Confirmado: uma herança maldita.

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, aquele dito popular de “onde há fumaça, há fogo”, não pode nunca ser desprezado. Recentes notícias vazadas na imprensa dos problemas financeiros enfrentados pelo São Paulo me fizeram ir à campo, conversar aqui e acolá e, ainda que não conseguisse um ícone da diretoria tricolor que me bancasse a informação com total segurança, reconheço que as pessoas com que conversei me embasaram o conhecimento para escrever esse editorial. Por isso a confirmação de uma herança maldita.

Não faz muito tempo foi alardeado, numa entrevista de Alan Kardec, que os direitos de imagem estavam atrasados. Qual jogador vazou a informação não foi revelado, mas o fato foi, sim, confirmado. E não era para um ou dois jogadores, com a princípio se falou.

Agora vem à tona texto publicado por Lauro Jardim, na  Veja – e olham que abomino essa revista -, de que Muricy Ramalho estaria há três meses sem receber salários. Até onde consegui apurar ele teria sido chamado para uma conversa e o atraso serviria para os direitos de imagem dos jogadores serem quitados. E Muricy deve, então,  estar recebendo o atrasado de uma só vez ainda nesta semana.

Relatei na coluna “Alguém me disse”, semana passada, que, no Social, todos os eventos que não “se pagarem” até o final do ano estão suspensos ou cancelados. E que a Olimpíada Vermelho Branco e Preto, tradicional evento do clube, foi a primeira a ser extinta em 2014.

Pois bem: a dívida que Juvenal Juvêncio deixou para Carlos Miguel Aidar ultrapassa, e muito, a casa dos 100 milhões de reais. Diria que está a caminho dos R$ 200 milhões, pois sobe, em média, R$ 9 milhões a cada mês. E não há como reduzir, pois estamos sem patrocínio master, vivendo das rendas dos jogos.

Um dos grandes erros da administração Juvenal foi o contrato com a Semp Toshiba ter sido feito até julho – quando dificilmente se começa um contrato – ao invés de ter final marcado para dezembro.

Mas por que Juvenal fez isso? Sem ter certeza de que faria seu sucessor, deixou a bomba explodir na mão de quem viesse.

Para piorar a situação, o departamento de Marketing que assumiu com Carlos Miguel Aidar tem se mostrado um verdadeiro fracasso até esse momento.  Mesmo com o time embalado, já brigando pelo título, não consegue encaixar, sequer, um patrocínio pontual.  Com a palavra o vice-presidente de Marketing, Julio Cesar Casares, e o diretor Ruy Maurício Barbosa.

Diria, para finalizar, que a situação do São Paulo, seja no futebol, seja no social, é de penúria. Folha de pagamento altíssima, gastos excessivos. A receita está minguando e o crédito se fechando. A única saída para o momento seria a venda imediata de três jogadores, com valores elevados, para cobrir parte do rombo do caixa. Desnecessário dizer que o dinheiro da venda do Lucas foi engolido pela dívida. E, mais uma vez, tenho que afirmar que não posso culpar o presidente Carlos Miguel Aidar, pois essa foi uma herança maldita deixada por Juvenal Juvêncio.

24 comentários em “Confirmado: uma herança maldita.

  1. Paulo Pontes, acabo de ver uma pesquisa que, a menos que esta seja direcionada estamos perdendo torcedores foi o time que mais teve queda….

    O nosso Marketing a alguns anos atrás viviam dizendo que em pouco tempo teríamos a segunda maior torcida hoje estamos quase igual a do Palmeiras

    Minha pergunta é CADÊ AS AÇÕES DE MARKETING????

    O QUE O MARKETING VAI DIZER SOBRE AS PESQUISAS?????

  2. Hernanes Julho de 2010: R$ 31 milhões. São Paulo Levou 83% desse valor.

    Marlos Janeiro de 2012: R$ 9,2 milhões.

    Lucas Dezembro de 2012: R$ 108,3 milhões, 75% nas mãos do São Paulo.

    Casemiro Julho 2013: R$ 18 milhões

    Oscar Julho 2012: o São Paulo levou R$ 17,9 milhões.

    Breno Dezembro 2007: R$ 33 milhões.

    Cicinho Janeiro 2006: R$ 25 milhões, São Paulo levou 60%

    Ilsinho Julho 2007: R$ 28 milhões, São Paulo levou 60%.

    Aqui estão apenas alguns valores que entraram nos cofres do São Paulo de 2006 pra cá, e deve ter muito mais.

    Fora outras receitas.

    Tenho duas opções, ou o futebol é um ramo extremamente deficitário, ou quem comanda o clube….. ahh melhor nem dizer nada.

  3. O SR. AIDAR ERA SITUAÇÃO E TAMBÉM É RESPONSÁVEL SIM, o Sr. Kalil que também era situação quando viu que tinha algo errado virou oposição não foi atoa.

  4. As pessoas tem a memória muito curta…

    Logo após a venda do Lucas o Sr. Juvenal Juvêncio foi até a emissora de televisão Rede Globo antecipar 50 Milhões….

    A pergunta é ONDE FOI PARAR OS 100 MILHÕES DO LUCAS E OS 50 MILHÕES DE ADIANTAMENTO DOS DIREITOS DE TRANSMISSÃO???????

    Sendo que nem time esse Senhor deixou…..

  5. Só uma dúvida: não há nenhum modo legal de se responsabilizar as pessoas que lesaram o clube com administrações tão ruins?
    O que mais vemos são absurdos desses como fizeram JJ e agora o Aidar. Hoje mesmo saiu notícia do Palmeiras devendo até as cuecas e oferecendo milhões ao Ronaldinho Gaúcho.
    Sinceramente contar com bom senso de quem administra é querer demais, quem está lá quer fama. O futebol brasileiro precisa urgentemente de uma lei que responsabilize legalmente quem quebra o clube dessa forma, só assim afastaremos essa corja de fanfarrões do futebol e deixaremos nas mãos de quem tem capacidade de fazer a coisa andar.

    Será que sou só eu que acho um absurdo um presidente sair do poder largando um buraco de quase 200 milhões e não ter que prestar contas legalmente a ninguém? Temos que confiar então nas boas intenções do Aidar e de quem vier depois? É assim que funciona, só no fio do bigode?

    Detalhe: Juvenal saiu do poder largando uma cratera desse tamanho nas finanças, mesmo depois de vender o Lucas por mais de 100 milhões. Agora, dá uma olhada no resultado dessa cratera: olha os jogadores que ele largou no nosso elenco. Olha que beleza de cobertura o Morumbi tem hoje. Olha que gracinha a quantidade de títulos e o desempenho do São Paulo dele. COMO É QUE ESSE CARA JUSTIFICA UM ROMBO DESSE TAMANHO?

    • Muito bom comentário Raphael!
      Cada dirigente que entra lá quer apenas aparecer na mídia e ter seus minutinhos de glória: o clube que se “exploda”, como diria o deputado Justo Veríssimo, personagem do saudoso Chico Anísio. Assim é que, mesmo devendo os “tubos”, celebram contratos longuíssimos com jogadores de terceira e insistem em contratar veteranos a peso de ouro. Tb fico em dúvida se essa não é uma forma de se desviar recursos do clube.
      abraços!

  6. Se estamos pagando 9 milhões de juros por mês, esses juros estão altos, na casa de cerca de 6% a.m. que, somando-se a 10 milhões da folha de pagamento e mais uns 2 milhões de administrativo…. estamos gastando mais de 20 milhões por mês…. um valor astronômico inadministrável!

  7. Caro Paulo Pontes,
    Eu analisei o Balanço antes da eleição e publiquei nas redes sociais que o quadro era negro, e infelizmente ninguém acreditou, acharam que como era candidato da oposição estaria gerando publicidade enganosa.
    A verdade apareceu.
    Temos colocado ao presidente nas reuniões do conselho, que agora o que importa eh o SPFC, vamos apoiar todas as médias de corte nas despesas e aumento das despesas.
    Vale ressaltar, que não assinamos um cheque em branco para a cobertura do estádio, pois sabíamos desta situação.
    Gostaria de reafirmar que embora seria, somos capazes, e vamos superar tudo isso.
    Por ultimo, essa herança não eh maldita, somente consequência de uma administração anterior populista e desastrosa do JJ,, recuperamos o estrago de 20 anos atrás, vamos recuperar novamente.

  8. Só uma pergunta: o que mudou no clube desde a venda do Lucas até agora? Estamos dependendo da venda de jogadores?? Qual a novidade nisso?

    A diferença é que não conseguimos vender ninguém, além do azar da contusão do Rodrigo Caio.

    A administração esportiva no Brasil é um lixo, só que agora este está exposto.

    Reclamávamos de ter um time ruim, mas o salário está em dia. Agora mudou. Precisamos apenas equacionar a situação.

  9. Situação muito difícil passa o clube São Paulo.
    A princípio não existe solução fácil; o que vai ter que acontecer é um alongamento da dívida de forma tal que a arrecadação do clube dê para os pagamentos das prestações e/ou juros, mais as despesas mensais correntes. Óbvio que o financeiro do clube sabe bem disso. Quanto à vendas de jogadores, também é óbvio que não existe ninguém querendo contratar qualquer jogador do SP, bem como, nenhum deles quer sair porque, em qualquer situação, não ganhariam metade do que recebem no tricolor. É o tal do “se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”! Por tudo, existem muitos culpados : o presidente que saiu, este atual, toda a diretoria e o conselho, o técnico, sempre a bradar por contratações caras e que nem sempre somam e que agora tem seu salário atrasado, e até o elenco que, por não ganhar nada a um bom tempo, dificultou a área comercial do clube nas suas iniciativas. Que empresa quer investir em um perdedor? Ademais, mesmo o tal do patrocínio master, tão cobrado por tanta gente e que, se realizado, significaria pouco mais de 10% da dívida estimada no artigo, não mudaria quase nada. Será importante, aliado à um enxugamento da folha salarial e demais despesas do clube, Cotia incluso, já que parece que de lá não vem nada mesmo. As coisas vêem mal há anos! Acredito que a administração JJ, por ter se cercado de amigos ao invés de profissionais, tem, sim, a principal culpa pelo que está acontecendo. Contratações caras, tantas renovações contratuais caras, longas e indevidas, tornam quase impossível resolver o problema a curto prazo. Na realidade só a venda de uns 10 jogadores, se fosse possível, poderia encurtar o calvário e, para piorar, dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar, e o nosso raio, o Lucas, caiu a bem pouco tempo.
    Haja sofrimento: são-paulino gosta de tudo certinho, inclusive as contas! Quem sabe se, pelo menos,o time continuar bem, de alguma forma (inclusive ajuda a vender jogador) vamos esquecer as bobagens administrativas e nos alegrar com as vitórias: tomara. . . .

  10. Paulo, a situação do São Paulo é critica, todos sabemos e isso é visível, só não enxerga quem não quer. A folha salarial do tricolor é muito grande e precisa urgentemente ser reduzida, precisamos muito vender jogadores encostados e alguns outros que se que deveriam estar neste time, como exemplo de: Edson Silva, Reinaldo, Luis Ricardo, Adilson, Cañete entre outros que se quer são utilizados, isso ja reduziria e muito as despesas mensais fora o dinheiro que entraria, é muito melhor vender abaixo do valor pedido e se livrar desta despesa, pois se você colocar o salario deles + juros por dividas no mes, fica nítido que valeria mais a pena vender mais barato, pois isto esta se tornando prejuízo.
    Outro tópico é a torcida, cabe a torcida ir ao estadio, lotar o Morumbi e aumentar a renda dos jogos, e claro, até o final do ano fechar patrocínio pontual, e sem se esquecer de ganhar títulos como Sulamericana e Brasileiro, elenco para isso o São Paulo tem e pelo o que ando percebendo a cada que se passa mais o time se encaixa, o Muricy pode errar bastante, mais com ele não tem brincadeira e JAMAIS nenhum outro técnico aqui no brasil deixaria de receber salários para bancar jogadores, merece sim créditos pela pessoa que esta sendo.
    O São Precisa de um patrocínio MASTER e este ano será quase impossível conseguir um e até mesmo um fornecedor de material de potencia, pois existe muito modinha na torcida São Paulina e garanto para você que se a ADIDAS fosse essa tal fornecedora a receita com vendas de camisetas aumentaria no minimo 30%. Cabe ao Aidar fazer uma boa administração e reduzir esta divida, se precisar desfazer d jogadores de maior expressão que assim seja feito, desde que seja lucrativo.

  11. para piorar, oprogramasocio torcedor esta esquecido, e olha que o sao paulo se diz pioneiro neste modelo de receita,e,vem clubes como inter,cruzeiro,e outros,que começaram bem depois,ja anos luz a frente do tricolor

  12. Em tempo.

    Será que o Cuca ou Tite deixariam de receber três meses de salários para que os direitos de imagem do elenco não ficassem atrasados?

    Depois de tudo isso, arrumou o time, e o incrível é que tem gente que consegue criticar o cara.

  13. Não consigo entender essas coisas, sinceramente.

    Qual clube no Brasil nos últimos anos, arrecadou tanto dinheiro com venda de jogadores como o São Paulo? NENHUM!!!

    Paulo, pesquisei sobre as vendas de jogadores do São Paulo nos últimos 10 anos, e não tive acesso a todas as vendas.

    Se não for muito trabalho, procure levantar quantos jogadores, e o qto entrou nos cofres do São Paulo de 2005 pra cá.

    Sem medo de errar, a situação do clube não era para estar assim.

  14. Paulo, temos que culpar sim o Aidar, pois se a situação é tão grave assim, ele não deveria ter gastado tanto dinheiro pra trazer o Kardec e o Kaká.

  15. Se vendesse o Ademilson e o Maicon junto com o Douglas e emprestasse os encostados como o argentino,apenas para se livrar dos salários destes,acredito que já aliviaria bastante essa situação…

  16. “…o departamento de Marketing que assumiu com Carlos Miguel Aidar tem se mostrado um verdadeiro fracasso até esse momento…” explica a falta de entrada de receitas que manteria o clube equilibrado até a venda de jogador(es) que, por sua vez, aliviaria a pressão da divida de curto prazo. Aidar sabia o tamanho do rombo e aceitou a missão…

  17. Caro Paulo, perdão, mas como não culpar o Sr. Carlos Miguel Aidar? É óbvio que quando se candidatou, ele sabia bem como estava a situação financeira do Clube. Como político, “camuflou” o fato, e pior, ainda lançou uma cortina de fumaça para induzir o associado a entrar no engodo. A despeito da elevada dívida, prometeu… prometeu… apresentou projetos de melhoria na área social, mesmo sabendo que dependeria de investimentos impossíveis àquela altura. Como se percebe agora… a situação financeira já era deficitária e não havia perspectiva de saná-la no curto prazo. Lamentável… Talvez resida aí a razão do Sr. JJ estar refugiado em Cotia. Contudo e a despeito da gravidade, fico na expectativa, e esperança, de que a saída para essa crise não seja a terceirização do futebol de base – inclusive a gestão do CFA Laudo Natel – para um grupo de investidores, o que, no meu entender, seria o fundo do poço da gestão JJ.

  18. E’ isso que esssa kartolagem sabe fazer, mordomias pra todo lado,
    contratacoes pra la de equivocadas e ainda quando saem sa’o
    colocados em postos de comando como jj em kotia, so’ na’o deve
    estar por la’ se estiver algum incomodo, isso na’o sei.
    Kotia deveria mesmo ser transformada num Spa de luxo.
    ??? Porque na’o vendem lrikardo, loka’o, reinaldo, maicon, lfabiano, osvaldo,
    ademilson, canete, rodrigues ??? Com certeza ninguem vai querer mesmo,
    ainda na’o sse dougrasss ira’, tenho minhas duvidas com toda essa
    conversera que virou. Enfim jj, foi um cancro mesmo e ainda continua
    flutuando por la’ mesmo com toda sua ditadura imposta, e o atual
    tambem segue a mesma linha, so’ que no futebol conseguiu melhorar
    por enquanto nossa qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*