Mais do que a vitória, a certeza da Libertadores

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o Expressinho do São Paulo venceu o Santos e garantiu a classificação antecipada do Tricolor para a Libertadores, via Campeonato Brasileiro. Ou seja: independentemente de ganharmos a Sul-Americana, já estamos garantidos na Libertadores de 2015.

Apesar de entender a ideia de Muricy Ramalho escalando os reservas para o jogo de hoje e guardando os titulares para a partida de quarta-feira, temia pelo que pudesse acontecer. Uma derrota para o Santos com uma vitória do Corinthians sobre o Grêmio – o que ocorreu – nos deixaria empatado com o Corinthians e isso poderia colocar em risco nossa ida por vias diretas, sem depender de fase pré-grupos.

Mas o Expressinho deu conta do recado. Apesar de um primeiro tempo enfadonho, onde ninguém quis saber de jogar, o time voltou mais vivo para o segundo tempo. A entrada de Luis Fabiano colocou um pouco mais de respeito na defesa santista. O time passou a se movimentar mais. Auro ganhou confiança pelo meio e Boschilia, sumido no primeiro tempo, passou a ter boa movimentação e acabou sendo decisivo para o jogo, ao marcar  o gol da vitória.

Muricy, então, colocou Denilson no lugar de Auro, reforçando mais a marcação, já que o Santos passou a pressionar o São Paulo, ganhando todas as bolas no meio de campo e, na sequência, tirou Boschilia para colocar Michel Bastos. Essas substituições foram suficientes para dar tranquilidade ao time e a partir de então não corremos qualquer risco de sofrer o empate.

Julgo que a missão do ano está parcialmente cumprida. Entendo que tivessem Kaká e Michel Bastos chegado para o começo do Brasileiro, a situação poderia ser completamente diferente. Talvez estivéssemos comemorando o título no lugar do Cruzeiro. Mas foi o que deu para fazer. Agora é apostar tudo na Sul-Americana, lotar o Morumbi na quarta-feira e partir para cima dos colombianos. A vitória é possível e eu acredito. E muito.

5 comentários em “Mais do que a vitória, a certeza da Libertadores

  1. Vinícius disse:

    26 de novembro de 2014 às 0:26

    Acabei de ver no blog do Jorge Nicola, que o Tricolor estaria bem perto de acertar com UA, e que apenas o premio pela assinatura do contrato, giraria na casa 40 milhões. Foi também por causa desse valor que Aidar falou ao Conselho Deliberativo, que o São Paulo estava prestes a assinar o maior acordo do futebol brasileiro! Tem alguma informação sobre essa notícia Paulo?

  2. Paulo, me tire uma duvida, alias gostaria de sua opinião.
    Como o murici indica o Edu Dracena, se não me engano já esta na casa quase dos 35 anos, e a diretoria diz estudar o pedido, porem o Lugano e o Andre Dias que se quer tem contrato estão sem clube não podem ser negociados, foram que o lugano é infinitamente melhor que Edu Dracena, juro que não consigo entender, pois Paulo Miranda, Lucão são horríveis, não sei como podem vestir a camisa do Tricolor, Edson Silva esta fazendo seu papel, porem ele é muito limitado, não pode ser titular deste time e sem contar o Antonio Carlos, que só sabe fazer gol contra e de vez em quando uns gols na frente, defender que é papel dele não o faz.

  3. Voltar pra Libertadores ja’ e’ demais. Se esse time tivesse sido montado
    desde o comeco do campeonato seria outra historia, mas pelas circunstancias
    e principalmente da turma do jj, excelente.
    Agora, na quarta vamos mais leve pra decisa’o contra os colombianos,
    na’o vai ser facil, mas com luta e disposica’o com certeza na’o fracassaremos
    como no ano passado.
    Ir pra Libertadores e’ muito bom e motivara o FICO do nosso grande CENI.
    osvaldo e ademilson jogadores sem brio e principalmente vontade.
    Jamais tiraria Boschila, a na’o ser que tivesse dado desinteria,
    pois os dois citados acima atrapalham, isso apenas atrapalham, pois
    ate’ vontade falta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.