A marcação adiantada foi o diferencial para a goleada

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o técnico Muricy Ramalho encontrou a fórmula para neutralizar a saída de bola e o toque rápido do time do Audax: a marcação frenética dentro da área do adversário, sufocando qualquer tipo de passe. Isso foi o diferencial para que o São Paulo chegasse à goleada de 4 a 0 sobre o Audax na noite desta quarta-feira, no Morumbi.

Desde o primeiro minuto de jogo Luis fabiano, Osvaldo, Pabon e até Paulo Henrique Ganso ficavam posicionados na frente da área adversária, quando não dentro daquele espaço. E o Audax, orientado a não dar chutões, foi obrigado, algumas vezes, a utilizar esse recurso. E conseguiu manter o primeiro tempo em 0 a 0.

Mas quando veio o segundo tempo e a ordem de seu técnico para manter o esquema de jogo padrão do time, ou seja, sem chutões, os erros se acentuaram, e os gols começaram a sair.

Seria, em se tratando de São Paulo, um esquema perfeito, que sufoca o adversário dentro de sua área e provoca erros. Mas reconheço que jogar assim contra um time mais forte pode ser muito complicado, pois assim como marcamos forçando o erro, o adversário também pode conseguir sair e pegar a defesa totalmente desguarnecida.

Quero destacar aqui Luis Fabiano. Muito criticado por todos pelo papel que desempenhou ano passado, entrou em 2014 pilhado, até, quem sabe, esperando a convocação para disputar a Copa do Mundo. Assim ele está dividindo, dando assistência, marcando gols e pensando no time, deixando a arbitragem de lado.

Enfim, acho que o time começa a se acertar. Muricy Ramalho, aos poucos, deixa claro quem são seus 11 titulares. Então que os treinos se intensifiquem e que os resultados apareçam em campo.

8 comentários em “A marcação adiantada foi o diferencial para a goleada

  1. No classico, vi o jogo das gaivotas, por uma imposicao,
    de um lado era o jogo delas, e do outro as gaivotas do rio
    com nada mais nada menos um timinho tipo Audax.
    Bem, a marcaçao das gaivotas sera forte, marcam muito mesmo,
    Menezes é perito nisso.
    Como nao vi nosso jogo espero que marquemos tambem
    e saibamos sair da marcaçao adversaria e
    nossos goleadores façam o essencial gols,
    e nao a alegria dos bandeiras.

  2. Independente de tudo, o time desta vez jogou muito bem.O que é preciso é confirmar domingo esta melhora do time. E,Bruno,deixa que EU corneto o Luis Fabiano..rs…..tá ele fez dois gols mas é ainda o que continua atrapalhando a velocidade do ataque.A bola bate na perna dele e a jogada se perde.O esquema de ve ser feito para LF concluir para o gol e só!

  3. Não dá para achar que o Audax é um Bayern de Munich.
    Marcar os fracos jogadores do Audax no campo deles é fácil. Difícil é lembrar que o nosso time contra SEP não conseguiu sair da marcação deles e deu um chute certo ao gol somente no 87º minuto de jogo.
    Precisamos ser mais realistas e mostrar que não podemos almejar muita coisa no Paulista.
    Com essa campanha pífia nesta primeira fase, mesmo que venhamos a melhorar o futebol, vamos entrar na fase final seriamente prejudicados por essa campanha.
    Hoje, enfrentaríamos a Penapolense nas quartas de final. Muito provavelmente em casa. Só sendo muito ruim para ficarmos em segundo no grupo e irmos para Penápolis (Se bem que até sábado passado estávamos indo para lá. Bastaram duas derrotas seguidas da Penapolense de lá para cá para o cenário mudar).
    Será que com o nosso histórico ganharíamos na casa deles?
    Bom, passando das quartas de final, temos tudo para ser o pior quarto colocado (ou no máximo um melhor terceiro) classificado para a semifinal. Como essa semifinal é um jogo só, teremos que jogar como visitantes em Santos ou no Pacaembu. Temos chance? A julgar pelo retrospecto talvez a mesma que o Tahiti tinha de vencer a Copa das Confederações.
    Para mim, se passarmos nas quartas, ficamos na semi, como nos últimos anos.

    • Regis, o time está sendo montado. Não é de uma hora pra outra. É uma linha continua que tende a crescer. Não dá pra imaginar que de uma hora pra outra o time começa a jogar igual ao Barcelona. Contra o Palmeiras o São Paulo ainda não tinha cara de time.

      Gente, deixa o Muricy trabalhar, cobrem quando o campeonato acabar. O time está claramente evoluindo, espera até o fim do campeonato pra cornetar. Ninguém nunca está feliz… “Ahhh ganhou do Audax de 4×0 mas o time é uma bosta.”. “Ahhh, o Luis Fabiano marcou 2 gols, mas é o artilheiro dos gols inuteis”. Porra!!!

      • Não estou falando por falar. Estou falando pelo nosso retrospecto. Foi assim nos três últimos paulistas. Ótimas vitórias e goleadas contra os pequenos, mas quando chegou nos clássicos dos mata-matas ficamos pelo caminho. Times pequenos no paulista não são referência para evolução alguma. Eles são fracos e ruins.
        Eu deixo o Muricy trabalhar, o que não dá para aguentar é ufanismo de falarem que ele é um gênio só porque venceu o Audax, porque ele neutralizou o esquema deles, isso e aquilo… Muito blá blá para pouco resultado efetivo até agora.
        Até vejo evolução, mas aqui entre nós, evolução no meio do campeonato não dá. Ele já era o técnico do ano passado, fez a pré-temporada e só agora o time começou a evoluir? Por que? Não sei se é culpa do Muricy, da diretoria ou de quem for, mas esse oba oba esconde a incompetência de muita gente.

  4. E qual o custo benefício do Luís Fabiano então?

    O cara só faz gol contra time morto, ganhando o que ganha era para ser a peça chave do elenco, mas não vive machucado, reclamando de tudo e de todos e inclusive por não ter ido para as galinhas!!!

    Desculpe, mas esse cara só será elogiado inclusive por mim se ganharmos o brasileiro e libertadores do ano que vem e ele ser peça chave!!!

    • Cheguei Bruno, e quero que o lluizito palomita,
      jogue assim no classico,
      contra o Audax, ate meu filho.
      Torço mesmo pro pipokkka, voltar a ser um terror dentro
      da grande area e nao fora dela, e tambem dando alegria
      aos bandeiras.
      Torço pelo SAOPAULO, e isso inclue esse artilheiro dos gols inuteis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*