Na derrota de Barueri, o destaque positivo ficou para a torcida ausente

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo começou pessimamente o Campeonato Paulista, perdendo por 4 a 2 do Audax. É preciso reconhecer que o adversário é o atual vice-campeão paulista, mas temos, também, que ficar atentos para o que Rogerio Ceni tem em mãos. É praticamente o mesmo elenco do ano passado, sem David Neres que vinha resolvendo algumas partidas.

É verdade que chegaram Cícero e Wellington Nem, em que coloco muita fé. Mas faltam o lateral esquerdo e o centro-avante. Os dois gols que Chavez marcou neste domingo não podem iludir o torcedor, até porque no começo do segundo tempo ele cometeu dois erros grotescos, que poderiam ter decidido a partida a nosso favor.

O esquema tático apresentado pelo São Paulo foi o mesmo adotado nos dois jogos da Florida Cup. A diferença é que pela frente estava o Audax. Ano passado esse time eliminou todos os grandes jogando com a defesa compacta e saída rápida em contra-ataque, com pleno domínio de bola e sempre ficando duas opções para definição da jogada. O Santos foi o único a não ser batido pelo Audax, pois Dorival Junior colocou o time atrás, esperando o time de Osasco. Aí Fernando Diniz se complicou e perdeu o jogo.

Não acho que o São Paulo deveria entrar recuado. Entendo o estilo de Rogerio Ceni, que parece ser bastante ofensivo. Mas cuidados deveriam ser tomados. Não vi Rodrigo Caio e Thiago Mendes fazerem qualquer proteção à zaga. Além do mais, Douglas falhou gritantemente em três gols; Maicon e Bruno também estavam em péssimo dia; e Buffarini completou a lambança que foi a defesa.

Interessante foi notar que mesmo tomando dois gols em dez minutos o São Paulo não se desesperou. Teve calma para voltar ao domínio do jogo, chegou ao empate e poderia até ter virado no começo do segundo tempo, como citei no início deste comentário. Mas os dois gols do Audax no segundo tempo vieram num momento em que o preparo físico já tinha chegado no final e os jogadores se arrastavam em campo. Sem contar com o estado do gramado de Barueri, que era péssimo.

O destaque, então, ficou para a torcida que aderiu ao boicote, puxado por nosso site, por blogueiros ligados ao São Paulo e pelas próprias torcidas organizadas. O estádio ficou absolutamente vazio, com pouco mais de 2.200 torcedores. A torcida mostrou para aquele cidadão que preside o Audax que o São Paulo não é uma brincadeira e não está aí para ser ridicularizado. Aqui trata-se de um tricampeão mundial, tricampeão de Libertadores, hexacampeão Brasileiro, multi campeão paulista e de outros torneios. E assim tem que ser tratado: co muito respeito.

Parabéns, torcida Tricolor. Hoje, como já ocorrera inúmeras vezes, você fez a diferença.

E aguardem! Dia 10 de fevereiro o Tricolornaweb completará 13 anos de existência. Teremos uma novidade no ar.

8 comentários em “Na derrota de Barueri, o destaque positivo ficou para a torcida ausente

  1. QUEREMOS A VOLTA DOS ANOS DE OURO (80 a 90) do Pimenta. Nossas Diretorias tem sido econômicas e pífias, a começar por presidentes desastrosos, incompetentes, malandros, etc. etc. Vejam; perdemos R. Ceni, Ganso. Pato, L. Fabiamo, M. Bastos e agora D. Neres e nos deram Cuevas, W. Nem e Sidão. Cícero e Neilton não podem ser titulares hoje. Precisamos urgente de investimentos no futebol, que é o único esporte que o SPFC disputa. 4 a 5 jogadores bons resolveriam os problemas do nosso atual técnico. Acordem Diretoria incompetente. Volte Pimenta!!!

  2. O destaque, então, ficou para a torcida que aderiu ao boicote, puxado por nosso site, por blogueiros ligados ao São Paulo e pelas próprias torcidas organizadas. O estádio ficou absolutamente vazio, com pouco mais de 2.200 torcedores. A torcida mostrou para aquele cidadão que preside o Audax que o São Paulo não é uma brincadeira e não está aí para ser ridicularizado. Aqui trata-se de um tricampeão mundial, tricampeão de Libertadores, hexacampeão Brasileiro, multi campeão paulista e de outros torneios. E assim tem que ser tratado: co muito respeito.

    Parabéns, torcida Tricolor. Hoje, como já ocorrera inúmeras vezes, você fez a diferença.

    Essa e’ a grande diferenca, somos o q somos.
    Resta a essa diretoria investir no futebol e nos devolver nossa aurea de VENCEDOR e nao continuarmos a perdermos para aberracoes como a de ontem.
    Da lle, CENI.

  3. Calma gente. Está começando. O elenco é razoável mas está começando. Vamos aguardar três rodadas e criticar. O Audax tem entrosamento e é vice campeão paulista.

  4. A verdade é que o SPFC vem sendo administrado como time pequeno há muito tempo, por isso somos ridicularizados desde a maldita época que o verme cachaceiro instalou sua maldita política safada no clube.
    Lero Leco é mais do mesmo, minha última esperança é o Pimenta voltar, já não tenho mais desculpas pra tanta humilhação.

    Esses velhos safados são safados e incompetentes

  5. Paulo, faltou dar nome aos bois. Do jeito que você escreveu, parece que a culpa é do Rogério. O que o Mito tem em mãos é o resultado da incompetência desse presidente e seus diretores. Alguém é responsável pela mediocridade e esse alguém não pisou no gramado de Barueri hoje.

  6. Ate o fim de março nao dar para falar nada do Mito

    Aos torcedores do resultado eu deixo um dica : vão comentar novela é mais facil , futebol e mais difícil

    Rodrigo Caio. É zagueiroooooooooooo

    Treinar treinar e treinar ate acertar o time

    Gigante soberano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*