Blefe no Cantinho da Política? Eu provo!

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, acho que em mais de 13 nos de existência, e de acessos que milhares de vocês fizeram e continuam fazendo em nosso site diariamente, já me deram a honra de depositar confiança e fé no meu trabalho.

Acredito que me conhecem o suficiente para saber que quando faço uma denúncia contra alguém da cúpula do São Paulo, o faço com extrema dor no coração, pois vejo que nosso clube está sangrando pelos malfeitos de algumas pessoas que, de uma forma ou de outra, estiveram ou estão no comando do clube.

Semana passada, na Rádio Tricolornaweb, denunciei contratos irregulares feitos na era Carlos Miguel Aidar, onde o diretor de Comunicação era Douglas Schwartzmann, e que eu não tinha entendido a razão de quatro empresas nesta área serem contratadas para fazer, quase que praticamente o mesmo serviço. Algumas com valores estratosféricos, pois eu lembro que o clube mantém em seu quadro funcional quatro jornalistas no Morumbi e outros quatro no CT da Barra Funda, com extrema competência profissional.

Falei ali que se não era ilegal era, no mínimo, imoral. E afirmo que foi um desperdício com o dinheiro do São Paulo.

Nas redes sociais a repercussão foi assustadora. Para meu orgulho, cem por cento de crença na minha informação. Mas dentro do clube alguns conselheiros, ávidos por me desacreditar, começaram a espalhar aqui e acolá que era um blefe, que eu não provaria nada e estaria a serviço da campanha de Leco.

Em relação a “estar a serviço da campanha de Leco”, esperem que virei com algumas “novidades” na rádio Tricolornaweb amanhã.

Mas vou apresentar algumas provas do que denunciei. Abaixo as primeira e última páginas do contrato feito com a Serg, de Sergio Malbergier, assessor de imprensa de Abílio Diniz, que recebeu três parcelas de R$ 10 mil sem nunca ter aparecido no clube para nada. Dizem que fazia reuniões fora do clube com Carlos Miguel Aidar. Mas vejam que o objeto do contrato é dar assessoria de comunicação.

 

O contrato é longo e, por isso, não publico todas as páginas. Estranho que, tal qual no caso Far East, o Sergio Malbergier não recebeu mais nada e não processou o clube. Deve ser são-paulino de coração.

Abaixo o aditamento de contrato da Saboy, empresa que também prestava assessoria de comunicação ao São Paulo. Na campanha seu proprietário, Marco Antonio Sabino, teria cobrado R$ 30 mil. Mas depois de Carlos Miguel Aidar eleito, passou a cobrar R$ 65 mil, reajustado logo depois para R$ 80 mil.

 

Eu não ia postar os contratos. Os guardava para me defender em eventuais processos. Mas a postagem não invalida as provas. Portanto, os ofendidos, fiquem à vontade. Mais uma vez deixo claro que pode não ser ilegal mas é, no mínimo, imoral e um mau uso do dinheiro do São Paulo.

Triste é saber que conselheiros da oposição estão tomando as dores de Carlos Miguel Aidar, entendendo que com essa denúncia estou atacando a candidatura Pimenta. Só posso ter pena destes seres desprovidos de inteligência, que o máximo que sabem é ver fantasmas em suas vidas.

12 comentários em “Blefe no Cantinho da Política? Eu provo!

  1. Paulo,

    Quem colocou Aidar no São Paulo, foi Juvenal líder espiritual do grupo do Leco.

    Aliás você que cita repetidamente que Bastos Neto e Aidar foram os piores presidentes da história, deveria fazer menção ao Juvenal que destruiu o São Paulo institucionalmente.

    Não acho justo, imputar tudo que é ruim no São Paulo ao Abílio e deixar de citar os desmandos que estão sendo cometidos desde a vergonhosa reeleição de Juvenal, passando por Aidar e agora com o Leco.

    Leco, Casares, Roberto Natel, Aidar, Juvenal Juvêncio, Mansur e tantos outros, fazem ou fizeram parte do clã que cuspiram no estatuto quando inventaram a vergonhoso reeleição de Juvenal Juvêncio.

  2. Não esquecendo que alguns que assinaram este contrato como Serafim , Júlio Casares e Oswaldo, apoiam Leco o mesmo que apoia o expulso Ataide que ganhou comissão de jogadores e no contrato jurídico no clube, motivo de sua expulsão dividia a grana com a Cinira.
    Então tá difícil um falar do outro, publique ai PP, tem bandidos dos dois lados.

  3. Nojento, o SPFC depois que entrou aquele sem vergonha do jumencio e sua turma, se tornou um lugar podre, que dá inveja ao congresso nacional.

    Lamentável, o clube que já foi gigante nas mãos de gente podre e safada.

  4. Tem mais diretores que assinaram esse contrato: Serafim, Oswaldo, etc., No mínimo são coniventes… ou será que assinaram com cabresto?

  5. Leco não é nenhum santo e também já deu
    mostras de mediocridade, mas……
    ser apoiado pelo ” Douglas Bandido”,
    ” Abilio Porra Nenhuma ”
    ” Alex Fofoqueiro ” ,
    e apoiar a volta do ” Aidar Vigarista “,
    como é o caso do Pimenta ,
    então o
    Leco naturalmente vira o
    melhor candidato .
    Ou o ” menos pior ” .

  6. Foran feitos distratos desses contratos ou pode, a qualquer momento, o SPFC ser processado?
    Qual a atitude tomada pelo SPFC? VÃO ALEGAR QUE NÃO SABIAM?
    Acho que o presidente, vice presidente, diretor jurídico, diretor financeiro, diretor administrativo e também o vice presidente social, devem ser punidos, cassando-os por inoperância administrativa.
    São todos bananas e coniventes com aquela administração que trouxe danos ao nosso patrimônio. Obs: não existe conselheiro que deseja apurar. Ridículos.

  7. P mim e melhor deixar o leco q nós sabemos como pensa e age ao inves de arriscar com o pimenta q hj nao sabemos o seu comportamento e ainda disse q aidar merece uma chance….

  8. Outro assunto importante que está no alvo das eleições é do setor de marketing e há valores incompatíveis do que é dito pelo Leco e o que mostra a imprensa, alguém está mentindo?

    esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2017/03/13/nao-e-bem-assim-slogan-de-leco-na-eleicao-do-sp-esconde-legado-de-aidar.htm

  9. PP, acho válida a denúncia e que seja apurada, mas porque associá-la ao Abilio Diniz, mesmo que esse jornalista preste serviço para ele, acho desnecessário associá-lo a alguma irregularidade, se for assim, também temos que colocar a revista Veja nessa história, pois o tal jornalista é contratado dessa revista a anos, além de ser um profissional renomado no mercado.

    Ao colocar o Abilio nesse rolo, e sendo ele o principal apoiador do Pimenta, deu margem aos conselheiros da oposição de reclamar, para mim esse foi o único erro da sua parte, pois a denúncia de mau uso do dinheiro do clube está perfeito.

    • Ricardo, entendo a sua crítica. Mas o Abílio Diniz tentou entrar no São Paulo pelo CMA, pelo Leco e agora pelo Pimenta. Nunca fez absolutamente nada de salutar para o São Paulo. Colocou lá o Alex Borgois que hoje processa o clube em mais de R$ 1 milhão e, enquanto esteve lá, foi responsável por uma “fofocaiada” danada. O Sergio, cujo trabalho na Veja conheço, também foi colocado lá por ele. Em uma extensão de ideia, quem garante que o São Paulo não pagou um assessor para o Abilio? Os dois foram colocados pelo Abilio, enquanto ele e o Carlos Miguel se amavam. Quando passaram a se odiar foram tirados do clube. Agora, daí a associar isso à oposição, já é demais. Em nenhum momento me referi ao Pimenta. Além do mais, se eu quiser atingir a candidatura dele, falarei direto, não usarei meias palavras. Acho que você já conhece meu trabalho e sabe que não temo qualquer processo ou coisa semelhante. Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*