Parabéns Leco e Ricardo Gomes: a derrota é de vocês!

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb,  o que é que eu posso escrever aqui depois de perder bisonhamente de um time da série C, dentro do Morumbi, sendo que nos últimos 15 minutos atuou com um jogador a menos? Talvez eu pudesse tentar justificar com o pênalti que não foi. Mas soa como castigo para um time incompetente, sem criatividade, que deu dois chutes na direção do gol no jogo todo.

Ricardo Gomes, mesmo estando há apenas dez dias com o elenco, é, sim, culpado. Escondeu os treinos, disfarçou o time. Escondeu tanto que os próprios jogadores esconderam o futebol e não jogaram .

Ele tirou Mena e Buffarini Carlinhos e Bruno. Trocou seis por menos de meia dúzia, até porque somados os quatro temos bem menos do que um; mas o pior mesmo foi a escalação do meio de campo: Hudson, Thiago Mendes e João Schimidt. Três volantes para jogar contra o Juventude, time da série C, é sempre bom destacar, dentro do Morumbi. Mas tem coisa ainda pior: pegou João Schimidt, que tem um passe um pouquinho melhor, e colocou à frente da zaga; pegou Hudson – que no máximo é um primeiro volante esforçado – e Thiago Mendes – que também não passa disso, apesar de não ser esforçado – e colocou como meias, ora entrando pelo meio, ora pelas pontas, alternando com Cueva e Kelvin. Ele é um inventor. E dos piores.

No intervalo teve a “coragem” de tirar um volante para colocar Michel Bastos. E tirou errado, pois quem deveria sair seria Thiago Mendes e não João Schimidt. Pior ainda foi a entrada de Gilberto no lugar de Kelvin. É verdade que o ponta não vinha bem, mas o time estava perdendo e a hora era de tirar um volante, tipo Thiago Mendes, deixando Hudson que é mais marcador, para ir para a frente. Mas Ricardo Gomes vai para a frente? A resposta é não!

Leco é, sim, também, responsável direto. Foi ele quem bancou a vinda de Ricardo Gomes, assim como fizera em 2009, quando era vice-presidente de Futebol. Ricardo Gomes é, sem dúvida alguma, um cara de boa índole, bom caráter, mas está com a saúde bastante debilitada e nunca foi um técnico de encher os olhos.

Mas Leco está, nesse momento, mais preocupado em reforçar sua base política no clube, visando a eleição de abril do próximo ano, do que com qualquer outra coisa. E o futebol virou, nesse momento, essa “qualquer outra coisa”.

Então, se Leco banco Ricardo Gomes e ele fez esse monte de asneiras, só posso cumprimentá-los e dedicar a eles esta derrota. Aliás, esta humilhação e praticamente desclassificação da Copa do Brasil, logo de cara.

Agora é pensar no Brasileiro. E que Deus nos ajude.

31 comentários em “Parabéns Leco e Ricardo Gomes: a derrota é de vocês!

  1. Um amigo já comentou lá em cima:

    O único erro do artigo é tentar aliviar a barra do RG lhe imputando a falta de saúde. Este problema já foi superado. Ele não está doente, é ruim mesmo.

    Agora, não tenham dúvidas de que estão segurando RG para esquentar a cadeira de RC1 M1to, que já está fazendo curso de treinador na Inglaterra. E por mais que seja fã do M1to, essa idéia me apavora. Não coloco a mínima fé de que outra problemas do tricolor possam ser resolvidos por um ídolo inexperiente.

  2. Me desculpe, Rodrigo Leal, mas Paulo Pontes acertou em 100 por cento do texto! É preciso culpar mesmo o Leco, o Ricardo Gomes que sempre foi péssimo (estas invenções que ele fez no jogo ele sempre fez, lembra da dupla de zaga do Santos que ele inverteuna Seleção Olímpica, além de escalar, na época, o Kaká de ponta esquerda???). Parabéns, Paulo Pontes, pelo texto! Seremos rebaixados, disto eu não tenho a menor dúvida! Demorou, mas Leco começou a mostrar toda a sua incapacidade mental, Ricardo Gomes idem.

  3. Será que vamos precisar cair pra segunda divisão pra começar a limpeza no clube Seja de dirigentes comissão técnica jogadores etc só vou voltar a acreditar em algo bom quando Rogério Ceni voltar a este clube para comandar lo de alguma forma e com um e somado a tudo isso precisamos nos modernizar de um estádio novo menor num local de fácil acesso a todos o morumbi ficará na história mas até quando vamos viver apenas de histórias do passado são 8 longos anos sem títulos tento enxergar uma luz no fim do túnel mas está difícil e uma última coisa banir pra sempre a Torcida Independente do clube eles tbm contribuem e muito pra que tudo isso acontecesse

  4. Leco, Manssur, os mesmos grupos políticos que há anos comandam o SPFC… vocês estão ultrapassados. Dr. LECO, por favor, já que o senhor gosta de frequentar o Clube Pinheiros. .. ama o Clube Pinheiros. .. faz campanha política no Clube Pinheiros… pois bem, lá o senhor não precisa usar o gps que usa ao entrar no SPFC… PQ NÃO FICA POR LÁ!
    O Quarto mandato do JUVENAL JUVÊNCIO, ops, seu mandato é um lixo. Gestão ultrapassada com aliados administrativos INCOMPETENTES. SAIA JÁ, se o senhor entende que tem algum amor pelo nosso SPFC.

  5. Prezado Paulo Pontes, admiro muito o seu trabalho, mas nessa matéria você foi muito mal, vamos parar de achar “judas” pra malhar (jogadores e técnicos), concordo que o nosso elenco é limitadíssimo, mas será que tão pior que o elenco do Palmeiras e Corinthias que estão na nossa frente no campeonato brasileiro? Vamos parar com essa mania de torrar jogadores, citando alguns casos recentes até o Reinaldo Tiririca está jogando bem na Ponte, o Maicon é líder no Gremio, até o Luis Ricardo está bem no Botofogo, vamos criticar veementemente esta diretoria que só faz lambança, agora é a hora de mudar este estatuto separando o futebol do clube, com cargos eleitos por sócios e com profissionais capacitados, só assim saíremos dessa situação vexatória.
    Quanto mais ficamos criticando os jogadores e o coitado do treinador que já sabíamos que era isso, mais a diretoria vai perpetuando no poder, porque a culpa é sempre dos jogadores.

  6. Falo desde o início que o Ricardo Gomes é horrível.

    Não estava rebaixando o Botafogo a toa.

    Parabéns para o Leco por trazer um treinador que não consegue nem falar direito após um AVC.

    Amadorismo imenso, vamos perder a Copa do Brasil na primeira fase com um técnico tão ruim.

  7. Humberto, a contratação do Gomes foi por teimosia. A mesma teimosia que reina no São Paulo há eras. Primeiro o Ney Franco, depois o Muricy, depois o Bauza e agora o Leco. Não nos livramos nunca das teimosias, essas convicções furadas baseadas em nada e que nunca resultam em nada.
    O Leco teimou que o Ricardo Gomes é um puta treinador, mesmo com tudo gritando na cara dele o contrário, foi lá e contratou. Foda-se qualquer análise, foda-se qualquer número, foda-se todo mundo que discorde dele.

  8. Não há mais como suportar que o futebol do São Paulo seja administrado por nomes herdados que não têm a força a representatividade e até a capacidade dos que os originaram.
    Não há mais como suportar que o futebol do São Paulo receba ingerência de quem despreza o futebol ou até torça por outras agremiações.
    Não há mais como suportar que o futebol do São Paulo seja tratado por pessoas que trocam seus votos por entradas de shows ou trens da alegria.
    Não há mais como suportar que o futebol do São Paulo seja relegado a segundo plano por partidos internos que se digladiam por interesses próprios.
    Não há mais como suportar que o futebol do São Paulo seja ridicularizado pela mídia e por adversários de menor expressão. (e põe menor nisto)
    O futebol do São Paulo precisa de uma gestão administrativo/financeira independente contratada para este fim, com a participação do sócio torcedor na sua escolha.

  9. Pontes,

    Com todo respeito mas você sabe que os problemas do SPFC não começaram ontem, se arrastam desde a vergonhosa reeleição de Juvenal Juvêncio.

    Leco faz parte deste grupo politico pútrido que levou ao SPFC à vala comum.

  10. Bom dia, Paulo!

    O time ontem foi um fiasco, todos concordaremos com isso. Além de não ver responsabilidade no trabalho do Ricardo Gomes (é apenas seu 2º jogo) e discordar de sua avaliação sobre ele (foi bem na primeira passagem, bem no vasco e fazia boa campanha com o pior botafogo da história) acho sacanagem toda vez que for falar do cara, citar seu problema de saúde. O Ricardo não está com a saúde debilitada, treinou o botafogo por um ano subindo da série b e chegando a finais de campeonato, ou seja, passou por pressão por lá.

    Isso que a imprensa de São Paulo está fazendo é estigmatizar o cara por um problema pontual de saúde que ele teve e que já está superado. Criticar o técnico por discordar de seu desempenho é a função do jornalista, agora rotular o cara como alguém doente sem sequer apresentar uma informação concreta a respeito ao meu ver é perseguição, ainda que sem intenção.

    Admiro seu trabalho, é só uma crítica que considero construtiva,
    Abraço!

  11. Vendo a imprensa falar da passagem anterior do Ricardo Gomes, fica até parecendo que ele saiu porque era bom. Lembro que saiu porque não conseguia fazer um time. O Inter tinha lá um técnico ruim também e aproveitou a pausa para trocar, o São Paulo insistiu no Ricardo Gomes e…
    Não entendi a contratação de um técnico com esse histórico e que estava na zona de rebaixamento.
    Torço para ele conseguir no São Paulo o sucesso que teve no Vasco. Mas prefiria torcer por novos nomes, novas ideias.

  12. A citação de Paulo Pontes sobre o maior interesse de Leco na reeleição do que no futebol corrobora com que venho postando neste espaço há tempos.
    A separação do futebol das demais áreas do clube, em termos administrativos, é fundamental para que as coisas mudem.
    Não é possível mais administrar o futebol como se fazia antigamente quando no mínimo 90% dos sócios eram são paulinos com força política e de relacionamento, isto não existe mais.
    Hoje o clube tem 50% de sócios não são paulinos, tem ou teve corintianos na administração, completamente alheios ao desempenho do futebol, pressionando a administração para seus interesses sociais e por isso a preocupação em articulações que atendam a todos, onde por vezes o futebol passa a ser um fardo.
    O engessado estatuto atual coíbe mudanças na estrutura, principalmente na formação do conselho, que por sua vez elege dirigentes que tenham um perfil clubístico e não administrativo.
    A gestão necessita de especialistas de alto nível no mercado do futebol, tanto na área técnica como na financeira.
    Talvez seja o momento com a alteração do estatuto de se fazer esta cisão administrativa e inserir o sócio torcedor como elemento atuante na escolha do quadro diretivo do futebol, uma vez que seu interesse é exclusivamente direcionado ao bom desempenho do time.
    A continuar como está o afastamento da torcida será cada vez maior, os patrocinadores se afastarão a televisão reduzirá cada vez mais suas cotas, já perdemos a arena de shows para adversários mais bem administrados e os atuais sócios ficarão com um passivo enorme.
    Por isso o jogo de ontem quando perdemos para um time de projeção regional da série C foi apenas o resultado do que vem acontecendo ha muito tempo, assim isento de culpa jogadores e principalmente o técnico.

  13. E tiraram o Ricardo do Botafogo pela pechincha de 400tinhos!
    Haja “imconpetencia” (assim é ainda pior) reunida em uma só diretoria!
    Aquela balela que crédulos e imprensa gosta de ficar lembrando, a de que o SP foi semi-finalista da Libertadores, agora, parece, estar chegando à realidade. Essa diretoria, assim entendida a encabeçada pelo presidente, nunca esteve preparada para administrar um clube da grandeza do SP. O time não presta e ponto. Salvam-se dois ou três bons jogadores que naufragam junto a tanta mediocridade. Esses imbecis gastaram 10 milhões de dólares para contratar um lateral, que não é melhor que todos os outros que temos no elenco, e um zagueiro, bom zagueiro, mas que não consegue cobrir tanta mediocridade vindo das laterais e meio campo e também dos técnicos contratados a peso de ouro para fazer m… no time. Pra perder de time de terceira divisão, em pleno Morumbi, poderiam ter deixado o Jardine que, ao menos, teríamos esperança de ver colocando novos valores para jogar e ganharia 10% (chute) do que pagam para os “brilhantes” professores contratados.
    Concordo com o comentarista que escreveu que o RG e o Bauza esconderam tanto os treinamentos que até os jogadores não conseguem encontrar a forma de jogar escondida. Acho que o tal do treinamento fechado está mais para não mostrar a incompetência no dia a dia. Sei lá; talvez seja melhor assim. Pelo menos sofremos apenas dois dias na semana…

  14. A derrota é nossa, enquanto a opinião da torcida for “Juntada” as outras, o clube vai sofrer na mão destes velhos fpd´s que se sentem com o rei na barriga por ter uma ME#@$ de um titulo de sócio.

  15. RG tem culpa sim, mas nao é total dele, nao sei pq esconder o time de treinamento se nao vimos nada de novo e de bom, horrivel, por isso que o culpo em parte, mas a maior parte da culpa diretoria que contratou um monte de jogador sem compromisso com o clube, que continua fazendo cagadas e mais cagadas e por que o RG nao tem culpa total pq ele nao pediu para sair do botafogo o sao paulo foi la forçar a saida e como a coisa estava feia para ele la por causa de acordos e etc, salarios resolveu aceitar essa bucha de dirigir esse time horroroso.
    E digo a continuar assim ira cair para segunda divisao esse ano, nao vai escapar, pq time que se preze nao pode perder tantos jogos em casa e ainda mais de times muito mas muito mais fraco que o nosso.
    Como escrevi ontem em outro comentario se eu fosse o RG traria o maximo de jogador da base para jogar no principal, colocaria todos no banco e para treinar no CT o basico do futebol pq nem isso alguns jogadores nao estao sabendo fazer, e nao sei nem o que fazem no futebol ainda, uma vergonha.

  16. O cargo de diretor de futebol do São Paulo é o melhor emprego do mundo.
    Pode fazer o trabalho que for, bom ou ruim, jamais será demitido e tem um salário maior que qualquer executivo de mercado para fazer empresa dar lucro.

    Acho que agora as coisas só vão resolver se esta diretoria começar a ser interpelada na rua e ser cobrada na pessoa física.
    Do contrario, nada mudará.
    São 3 culpados, pela ordem Ataíde Gil Guerreiro (sempre é e sempre será) Leco e Gustavo.

  17. Só abro um parêntesis otimista para dizer que ontem o primeiro gol foi um frango do Denis e o pênalti do segundo gol, a meu ver, não foi falta.

  18. Esse é o São Paulo mais fraco da história. A situação preocupa demais porque, excetuando alguns (Hudson, Cueva, Maicon) esse time não tem brio para lutar na parte debaixo da tabela. O rebaixamento nunca foi tão real.

  19. Roteiro já está escrito, como destruir uma história de glórias e conquistas, basta pegar nossos últimos 8 anos, onde interesses de um grupo que tomou posse do SPFC, destruiu anos e anos de história, impõe ao torcedor decisões descabidas, como esta, da contratação do RG, enquanto um conselho formados por bananas, ficam discutindo a possibilidade de colocar uma estrela a mais no escudo, e nós os verdadeiros são paulinos, apavorados com a possibilidade de cair para série B. A mudança deve vir de cima, ou o Leco terá seu nome gravado na história, como o presidente que rebaixou o São Paulo, ainda há tempo, porém medidas drasticas deverão se tomadas para ontem, começando por uma limpeza neste elenco medíocre, duvido que teria corragem, pensar em alguém que poderia ajudar na transição de jogadores da base para o profissional, já que não temos dinheiro e o mercado está fechado, também não teve coragem, afastar da diretoria pessoas, que participaram do desastre e negócios escusos praticados na gestão Aidar, também não teve coragem, parece que estamos entregues a sorte, e que o final do roteiro pode ser mais negro do que imaginamos.

  20. Eu já falei aqui varias vezes, nosso problema é “GESTAO” esse Leco é um filho da ”””” tem que sumir com esse cara do SPFC. O cara vai atrás de um treinador rebaixado, claro que o cara não tem o SPFC que foi atrás dele, então não adianta ficar aqui culpando treinador, jogadores, enquanto o SPFC for gerido por “cabeças de bagre” vamos continuar como time pequeno.

  21. Vergonha este Leco esta trazendo ao São Paulo junto com este monte de diretores de carteirinha e notas fiscais que ele escolheu.
    Os conselheiros que estão na diretoria e que tem vergonha na cara deveriam se demitir antes do meio dia.

  22. Acho injusto criticar o Ricardo Gomes, afinal ele estava quietinho no Botafogo e o São Paulo em um momento de insanidade absoluta de seu presidente, foi até lá buscá-lo. Ele é isso aí, já os conhecemos bastante, não é culpa dele. O que ele pode nos oferecer é isso.
    Essa contratação do Ricardo me lembrou e muitoooo a contratação do Dunga pela CBF após o 7×1. Algo totalmente descabido, sem lógica alguma. Não havia NADA que justificasse a contratação dele.
    A CBF assim que percebeu que o Brasil estava correndo risco de ficar da copa, agiu rápido e fez óbvio, faltando ainda 12 rodadas para as eliminatórias acabarem, ou seja, tempo de sobra pra ajeitar a casa e não correr risco.
    São Paulo rebaixado seria o equivalente ao Brasil fora da copa. Ainda faltam 17 rodadas, ou seja, tempo de sobra para arrumarmos a casa e não corrermos risco de rebaixamento. Mas alguma atitude tem que ser tomada urgentemente antes que a água comece a bater no pescoço e seja tarde demais. E mesmo que não seja pensando nesse ano, algo já tem que começar a ser feito pensando no ano que vem, caso contrário, será novamente mais um ano de decepções e vexames.
    Nós, torcedores, temos que fazer alguma coisa pelo nosso time. Tomar alguma providência. Precisamos começar a protestar de forma firme e forte. Precisamos ser rigorosos. O Leco não pode nos enfiar goela abaixo o Ricardo Gomes sem cabimento algum e ficar imune à isso. Ele simplesmente deu um tapa na cara de nós torcedores que tanto amamos esse clube. Nos faltou com respeito. Não podemos aceitar isso.
    Precisamos ser radicais, bolar alguma coisa, sei lá…A salvação do SPFC, está em nossas mãos!
    A minha primeira providência radical seria estádio vazio a partir do próximo jogo contra o Coritiba. Mas não vazio como hoje, vazio com 500, 600 torcedores e deixando bem claro à todos na imprensa que esse público é uma forma de protesto e deixando bem claro nossas reivindicações, caso contrário, esse seria o público do SPFC em todos os jogos até o fim do ano. Assim sendo, a situação ficaria insustentável e tomariam vergonha na cara. Protesto no facebook e inúmeros torcedores em frente ao estádio protestando com faixas, já vimos que não resolve nada.

  23. Até parece que o problema começou agora. É uma soma de desastres que culminará com o rebaixamento.

    A torcida foi iludida com a semi da Libertadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*