Classificação obrigatória na Copa do Brasil

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo goleou o Ceará por 3 a 0, em Fortaleza, reverteu a situação e obteve a classificação para as quartas-de-final da Copa do Brasil. Como escrevi no título deste comentário, foi uma vitória obrigatória. Seria um dos maiores vexames de nossa história se fôssemos eliminados da competição pelo time reserva do penúltimo colocado da Série B do Campeonato Brasileiro. Já foi vergonhosa a derrota no Morumbi. Menos mal que houve a recuperação.

O São Paulo não apresentou aquele futebol dos sonhos, mas ao menos lutou e buscou o resultado. O Ceará, por sua vez, não jogou e apelou para o anti-jogo, com muita violência. Aliás, o árbitro foi preciso na expulsão do jogador cearense, que merecia ser preso pela entrada criminosa que deu em Alexandre Pato. Eu, inclusive, não consegui entender tanto nervosismo dos cearenses, que podiam perder até por 1 a 0 que estariam classificados.

Carlinhos continuou jogando aberto pela direita, com Michel Bastos fazendo a posição de segundo volante. De novo fez boa partida taticamente e funcionou bem para o time, a ponto de sofrer o pênalti que originou o primeiro gol do Tricolor.  Falta apenas um pouco mais de entendimento com Bruno, pois Carlinhos fecha o corredor, tirando o espaço para a descida do lateral direito e mesmo para o 1 – 2.

Não gostei da participação de Wilder, que me pareceu muito nervoso, mas também acho que é cedo para fazer qualquer avaliação. Em compensação, estou gostando muito das partidas de Thiago Mendes. Acho que ainda falta um pouco de confiança para ele, mas marcou um golaço e não deu sopa para o azar na cabeça de área, à frente dos zagueiros.

De resto, pouco a comentar, a não ser que o time buscou a vitória o tempo todo e, mesmo com 2 a 0 e Hudson entrando para compor o meio de campo, não ficou atrás e continuou  busca pelo terceiro gol, que acabou saindo com Alexandre Pato.

Não vou sair soltando fogos por aí porque, repito, foi obrigação. Mas a vitória serviu para quebrar aquela sequência de derrotas que o time vinha tendo e estamos nas quartas-de-final da Copa do Brasil.

5 comentários em “Classificação obrigatória na Copa do Brasil

  1. É PP eu tb nao quero sair ai comemorando muito pq ainda falta muito para esse time deslanchar, falta jogador de qualidade, apesar do Carlinhos mais uma vez improvisado ter dado certo, nao gosto desse tipo de improvisacao, pq depois dos ultimos jogos que ele esteve na mesma esta uma falsa impressao que esta otimo, afinal de contas ele dribla, parte para cima, faz cruzamentos, e ate sofre penal, mas precisamos estar cientes que foi contra um goias e Ceara 2 vezes que sao times fracos que nao podemos tirar por base essas partidas boas, quero ver ele se dar bem contra as Porcas, Galinhas, as Sereias, Inter, Atletico-MG, SPORT enfim times mais top´s, é temoroso pq temos carlinhos e bruno do mesmo lado, que pode se transformar em uma avenida perigosa.
    Valeu pelo resultado, mais que obrigacao, agora é ver o brasileirao que temos que ganhar da ponte pq senao cairemos mais na tabela, e a copa do brasil eu acredito que nao iremos longe com esse time e esse futebol.

  2. Diferencas que fazem a hora.
    Ceni resolve ainda que baleado e em final de carreira.
    ze’ pipokkka, nem preciso falar, xinelinho & narcisista etc & tal, falei.
    Osorio, inventa, porem treina sabe o que faz, criticamos (alguns) sistematicamente,
    para mim e’ top, apesar de refundar, e’ o que precisamos em todos os setores.
    antaidar & conselheiros ou leem na cartilha do Diniz ou esta’o ferrados,
    alias no’s, que amamos esse TRIMUNDIAL em primeiro lugar.
    Vitoria, bienvenida en la horita cierta.

    • Wilder, na’o aparece muito mas joga enfiado la dentro, ao contrario do outro mimimi que sai vindo pro meio, ainda Wilder faz bem o pivo ainda que volte em demasia a bola, se girasse algumas e concluisse seria perfeito, estaria nas oropas. Gostei e aprovei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*