

Agora é hora de virar a página e focar o clássico de quinta-feira. Dentro de todas as teorias possíveis e imagináveis, não há qualquer uma que indique, com um mínimo de lucidez, que iremos ganhar dentro da Arena. Mas como alguém já disse um dia, “futebol é uma caixinha de surpresas”. E… quem sabe essa surpresa não aparece e a moeda volta a cair em pé.

13 comentários em “Vencemos no sufoco o lanterna. Mas vencemos.

  1. Até quando insistiremos com o Do rival. Tem que sair logo, assim como também o mosquito de balcão Leco Leco.
    O SPFC merece coisa melhor para agradar os 20 milhões de torcedores no nosso Brasil e também fora do Brasil.

  2. Eu gostaria de saber aonde foi parar a competência do SPFC, parece que.morreu junto com o grande Marcelo Portugal Gouveia em 2008, desde então o clube ficou nas mãos de gente incompetente e safada, como o pilantra cachaceiro e sua corja que estão no poder, graças à esses vendidos conselheiros que o apoiaram e apoiam esse Lecú.
    Impressionante como os jogadores do SPFC não tem condionamento físico, se machucam fácil e demoram pra entrar em forma. Em menos de dois meses já estourou dois jogadores titulares, fora o Anderson Martins.
    Desde que o bandido cachaceiro detonou a.melhor equipe de preparação física e fisioterapia com seu quridinho Adilson Batista, o SPFC nunca mais foi o mesmo, time morre no segundo tempo e jogadores se machucam facilmente.
    Parabéns aos conselheiros que elegeram essa corja, que “belo” trabalho!

  3. Adoro os empolgados e bobos-alegres de plantão … Nosso time não perdeu ontem porque os atacantes do Linense são piores que os nossos.

    Com o Dorival não ganharemos nada, e milagres se não tomar goleada no clássico.

    Com um time menos pior, ano passado, levamos uma virada inacreditável, um passeio de 4×2.

  4. Futebol e’ sim uma caixinha de surpresas, amigo PP,
    resolvido dentro das quatro linhas
    as surpresas existem, sim,
    desde que jogadores e trenero e demais envolvidos
    se ajudem,
    isso nao acontece no momento
    entao e’ cacete mesmo.
    Ontem so’ nao levamos porque os Linenses
    sao mesmo os Linenses. Senao, qua qua qua
    no segundo tempo estiveram para definir.
    ??? Essa seria uma surpresa ???
    NAO, nos jogos anteriores o mesmo aconteceu,
    menos o doCRB. As equipes de hoje sao mediocres
    inclusive o nosso sp.

  5. Para a “caixinha de surpresas” funcionar não poderá haver surpresa na escalação.
    Dorival tem que manter o time de ontem, com Edimar no lugar de Reinaldo que saiu com lesão, marcar forte a saída de bola e aproveitar os contra ataques.

    Ser campeão Paulista é até possivel, pois a disputa em alto nível limita-se a 4 jogos – semi finais e finais. Preocupa o Campeonato Brasileiro, onde existem 38 rodadas decisivas. Nossos jogadores já estão tendo lesões musculares agora que a disputa é “leve”. O que pode ocorrer quando a competição for mais acirrada?

  6. lorenzo disse:
    5 de Março de 2018 às 8:04
    Um comentário em “Rodrigo Caio dedica gol a Dorival e sai em defesa de Diego Souza”
    lorenzo disse:
    5 de Março de 2018 às 7:56
    mediocridades se completam

    essa e’ nossa realidade, jogadores se fecham com o trenero da vez e se lixem os torcedores acostumados a times nivel A

  7. Ainda bem que ganhou esse jogo,que deveria ser o prioritário, pois contra o Palmeiras eh derrota na certa, com esse futebolzinho mequetrefe se não tomar goleada já será lucro.
    Insistir em Burrival representa bem as péssimas gestões do SPFC desde a morte do MPG, soh entrou gente incompetente no SPFC.
    Jogo fraco, serviu soh o resultado, precisa melhorar mil porcento pra ser um time grande e candidato à qualquer coisa, ouviu Burrival?
    Outra coisa que soh no SPFC dos últimos anos tem: jogador gordo que não entra em forma e a preparação física medíocre, se antes éramos o exemplo a ser seguido, principalmente nessa área, hoje parece um time amador, tudo porque um certo bêbado safado resolveu detonar a melhor equipe de preparação física que o clube tinha, com Carlinhos Neves, Turíbio e Sazaki.

  8. Boa noite tricolores!!
    Acredito que para não perdermos é contar com a sorte ou com o imponderável, mas como trata-se de futebol então temos chance.

    • Estamos mal é evidente, mas não jogaremos como narra nenhum Real ou Barcelona. Time comum superestimado é isso que é o palmeiras no momento. Se o time entrar cascudo e concentrado da pra surpreender. Times piores já fizeram isso lá, temos que parar com tanto pessimismo e descrença, aqui é São Paulo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.